segunda-feira, 22 de maio de 2017

O covarde assassinato da empresária Adilce Silva provoca revolta e comoção




A banalização da violência vai criando um clima de terror, desespero e muito medo. Os criminosos agem a todo instante, e em todos os lugares. Destemidos, ousados e de cara limpa, sem medo de nada e de ninguém, eles ameaçam, intimidam, roubam e matam impunemente, e quando são presos, dias depois a justiça os devolve as ruas.

Aos poucos a sociedade vai perdendo a confiança nas instituições, desacreditando do poder do Estado em combater a violência e punir os culpados. A impunidade é de longe a primeira causa apontada como motivadora da violência endêmica que se alastra por todos os cantos, fazendo vítimas indiscriminadamente.

Órfão do poder público, o cidadão fica cada vez mais tenso, seletivo, precavido, e a beira da loucura, afinal a realidade é cruel, ma precisa ser dita sempre - ninguém está seguro em lugar algum - partindo deste pressuposto, para tentar escapar desta carnificina é preciso se recolher, se esconder, mudar hábitos e alterar rotinas, afinal os números da tragédia demonstram que os bandidos dominaram o sistema.



No inicio da noite deste domingo (21), a empresária Adilce Gonçalves Silva de 45 anos, foi vítima desta violência exacerbada. a vítima estava na padaria da família - localizada na rua Benedito Leite - Centro da cidade de Rosário, quando foi abordada por dois criminosos - supostamente menores de idade -. Os bandidos teriam dado voz de assalto, Adilce e familiares entregaram os celulares e os pertences mais mesmo assim um dos criminosos atirou contra a empresária. 

Socorrida, Adilce Silva morreu minutos depois de dar entrada no hospital da cidade. Os dois acusados de matar a empresária foram presos pela polícia. Revoltados centenas de pessoas tentaram invadir a DEPOL para resgatar a dupla e fazer justiça com as próprias mãos.

O assassinato da empresária comoveu o município de Rosário, cidade de 42 mil habitantes, distante 65 quilômetros de São Luís. Proprietária da Academia academia Espaço Fitness, mãe de três filhos, casada com Zondeck Anceles irmão do gestor da regional da saúde de Rosário Willame Anceles, Adilce Silva é mais uma vitima da inércia e incompetência do governo. 


Para o deputado federal Aloisio Mendes, só conseguiremos combater a criminalidade com mais investimentos em segurança pública e leis mais rígidas para punir os criminosos. O parlamentar alerta que a sociedade clama por medidas mais enérgicas contra a violência que aterroriza grandes e pequenas cidades, e que crimes bárbaros não podem ficar impunes. "A maioria deles tem a participação de menores, por isso defendemos urgência na votação da PEC que reduz de 18 para 16 anos a maioridade penal no Brasil. Já aprovamos a matéria na Câmara, que está desde o ano passado no Senado" Conclui o ex- secretário de segurança


Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Credibilidade é o nosso maior patrimônio

Nosso objetivo é fazer jornalismo com seriedade, produzindo conteúdo regional, sobre política, economia, sociedade e atualidade, na forma de opinião, editorial e criticas. Não usamos de artifícios como sensacionalismo, imagens apelativas, chocantes ou degradantes, tampouco textos, frases, ou palavras chulas para obter acessos.

Não somos o primeiro a divulgar a informação, mas somos quem apresenta o conteúdo checado, aprofundado e diferenciado. Aqui oferecemos aquele algo mais que ainda não foi dito, ou ainda não foi mostrado. Noticias qualquer um pode divulgam, mas com apuração e seriedade só aqui.

Comentários anônimos, ou que contenham, palavrões, pornografia, ataques pessoais, calúnias ou difamações não serão publicados.

Jornalista Abimael Costa

Clinica Santo André

Clinica Santo André