terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

Policia elucida assassinato de MC Xarmosinho


Na tarde do ultimo sábado (22),uma grande manifestação reuniu familiares, amigos e fãs do MC Xarmosinho assassinado de forma violenta na madrugada de domingo (16), nas imediações do Viva, no bairro Cidade Operária.
Durante a passeata, a multidão fez uma bela homenagem ao MC, clamou por justiça e paz, além de protestar contra a impunidade. Eles se concentraram em frente a igreja Metodista Wesleyana local onde o MC foi velado, percorreram a avenida do Socorrao 2, a principal da Cidade Operaria e encerraram no Viva, local onde ocorreu o crime.

Nesta segunda-feira (24), a Polícia Civil confirmou a elucidação do crime que vitimou Xarmosinho na Cidade Operária.

A Delegacia de Homicídios já elucidou o crime de homicídio ocorrido no dia 16 de fevereiro deste ano nas imediações do Viva, na Cidade Operária, que teve como vítima Daniel Barbosa Ferreira, de 18 anos, conhecido como MC Xarmosinho.

De acordo com as informações do delegado titular da Homicídios, Jefrey Furtado, o crime teria sido motivado por vingança. No decorrer das investigações a polícia identificou quatro homens, sendo que um deles teria aplicado uma facada no tórax do adolescente.

Segundo as investigações da Polícia Civil, no mês dezembro, o músico promoveu uma festa no Viva do Maiobão e teria entrado em animosidade com alguns homens. A discussão entre o DJ Daniel Barbosa e os suspeitos teriam evoluído para agressões físicas. Ao ser atingido por um golpe, o DJ teria revidado e desferido um soco em um dos suspeitos.

Após ter promovido uma festa no último dia 16, Daniel teria se dirigido a uma casa noturna, nas proximidades de uma agência bancária e, por volta das 5h, ao deixar o local, foi surpreendido por quatro pessoas que o abordaram, sendo que um deles lhe desferiu um golpe com arma branca.

O jovem ainda teria tentado escapar, correndo para dentro de um bar, mas foi perseguido pelos criminosos. Uma pessoa que estava no local ainda tentou intervir e também foi lesionada, mas está fora de perigo. Já Daniel veio a óbito ao dar entrada no Hospital Municipal Clementino Moura (Socorrão II).

A Delegacia de Homicídios instaurou inquérito para apurar o crime e após ouvir várias pessoas, identificou os quatro suspeitos, que foram reconhecidos por testemunhas. O delegado Jefrey Furtado disse ainda que as investigações já foram concluídas e a Polícia Judiciária encaminhou à Justiça o pedido de prisão preventiva dos envolvidos no homicídio.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Credibilidade é o nosso maior patrimônio

Nosso objetivo é fazer jornalismo com seriedade, produzindo conteúdo regional, sobre política, economia, sociedade e atualidade, na forma de opinião, editorial e criticas. Não usamos de artifícios como sensacionalismo, imagens apelativas, chocantes ou degradantes, tampouco textos, frases, ou palavras chulas para obter acessos.

Não somos o primeiro a divulgar a informação, mas somos quem apresenta o conteúdo checado, aprofundado e diferenciado. Aqui oferecemos aquele algo mais que ainda não foi dito, ou ainda não foi mostrado. Noticias qualquer um pode divulgam, mas com apuração e seriedade só aqui.

Comentários anônimos, ou que contenham, palavrões, pornografia, ataques pessoais, calúnias ou difamações não serão publicados.

Jornalista Abimael Costa

Clinica Santo André

Clinica Santo André