domingo, 11 de dezembro de 2016

João Castelo: morre o homem fica o mito




Castelo nos deixa em uma época em que o Maranhão, governado pelos camaradas comunistas vive uma farsa e um imenso retrocesso administrativo e politico. As mudanças de gogó decepcionam e cansam o maranhense que sente saudades é chora a perda de Castelo e os tempos que não voltam mais.




Filho de Tales do Amarante Ribeiro Gonçalves e Maria Antonieta Cruz Ribeiro Gonçalves, João Castelo Ribeiro Gonçalves nasceu em 19 de outubro de 1937 na cidade maranhense de Caxias. Técnico em administração, foi assistente de gabinete do prefeito Carlos Vasconcelos em São Luís. Em 1956, chegou ao Banco da Amazônia, onde chegou a diretor. recebeu o titulo de Doutor Honoris Causa da Universidade Federal do Maranhão, em 1984 formou-se em Direito pelo Centro de Ensino Unificado de Brasília.


A trajetória política de João Castelo mostra que ele foi um importante líder, exerceu inúmeros e importantes cargos no executivo e legislativo e que por onde passou deixou a sua marca de gestor competente, exímio tocador de obras, além de extremamente carismático e bem humorado. 

Castelo deixa o nome registrado na história do Maranhão e do Brasil além de um precioso legado para as gerações futuras. Foi Castelo quem idealizou e construiu a ponte Bandeira Tribuzzi, Estádio Castelão, Hospital do IPEM, Sistema Italuís, além dos habitacionais Maiobão, Cohatrac e da Cidade Operária.

Castelo nos deixa em uma época em que o Maranhão, governado pelos camaradas comunistas vive uma farsa e um imenso retrocesso administrativo e politico. As mudanças de gogó decepcionam e cansam o maranhense que sente saudades é chora a perda de Castelo e dos tempos que não voltam mais.


Deputado federal por cinco mandatos:

1971-1979

1999-2007

2015-2016

Governador 

1979-1982

Senador 

1983-1991

Prefeito de São Luís

 2009-2013
João Castelo Ribeiro Gonçalves, morreu na manhã deste domingo (11), no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, onde estava internado há mais de 30 dias. Castelo foi internado Sírio Libanês em 31 de outubro, onde foi submetido a cirurgia de revascularização do miocárdio – implantação de três pontes de safena – desde 10 de novembro, o deputado estava em coma induzido na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). O corpo de João Castelo deve chegar ainda neste domingo em São Luís, e será velado no plenário da Assembleia Legislativa do Maranhão.

A família do parlamentar divulgou nota informando o seu falecimento e agradecendo a solidariedade de todos. A deputada Eliziane Gama, colega de parlamento também divulgou nota de pesar. O governo do Estado se manifestou através de nota. 

Entre os muitos textos escritos sobre a morte de João Castelo, vale destaque especial a publicação do jornalista Linhares Junior: Funeral para um amigo e do também  jornalista Robert Lobato  O legado de João Castelo


Nota de falecimento

“A família do deputado federal João Castelo Ribeiro Gonçalves, cumpre a dolorosa missão de informar aos parentes, aos amigos e a todo o povo maranhense o seu falecimento na manhã deste domingo, dia 11 de dezembro de 2016, e aproveita para agradecer a todos aqueles que durante o período em que ele esteve convalescente, se solidarizaram com suas orações, com suas mensagens e com seus sentimentos cristãos.

Que Deus acolha a alma do nosso querido e amado Castelo e que nos reconforte com sua infinita misericórdia num momento de tanta dor e saudades.

Gardênia Castelo, Gardeninha Castelo e João Castelo Filho”


NOTA DE PESAR

A deputada federal Eliziane Gama (PPS) manifesta profundo pesar em virtude do falecimento do ex-governador e deputado federal João Castelo Ribeiro Gonçalves (PSDB), ocorrido na manhã deste domingo, dia 11 de dezembro.

Eliziane lembra a trajetória política e a contribuição de João Castelo para o Maranhão como governador do estado, senador, prefeito de São Luís e deputado federal.

Através das redes sociais, a deputada se solidarizou com a família:

“Minhas condolências à família do colega parlamentar e ex-governador João Castelo. Uma dor irreparável. Que Deus conforte sua família neste momento de profundo pesar”.



NOTA DE PESAR



O Governo do Maranhão manifesta pesar pela morte do deputado federal João Castelo Ribeiro Gonçalves, ocorrida neste domingo (4), no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo.

