terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

"Aidético" é um termo pejorativo para rotular pessoas que vivem com HIV





Considero preconceituosa, infeliz e precipitada a postagem de um blog afirmando que o município maranhense de Bacabal, distante cerca de 250 quilômetros da capital  tem mais de TRÊS MIL "AIDETICOS". 

A postagem é preconceituosa e algumas palavras usadas na construção do texto são discriminatórias  porque o termo Aidético é pejorativo, preconceituoso, discriminador e genérico, já que conforme todos os manuais consultados dizem que o termo correto é: "pessoa vivendo com HIV" ou "soropositiva" ou ainda "pessoa vivendo com Aids", já que estar infectado pelo vírus HIV não significa necessariamente ter a doença Aids."

"Segundo dados do Centro de Testagem e Aconselhamento, em 2013, 624 pacientes foram diagnosticados soros positivos. 331 estão em tratamento e 259 recebem medicamentos. Os números se referem não apenas a pacientes de Bacabal, mas também de outros municípios da região", é o que diz Portal G1 em matéria publicada nesta segunda-feira (10).




Veja abaixo o que três manuais dizem sobre o termo incorreto: Aidético

Aidético – Termo discriminador dos portadores do vírus da Aids, ou Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (HIV). O correto é chamar a pessoa nessa condição de “HIV positiva” ou “soropositiva”, quando não apresenta os sintomas associados à doença, e “pessoa com Aids” ou “doente de Aids”, quando ela já tem aqueles sintomas.
Politicamente Correto & Direitos HumanosPresidência da RepúblicaSecretaria Especial dos Direitos Humanos

Portador do Vírus HIV / da Aids: Assim como portador de deficiência, essa é uma expressão inadequada que a mídia insiste em utilizar. No caso do HIV/Aids, para evitar uma conotação preconceituosa, aconselha-se usar  "pessoa vivendo com HIV" ou "soropositiva" ou ainda "pessoa vivendo com Aids", já que estar infectado pelo vírus HIV não significa necessariamente ter a doença Aids.
Manual de Redação - Mídia Inclusiva 








Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Credibilidade é o nosso maior patrimônio

Nosso objetivo é fazer jornalismo com seriedade, produzindo conteúdo regional, sobre política, economia, sociedade e atualidade, na forma de opinião, editorial e criticas. Não usamos de artifícios como sensacionalismo, imagens apelativas, chocantes ou degradantes, tampouco textos, frases, ou palavras chulas para obter acessos.

Não somos o primeiro a divulgar a informação, mas somos quem apresenta o conteúdo checado, aprofundado e diferenciado. Aqui oferecemos aquele algo mais que ainda não foi dito, ou ainda não foi mostrado. Noticias qualquer um pode divulgam, mas com apuração e seriedade só aqui.

Comentários anônimos, ou que contenham, palavrões, pornografia, ataques pessoais, calúnias ou difamações não serão publicados.

Jornalista Abimael Costa

Clinica Santo André

Clinica Santo André