Dia Mundial da Liberdade de Imprensa

Dia Mundial da Liberdade de Imprensa

sábado, 5 de novembro de 2016

Flávio Dino quer ser Vitorino Freire


"Estamos diante de um governo e de um governador que não toleram diferenças, não aceitam críticas por mais que elas possam ajudar em correções de rumo. “Nem nos tempos de Roseana Sarney era assim”. Essa é frase que mais se escuta atualmente pelo Maranhão afora."

Em respeito aos nossos leitores, este espaço mantém o firme propósito de servir como porta voz dos injustiçados e excluídos, vítimas da opressão e do abuso de autoridade. 

Por conta deste posicionamento ousamos publicar aqui textos, editoriais, artigos e crônicas de autoria de colegas jornalistas que expressem e representem a defesa da liberdade de imprensa, dos Direitos Humanos, do Estado Democrático de Direito e da Dignidade Humana.

Reproduzimos na íntegra excelente artigo do colega Robert Lobato - O governo policialesco de Flávio Dino - 



Por Robert Lobato 

Um governo que chama ex-gestores públicos, escolhidos a dedo, para prestar contas na Secretaria de Transparência sob os olhares de vários delegados de polícia não pode ser considerado um governo democrata.

Quem votou em Flávio Dino em 2014 pensando na tal mudança se sente traído.

Sim, traído! A mudança não veio, pelo menos até agora. Só “mudança de gogó”, para relembrar a frase histórica do ex-secretário de Infraestrutura e prefeito eleito de São José de Ribamar, Luis Fernando.

Converse com quem conversar no meio político e o sentimento é um só: frustração.

E não se trata de eleitor sarneísta ou gente ligado ao grupo Sarney não, o que seria natural criticar o governo comunista.

A decepção é de aliados mesmo!

Basta uma conversa em off com aliados do governador para se ouvir críticas de tudo que é jeito.

Ocorre que esse governo não é só ruim do ponto de vista da gestão.

Estamos diante de um governo e de um governador que não toleram diferenças, não aceitam críticas por mais que elas possam ajudar em correções de rumo.

“Nem nos tempos de Roseana Sarney era assim”. Essa é frase que mais se escuta atualmente pelo Maranhão afora.

O governo Flávio é perseguidor. “Você é amigo do Robert Lobato? É bom saber”. Assim faz o governo o comunista na ideologia e safado na prática.

Coisa do tipo só intimida os fracos, bajuladores e interesseiros. Otário é o político, deputado, prefeito, gestor e empresário que se deixa intimidar com uma coisa dessa!

Um governo que chama ex-gestores públicos, escolhidos a dedo, para prestar contas na Secretaria de Transparência sob os olhares de vários delegados de polícia não pode ser considerado um governo democrata. Aliás, logo a Secretaria de Transparência, cujo secretário é filho de um dos políticos mais perseguidos pelo grupo Sarney, mas que nem naqueles tempos chegou a ser constrangido a esse ponto. Rodrigo Lago, pelo jeito, é mais um tolo cooptado pelo novo regime. Mais um que virou “comunista” pelo cargo que ocupa.

Dizem que Flávio Dino quer ser o novo Sarney do Maranhão.

Ledo engano.

Flávio Dino quer ser é o Vitorino Freire!
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

2 comentários:

  1. Meu amigo a coisa tá feia é em Peritoro e região com as atitudes do coronel Dede Macedo e do filho deputado, mandam em tudo , todos se perguntando que relação é essa. Acabaram com o Hospital.

    ResponderExcluir
  2. Escolhido a dedo,com certez!
    Vejamos o caso da obra feita na gestão de Luís Fernando quando era secretário de Roseana, aquela qie apareceu no Jornal Nacional pelo excesso de postes, me refiro à avenida de acesso à entrada da Raposa passando pelo Araçagy. A obra inacabada foi inaugurada e agora o Governo faz uma ampla reforma sem mencionar seu agora aliado pelo prejuízo aos cofres públicos. Se fosse adversários ja estaria depondo nos porões da Secretaria de Transparência. Mas aliado não tem defeito!

    ResponderExcluir

Credibilidade é o nosso maior patrimônio

Nosso objetivo é fazer jornalismo com seriedade, produzindo conteúdo regional, sobre política, economia, sociedade e atualidade, na forma de opinião, editorial e criticas. Não usamos de artifícios como sensacionalismo, imagens apelativas, chocantes ou degradantes, tampouco textos, frases, ou palavras chulas para obter acessos.

Não somos o primeiro a divulgar a informação, mas somos quem apresenta o conteúdo checado, aprofundado e diferenciado. Aqui oferecemos aquele algo mais que ainda não foi dito, ou ainda não foi mostrado. Noticias qualquer um pode divulgam, mas com apuração e seriedade só aqui.

Comentários anônimos, ou que contenham, palavrões, pornografia, ataques pessoais, calúnias ou difamações não serão publicados.

Jornalista Abimael Costa

Clinica Santo André

Clinica Santo André