Ex-governador do Maranhão e ex-prefeito de São Luís, João Castelo deixou sua marca na história do Estado. Estava no quinto mandato de deputado federal, além de já ter exercido outros cargos, como senador da República e presidente Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap).

Neste momento de dor, o governador Flávio Dino solidariza-se com familiares e amigos do parlamentar, decretando luto oficial de três dias, no Estado.

São Luís, 11 de dezembro de 2016.




A Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão externa grande pesar pelo falecimento do deputado federal maranhense João Castelo Ribeiro Gonçalves e decreta luto oficial de três dias. Ele faleceu na manhã deste domingo (11), no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo.

João Castelo encontrava-se com estado de saúde delicado e estava internado desde o dia 31 de outubro. Ele ficou em coma permanente desde o dia 10 de novembro, quando realizou uma cirurgia no miocárdio.

Castelo nasceu em Caxias, em 19 de novembro de 1937. Era graduado em Direito pela CEUB (Brasília) e Técnico em Administração, pelo CFTA (Rio de Janeiro). Estava no quinto mandato de deputado federal e também exerceu os cargos de governador, senador, prefeito da capital maranhense e presidente da EMAP.

Neste momento de dor a Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão solidariza-se com familiares e amigos

Deputado Othelino Neto
Presidente em exercício




Câmara de São Luís lamenta morte do ex-prefeito João Castelo

A Mesa Diretora da Câmara Municipal de São Luís, em nome dos seus 31 vereadores, vem a público lamentar o falecimento do ex-prefeito João Castelo (PSDB), ocorrido na manhã deste domingo, dia 11 de dezembro de 2016.

Castelo foi um homem público digno, que honrou a cidade de São Luís, o estado do Maranhão e o Brasil. Sua morte deixa uma lacuna irreparável. Em nome de todos os vereadores, prestamos nossas homenagens e nos solidarizamos com a família e amigos desta figura ímpar da política maranhense neste momento difícil. Somente Deus para confortar os familiares e amigos neste momento de insuportável dor — diz o vereador Astro de Ogum (PMN), presidente da Câmara Municipal de São Luís.


NOTA DE PESAR

A Prefeitura de Imperatriz vem a público manifestar enorme pesar pela morte de João Castelo, que atualmente exercia o quinto mandato de deputado Federal, ocorrida aos seus 79 anos de idade, na manhã deste domingo (11), no Hospital Sírio Libanês em São Paulo, vítima de complicações de uma cirurgia no coração.
 
João Castelo (PSDB) participou ativamente da política maranhense desde os anos 70, foi senador, governador, e prefeito de São Luis, além de ter sua esposa, Gardênia Gonçalves também como prefeita da Capital Maranhense.

Luto oficial

O prefeito de Imperatriz, Sebastião Madeira (PSDB) decretou luto oficial de três dias no município em sinal de respeitoso pesar pelo falecimento de João Castelo.  “Castelo é um dos últimos grandes políticos do Maranhão, uma longa história de Deputado Federal, Governador, Senador, Prefeito e Imperatriz tem um grande débito com ele, pois quando foi governador fez o hospital Materno Infantil, o Prédio da Prefeitura, a Câmara, o primeiro Estádio e fez mais de 60km de asfalto nas principais ruas desta cidade que ele tinha um enorme carinho. Nos irmanamos com Gardênia e Gardeninha, queremos que Deus conforte sua família. Todo o Maranhão está de luto”.

Madeira reconhece a importância da figura publica de João Castelo, ao mesmo tempo que lamenta a irreparável perda e une-se a familiares e amigos pedindo a Deus que os conforte e dê forças neste momento de dor. 

Sebastiao Torres Madeira
Prefeito de Imperatriz

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Credibilidade é o nosso maior patrimônio

Nosso objetivo é fazer jornalismo com seriedade, produzindo conteúdo regional, sobre política, economia, sociedade e atualidade, na forma de opinião, editorial e criticas. Não usamos de artifícios como sensacionalismo, imagens apelativas, chocantes ou degradantes, tampouco textos, frases, ou palavras chulas para obter acessos.

Não somos o primeiro a divulgar a informação, mas somos quem apresenta o conteúdo checado, aprofundado e diferenciado. Aqui oferecemos aquele algo mais que ainda não foi dito, ou ainda não foi mostrado. Noticias qualquer um pode divulgam, mas com apuração e seriedade só aqui.

Comentários anônimos, ou que contenham, palavrões, pornografia, ataques pessoais, calúnias ou difamações não serão publicados.

Jornalista Abimael Costa

Clinica Santo André

Clinica Santo André