sábado, 22 de novembro de 2014

O que existe em comum entre Isaque de 13 e Alisson de 12 anos?













O que existe em comum entre Isaque Lucas Sousa da Silva Lima, de 13 anos de idade, morador do bairro Moropóia, em São José de Ribamar e Alisson Marcelo Rodrigues Ferreira, de 12 anos, morador da Ilhinha?

Filhos de famílias pobres, moram em bairros localizados na periferia da Grande São Luís, locais onde a presença do poder público é quase inexistente e a situação é de calamidade pública. Falta tudo nestes locais, saneamento, saúde, educação, lazer, transporte e trabalho digno. A ausência do estado contribui de forma decisiva para aumentar os índices de violência nestas áreas.

Os dois adolescentes foram vitimas de uma tragédia anunciada, passaram a fazer parte de uma estatística macabra que aumenta de forma vertiginosa em São Luis e no Maranhão.

O extermínio de jovens e adolescentes negros e pobres nas áreas periféricas da Grande São Luis é uma realidade cruel que precisa ser enfrentada de frente. É necessário promover uma grande articulação envolvendo a sociedade civil organizada, judiciário, executivo, legislativo, órgãos de defesa dos direitos humanos, em torno desta causa, é preciso que a imprensa paute este tema, coloque o assunto em evidencia, provoque um debate sério e desperte a atenção de todos para a grave situação pelo que passa os nossos jovens e adolescentes.

Com o tema " A crescente onda de violência contra adolescentes e jovens", O Fórum DCA, e a Rede Maranhense de Justiça Juvenil realizam Plenária Ampliada no próximo dia 26 de novembro, às 9h, no Auditório da Defensoria Pública, na Av. Castelo Branco,375 - São Francisco - ao lado da loja Mobília.

ENTENDA O CASO

Na noite de sexta-feira (21), Isaque, aluno da Unidade Integrada Humberto de Campos, foi assassinado com cinco tiros, disparados por dois desconhecidos que trafegavam em uma motocicleta. O crime aconteceu no bairro Moropóia, em São José de Ribamar, próximo a residência da vitima. O adolescente participava do velório do tio, o vigilante Adriano Santana, de 28 anos, assassinado a tiros por desconhecidos na noite de quinta-feira (20), no mesmo bairro.

Na noite de quinta-feira, 14 de novembro de 2014, por volta das 21h, Alisson Marcelo Rodrigues Ferreira, de apenas 12 anos de idade foi morto a tiros no bairro da Ilhinha, Alisson, estava junto com outros garotos, aproveitando o wi-fi de um depósito de materiais de construção, cujo dono deixa liberado pra meninada. Estavam só ali, tentando acessar a internet quando foram surpreendidos por vários tiros disparados por ocupantes de um veiculo não identificado. Atingido pelos disparos, Alisson Marcelo morreu no local. Os outros dois adolescentes conseguiram escaparam ilesos.











Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Credibilidade é o nosso maior patrimônio

Nosso objetivo é fazer jornalismo com seriedade, produzindo conteúdo regional, sobre política, economia, sociedade e atualidade, na forma de opinião, editorial e criticas. Não usamos de artifícios como sensacionalismo, imagens apelativas, chocantes ou degradantes, tampouco textos, frases, ou palavras chulas para obter acessos.

Não somos o primeiro a divulgar a informação, mas somos quem apresenta o conteúdo checado, aprofundado e diferenciado. Aqui oferecemos aquele algo mais que ainda não foi dito, ou ainda não foi mostrado. Noticias qualquer um pode divulgam, mas com apuração e seriedade só aqui.

Comentários anônimos, ou que contenham, palavrões, pornografia, ataques pessoais, calúnias ou difamações não serão publicados.

Jornalista Abimael Costa

LG Contabilidade Pública

LG Contabilidade Pública

Clinica Santo André

Clinica Santo André