terça-feira, 8 de novembro de 2016

DENÚNCIA: Morte de pacientes por falta de oxigênio em UTI’s do Maranhão repercute na Câmara Federal


“Em menos de 30 dias seis pessoas, que estavam internadas em Unidades de Terapia Intensiva, de hospitais da rede pública estadual, morreram por falta de oxigênio”
A morte de pacientes, por falta de oxigênio nas Unidades de Terapia Intensiva (UTI), repercutiu na Câmara Federal por meio de pronunciamento do deputado Hildo Rocha (PMDB/MA).

“Em menos de 30 dias seis pessoas, que estavam internadas em Unidades de Terapia Intensiva, de hospitais da rede pública estadual, morreram por falta de oxigênio”, destacou o parlamentar.

Ocorrências

Rocha citou o incêndio da Usina de Oxigênio, do Hospital Regional de Presidente Dutra e o episódio ocorrido no Hospital Getúlio Vargas, em São Luis. De acordo com o deputado, a usina que produz oxigênio para o Hospital Regional de Presidente Dutra pegou fogo porque estava sem manutenção. “Seis pacientes morreram por falta de oxigênio na UTI do Hospital Getúlio Vargas. O povo só ficou sabendo graças à Deputada Andrea Murad que trouxe a publico o que vem ocorrendo nesses hospitais estaduais”, declarou.

Desmonte da rede pública de saúde

Segundo Hildo Rocha, o desmantelo do setor da saúde não está apenas na falta do oxigênio. “O governador Flávio Dino não consegue concluir os hospitais regionais de Chapadinha e de Balsas a governadora Roseana Sarney deixou praticamente prontos e com dinheiro em caixa para a conclusão das obras”, enfatizou.

De acordo com Rocha, Dino provocou o fechamento de hospitais municipais. “A governadora Roseana Sarney repassava, mensalmente, R$ 100 mil para ajudar as prefeituras na manutenção de hospitais municipais. Mas, hoje essas unidades estão fechadas porque Flávio Dino suspendeu os repasses deixando os prefeitos no sufoco e a população desassistida”, declarou Rocha. 

“Logo que assumiu, o governador Flávio Dino encampou uma empresa que prestava serviços de fornecimento de oxigênio para diversos hospitais estaduais. Só que o não deu certo porque o poder público não tem competência para gerenciar empresas de fornecimento de oxigênio. Aí aconteceu esse desastre levando pessoas a óbito, por falta de oxigênio, em unidades hospitalares administradas pelo poder público estadual”, ressaltou Rocha.

Legado de Roseana Sarney

O parlamentar enfatizou ainda que além de estar fazendo uma péssima administração em todos os setores, o Governador Flávio Dino consegue desfazer tudo que foi construído durante seis anos. “A governadora Roseana Sarney montou, juntamente com o seu secretário de saúde, Ricardo Murad, um dos melhores sistemas de saúde pública do Brasil, mas o governador Flávio Dino está destruindo tudo”, afirmou Hildo Rocha.


Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Credibilidade é o nosso maior patrimônio

Nosso objetivo é fazer jornalismo com seriedade, produzindo conteúdo regional, sobre política, economia, sociedade e atualidade, na forma de opinião, editorial e criticas. Não usamos de artifícios como sensacionalismo, imagens apelativas, chocantes ou degradantes, tampouco textos, frases, ou palavras chulas para obter acessos.

Não somos o primeiro a divulgar a informação, mas somos quem apresenta o conteúdo checado, aprofundado e diferenciado. Aqui oferecemos aquele algo mais que ainda não foi dito, ou ainda não foi mostrado. Noticias qualquer um pode divulgam, mas com apuração e seriedade só aqui.

Comentários anônimos, ou que contenham, palavrões, pornografia, ataques pessoais, calúnias ou difamações não serão publicados.

Jornalista Abimael Costa

LG Contabilidade Pública

LG Contabilidade Pública

Clinica Santo André

Clinica Santo André