Dia Mundial da Liberdade de Imprensa

Dia Mundial da Liberdade de Imprensa

sexta-feira, 19 de maio de 2017

Miranda do Norte: prefeito determina reforma e ampliação de Delegacia de Polícia Civil sucateada



A Delegacia de Policia Civil de Miranda do Norte é apenas mais uma das centenas de outras DEPOL abandonadas e que funcionam de forma precária no Maranhão. Em situação de completo abandono com as quatro celas interditadas por decisão judicial desde janeiro de 2013, quatro anos e cinco meses depois a DEPOL de Miranda do Norte continua da mesma forma, ou até pior.
Preocupado com esta situação o prefeito do município, Eduardo Belfort acompanhado de uma comitiva, esteve nesta quinta-feira (18), na delegacia para conhecer a realidade do local. Recebida pelo delegado do município,  José Souza Costa  e  pelo Delegado especial Carlos Alberto Damasceno, a comitiva conheceu as instalações da DEPOL, e ouviu dos delegados as fragilidades e limitações do prédio.



Diante da gravidade dos fatos, o prefeito autorizou a realização em caráter de urgência de obras de reformas e melhorias no prédio que abriga a Delegacia.      Conforme Eduardo Belfort, serão construídas três novas salas, uma para recepção, uma mais ampla para o delegado, e outra para o cartório, também serão construídos dois novos banheiros, e instalada  uma caixa de água de 2 mil litros com sistema interno de distribuição, além da pintura e climatização do prédio.

Para o delegado José Souza é necessário que os representantes políticos do município se unam pela causa da segurança pública e busquem junto ao governo estadual e federal melhorias e reforços que assegurem um combate efetivo a violência e a criminalidade, com a efetiva estruturação física e de material humano, tanto para a Policia Civil, quanto para a Militar.       

A atitude firme do prefeito Eduardo Belfort, em determinar  a realização de melhorias e reformas na DEPOL com recursos do município, é sem duvida um grande passo em busca deste entendimento e parceria, além disso, demonstra  a preocupação do gestor com a segurança pública e seu objetivo em priorizar o combate a violência e a criminalidade.   

É preciso alertar que Miranda do Norte precisa de atenção especial na area de segurança pública, é inadmissível que um município com população estimada em 28 mil habitantes, - dados IBGE -, localizado em posição estratégica e  privilegiada, no entroncamento rodoviário das BRs 135 e 222, além de ser cortado pela Estrada de Ferro Carajás, tenha um efetivo de três investigadores e um delegado, e apenas uma viatura que por conta dos vários anos de uso precisa passar por constates reparos mecânicos, ou seja, o carro está sucateado e quase diariamente precisa passar pela oficina mecânica.      


A Polícia Militar também enfrenta problemas no município, com apenas uma viatura antiga, e efetivo reduzido, os policiais fazem um esforço redobrado para atender as ocorrências.     
     
O governo do Estado parece ter virado as costas para Miranda do Norte, afinal em 10 de janeiro de 2013 A juíza Samira Barros Heluy, titular da 2ª Vara da Comarca de Itapecuru-Mirim, interditou as quatro celas da DEPOL e até agora nada foi feito para resolver a grave crise na segurança pública do município, apesar das inúmeras reivindicações e apelos dos diversos representantes políticos do município.       

01 - Em abril de 2015 durante reunião com lideranças políticas em Miranda do Norte, o 
deputado estadual Glalbert Cutrim. Glalbert afirmou que a construção de um Complexo Policial em Miranda do Norte seria essencial e urgente porque além de reforçar o sistema segurança em Miranda, vai também ajudar os municípios próximos, já que hoje os casos que requerem investigação policial; e as vezes até o registro de Boletim de Ocorrência, dependem da Delegacia Regional de Itapecuru-Mirim.

“Ainda esta semana apresentarei indicação na Assembleia Legislativa solicitando providências, por parte do Governo do Estado, no sentido de reestruturar e reativar a Delegacia. Além disso, tratarei do assunto pessoalmente com o secretário estadual Jeferson Portela (Segurança Pública)”, afirmou o parlamentar.http://www.abimaelcosta.com.br/2015/04/construcao-de-complexo-policial-em.html

Dois anos se passaram e nada aconteceu até agora


02 - Durante reunião realizada na Câmara municipal de Miranda do Norte, em 05 de dezembro de 2016, da qual participaram o Coronel Laércio Osório Bueno, comandante da área de Policiamento do Interior 7, Que compreende 39 municípios, com sete unidades operacionais sediadas nas cidades de Rosário, Itapecuru-Mirim e Chapadinha; o Coronel Rômulo Henrique Araújo Costa, comandante da 8ª Companhia Independente da PMMA, com sede no município de Itapecuru-Mirim; e o Tenente Muniz, comandante da Polícia Militar de Miranda do norte, foram anunciadas algumas medidas: para combater a violência, que devem ser colocados em pratica imediatamente, entre elas, assegurou que vai aumento do efetivo policial no município, intensificação das operações com abordagens mais constantes nas ruas e avenidas da cidade, disponibilizar mais uma viatura para apoio tático, e a construção de um moderno complexo policial no município. http://www.abimaelcosta.com.br/2016/12/cupula-da-seguranca-publica-anuncia.html
Cinco meses se passaram e nada aconteceu
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Credibilidade é o nosso maior patrimônio

Nosso objetivo é fazer jornalismo com seriedade, produzindo conteúdo regional, sobre política, economia, sociedade e atualidade, na forma de opinião, editorial e criticas. Não usamos de artifícios como sensacionalismo, imagens apelativas, chocantes ou degradantes, tampouco textos, frases, ou palavras chulas para obter acessos.

Não somos o primeiro a divulgar a informação, mas somos quem apresenta o conteúdo checado, aprofundado e diferenciado. Aqui oferecemos aquele algo mais que ainda não foi dito, ou ainda não foi mostrado. Noticias qualquer um pode divulgam, mas com apuração e seriedade só aqui.

Comentários anônimos, ou que contenham, palavrões, pornografia, ataques pessoais, calúnias ou difamações não serão publicados.

Jornalista Abimael Costa

Clinica Santo André

Clinica Santo André