segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

O Maranhão está melhor




Interpretada com ironia e deboche por medalhões da imprensa paulista, que insistem em mostrar o Maranhão como o pior dos mundos, a afirmação da governadora Roseana Sarney (PMDB) de que o estado que comanda está mais rico chamou a atenção de alguns analistas mais sensatos. 

O colunista Carlos Prates, da revista Exame, analisou os números mais recentes e, sem demonstrar qualquer simpatia política, fez algumas observações equilibradas. 

Reconheceu que "a maior conquista recente do estado nas estatísticas econômicas e sociais foi deixar de ser o último colocado dentre todas as unidades da federação em PIB per capita, hoje em R$ 7.852". Disse que a Roseana não mente quando afirma que o Maranhão é mesmo a 16ª maior economia do Brasil. E observou que o estado tem a 10ª população do país (6,7 milhões de habitantes), o que faz com que sua posição caia para a 26ª posição, a penúltima, em PIB per capita. E indagou: Mas, afinal, está mais rico ou não?

Assinala que o número que o governo maranhense não cansa de repetir é que o estado vive hoje uma onda de investimentos públicos e privados que totalizam R$ 120 bilhões, em setores como siderurgia, petróleo e gás, mineração e energia - faltou incluir celulose, cimento e produção de grãos. E deu o devido crédito, por serem verdadeiros, a um número para muitos fundamental: em 2011, o crescimento do PIB do aranhão foi de 10,3%, enquanto o do Brasil foi de apenas 20,7%. 

E fechou suas observações com uma afirmação conclusiva e com uma ponderação absolutamente coerente: "Pior que antes, é fato, o Maranhão não está, em termos econômicos. Trata-se de decidir se isso é suficiente". É esse o senso de equilíbrio que falta nos "donos da verdade" que tentam, de longe, emitir juízo sobre o Maranhão.

Realidade

Muitos comentaristas políticos atacaram violentamente a governadora Roseana Sarney por ter ela afirmado que o "Maranhão está indo bem". Para eles, o correto seria ignorar tudo o que vem acontecendo de bom e positivo no estado para passar ao país e ao mundo uma imagem associada a Pedrinhas. Negativo. É honesto reconhecer os problemas de Pedrinhas, mas com a ressalva de que o Maranhão segue outro caminho


COLUNA ESTADO MAIOR 
13/01/2014
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Credibilidade é o nosso maior patrimônio

Nosso objetivo é fazer jornalismo com seriedade, produzindo conteúdo regional, sobre política, economia, sociedade e atualidade, na forma de opinião, editorial e criticas. Não usamos de artifícios como sensacionalismo, imagens apelativas, chocantes ou degradantes, tampouco textos, frases, ou palavras chulas para obter acessos.

Não somos o primeiro a divulgar a informação, mas somos quem apresenta o conteúdo checado, aprofundado e diferenciado. Aqui oferecemos aquele algo mais que ainda não foi dito, ou ainda não foi mostrado. Noticias qualquer um pode divulgam, mas com apuração e seriedade só aqui.

Comentários anônimos, ou que contenham, palavrões, pornografia, ataques pessoais, calúnias ou difamações não serão publicados.

Jornalista Abimael Costa

LG Contabilidade Pública

LG Contabilidade Pública

Clinica Santo André

Clinica Santo André