sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

Sociedade Maranhense de Direitos Humanos lamenta morte de policial civil assassinada em emboscada





A Sociedade Maranhense de Direitos Humanos (SMDH), divulgou Nota de Pesar lamentando a morte trágica da policial civil Iran Cerqueira Santos, vítima de emboscada na noite desta quinta-feira (3), no bairro Araçagy. 

A deputada Eliziane Gama e a delegada de polícia civil Nilmar Da Gama Rocha também divulgaram nota lamentando a morte de Iran Santos









Minha parceira Iran Cerqueira Santos, Investigadora de Polícia Civil do Estado do Maranhão

"Ela era uma Policial ...
Enquanto todos dormiam ela estava em lugares inimagináveis, matagais intransponíveis, bueiros fétidos, casas abandonadas, entre outros lugares a que alguém normal se recusaria ir;

Enquanto todos dormiam ela estava em alerta máximo, tentando não apenas defender pessoas que nunca viu, nem mesmo conhecia, mas também tentando sobreviver;

Enquanto todos dormiam, no aconchego de suas casas debaixo dos cobertores, ela estava nas ruas debaixo da forte chuva, com frio e cansada madrugada adentro;

Enquanto todos dormiam, ela estava travestida de herói e mesmo não tendo superpoderes estava pronta para enfrentar o perigo, para desafiar a morte e, ‘quiçá, sobreviver’;

Enquanto todos dormiam, ela estava dividida entre o medo da morte e a árdua missão de fazer segurança pública;

Enquanto todos dormiam ela sonhava acordada com um futuro melhor, com o devido respeito, com um justo salário, com dias de paz, mas principalmente com o momento de voltar para casa e de olhar seus familiares, amigos e seus filhos e dizer-lhes que foi difícil sobreviver a noite anterior, que foi cansativo e até frustrante, mas que estava de volta e que tinha por eles o maior amor do mundo.

Ela só desejava voltar para casa viva ..."

O luto pela perda de uma companheira é incomensuravelmente doloroso


DELEGADA DE POLÍCIA CIVIL
Nilmar Da Gama Rocha




A deputada federal Eliziane Gama (PPS) manifesta profundo pesar em virtude do falecimento da policial civil Iran Santos na noite desta quinta-feira, dia 02 de fevereiro. 

A chefe de captura da Delegacia de Homicídios, Iran C. Santos, foi assassinada no bairro Araçagy vítima de disparos, após ser abordada por bandidos. A policial chegou a ser socorrida por colegas e levada à UPA do Araçagy, mas não resistiu e faleceu.

Eliziane solidariza-se com parentes, amigos e colegas de profissão da policial. Ela pede que o crime seja elucidado e responsáveis punidos.

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Credibilidade é o nosso maior patrimônio

Nosso objetivo é fazer jornalismo com seriedade, produzindo conteúdo regional, sobre política, economia, sociedade e atualidade, na forma de opinião, editorial e criticas. Não usamos de artifícios como sensacionalismo, imagens apelativas, chocantes ou degradantes, tampouco textos, frases, ou palavras chulas para obter acessos.

Não somos o primeiro a divulgar a informação, mas somos quem apresenta o conteúdo checado, aprofundado e diferenciado. Aqui oferecemos aquele algo mais que ainda não foi dito, ou ainda não foi mostrado. Noticias qualquer um pode divulgam, mas com apuração e seriedade só aqui.

Comentários anônimos, ou que contenham, palavrões, pornografia, ataques pessoais, calúnias ou difamações não serão publicados.

Jornalista Abimael Costa

LG Contabilidade Pública

LG Contabilidade Pública

Clinica Santo André

Clinica Santo André