domingo, 23 de março de 2014

Terra de ninguém















Compartilho com você, caro leitor, excelente texto sobre os boatos que permeiam as redes sociais e os cuidados que devemos ter ao compartilhar qualquer informação na internet. Lembrando que checar, conferir a veracidade do fato antes de repassa-lo é requisito básico para não incorrermos em erro e induzir outros a aceitar mentiras como verdade. 
Fiquem com a sutileza e a precisão do texto:  
 


TERRA DE NINGUÉM

De: Partido dos Trabalhadores

A "terra de ninguém" em que a internet se transformou é encarada, pelos irresponsáveis, como um espaço livre para disseminar mentiras e maldades.

O problema, no entanto, é que a velocidade com que boatos chegam à rede e são espalhados não é a mesma da apuração sobre a veracidade dessas histórias.

E isso é uma pena! Sabe por quê?

Porque descobrir se uma informação é verdadeira é, além de uma ato de cidadania consciente, um aprendizado.

A internet, inclusive, é uma aliada nessa investigação.

Quando os boatos surgem de supostos comentários, o esclarecimento deve ser feito diretamente nos sites ou redes sociais do criticado.

É um dever profissional das assessorias de imprensa divulgar entrevistas e notas de esclarecimento de seus assessorados. E, se ainda assim não constar, vá fundo e contate-os. 

Com certeza, eles terão prazer em explicar o mal entendido.

Para quem não sabe, são públicos os dados do Governo Federal, das empresas de economia mista e entidades sem fins lucrativo que utilizam dinheiro público. Também do Legislativo e Judiciário. Para ter acesso é muito simples.

Se a informação estiver relacionada com dinheiro público, averigue nos sites dos órgãos e solicite a informação que desejar, como o explicado emhttp://zip.net/bymRgf.

Mais fácil ainda é pedir, por e-mail, os dados sobre liberações de recursos públicos federais, bem explicadinho pela CGU em http://zip.net/bpmRfy.

Informações como despesas, receitas, convênios e mais uma série de outros assuntos estão disponíveis em http://zip.net/bhmQYm, pelo Portal da Transparência. 

No site da Câmara dos Deputados é possível verificar proposições, informações sobre os parlamentares e as legislações, assim como no da Câmara Legislativa do DF.

No portal do Senado, estão disponíveis os orçamentos, entre outras informações.
Portanto, conferir os conteúdos espalhados na rede é possível e, em muitos casos, fácil.

Agora, encurtar o caminho e compartilhar informações mentirosas, entretanto, só o torna tão mentiroso quanto quem iniciou o boato. Pense Nisso!
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Credibilidade é o nosso maior patrimônio

Nosso objetivo é fazer jornalismo com seriedade, produzindo conteúdo regional, sobre política, economia, sociedade e atualidade, na forma de opinião, editorial e criticas. Não usamos de artifícios como sensacionalismo, imagens apelativas, chocantes ou degradantes, tampouco textos, frases, ou palavras chulas para obter acessos.

Não somos o primeiro a divulgar a informação, mas somos quem apresenta o conteúdo checado, aprofundado e diferenciado. Aqui oferecemos aquele algo mais que ainda não foi dito, ou ainda não foi mostrado. Noticias qualquer um pode divulgam, mas com apuração e seriedade só aqui.

Comentários anônimos, ou que contenham, palavrões, pornografia, ataques pessoais, calúnias ou difamações não serão publicados.

Jornalista Abimael Costa

Clinica Santo André

Clinica Santo André