quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Hildo Rocha comemora aprovação da MP que extingue mais de 10 mil cargos



O Plenário do Senado aprovou nesta terça-feira (20) a medida provisória MP 731/2016 que extingue 10.462 cargos comissionados no Poder Executivo. O texto aprovado contém modificações recomendadas pelo relator, deputado Hildo Rocha (PMDB-BA). O parlamentar incorporou 12 emendas que desfazem a revogação total de algumas leis de organização administrativa de órgãos.

Economia e profissionalização

Hildo Rocha enfatizou que a medida faz parte do processo de profissionalização administrativa da administração federal. “Com essa medida, o governo do presidente Michel Temer irá economizar aproximadamente R$ 250 milhões ao ano, pois a iniciativa suprime mais de dez mil cargos comissionados, que poderão ser substituídos por funções de confiança privativas de servidores efetivos”, argumentou o parlamentar.

Meritocracia

Rocha destacou ainda que a partir da efetivação da MP 731/2016 o presidente Michel Temer dará início à meritocracia no serviço público federal. Para concretizar a extinção dos cargos, o Executivo precisará editar decretos presidenciais aprovando novas estruturas regimentais ou estatutárias dos órgãos da administração pública federal.











Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Credibilidade é o nosso maior patrimônio

Nosso objetivo é fazer jornalismo com seriedade, produzindo conteúdo regional, sobre política, economia, sociedade e atualidade, na forma de opinião, editorial e criticas. Não usamos de artifícios como sensacionalismo, imagens apelativas, chocantes ou degradantes, tampouco textos, frases, ou palavras chulas para obter acessos.

Não somos o primeiro a divulgar a informação, mas somos quem apresenta o conteúdo checado, aprofundado e diferenciado. Aqui oferecemos aquele algo mais que ainda não foi dito, ou ainda não foi mostrado. Noticias qualquer um pode divulgam, mas com apuração e seriedade só aqui.

Comentários anônimos, ou que contenham, palavrões, pornografia, ataques pessoais, calúnias ou difamações não serão publicados.

Jornalista Abimael Costa

LG Contabilidade Pública

LG Contabilidade Pública

Clinica Santo André

Clinica Santo André