quarta-feira, 19 de julho de 2017

Geração perdida: adolescente de 14 anos é morto ao tentar assaltar ônibus em São Luís




Geração perdida: adolescente de 14 anos é morto ao tentar assaltar ônibus em São Luís

"O mesmo sistema de poder que fabrica a pobreza é o que declara guerra aos desesperados que gera"  Eduardo Galeano.
Por: Abimael Costa Pereira

- Ignorados,excluídos e eliminados -

As ações estatais visando mudar a realidade de crianças e adolescentes no Maranhão, ainda não surtiram efeito, infelizmente continuam ativas apenas nos enfadonhos discursos dos muitos chefes que disputam espaço no cobiçado setor do governo. As políticas públicas direcionadas para esta importante fatia da população infelizmente não atingem o objetivo esperado e portanto não apresentam resultados positivos.  

Nesta terça-feira (18), Vitor Manoel Ayres Rodrigues, de 14 anos, foi morto dentro de um ônibus coletivo no centro de São Luís. Um disparo de arma de fogo, desferido por um policial, matou o  garoto que, armado com uma faca de cozinha teria anunciado um assalto dentro do coletivo, em que o policial a paisana viajava. O caso aconteceu na tarde desta terça-feira (18), Em São Luís, na região do Anel Viário, no interior de coletivo da linha UFMA/Terminal da Praia Grande. 

Incapaz de resolver a grave crise social em que está mergulhado, o Estado faz uso do braço armado e repressor para se livrar das supostas ameaças a paz social e a ordem. É mais comodo condenar a morte o suposto criminoso do que atacar as causas que o criaram. Conforme Eduardo Galeano: "O poder corta e torna a cortar a erva daninha, mais não pode cortar a  raiz sem atentar contra sua própria vida" 

A ação do Estado justiceiro ao invés de ser condenada e criticada pela população como um ato que visa ignorar e jogar para debaixo do tapete as desigualdades e graves injustiças cometidas pelo mesmo Estado, que tem obrigação de repara-las; é aplaudida e elogiada como uma ação heroica e destemida que livra a população de um suposto "câncer". Afinal para muitos, Bandido bom é bandido morto, desde que ele seja pobre, preto e descamisado.        
No primeiro semestre de 2017, foram registrados 350 assaltos a ônibus em São Luís. Segundo a policia, adolescentes estão envolvidos na maioria destes assaltos. Por outro lado, cresce assustadoramente  o número de menores de idade que fazem parte de facções criminosas. O número de adolescentes apreendidos em ações violentas só tem aumentado, morrem cada vez mais jovem vitimas ou autores de crimes. Diante deste quadro sombrio, espera-se uma ação efetiva do Estado, no sentido de impedir que o extermínio de jovens e adolescentes prossiga como algo natural e corriqueiro.            

"Com ou sem lei, o Estado pratica o homicídio com premeditação, dolo e prevalecimento, e no entanto, por mais que o Estado mate, não consegue evitar o desafio das ruas convertidas em terra de ninguém" Eduardo Galeano.    

Tempos estranhos estes em que estamos vivendo  

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Credibilidade é o nosso maior patrimônio

Nosso objetivo é fazer jornalismo com seriedade, produzindo conteúdo regional, sobre política, economia, sociedade e atualidade, na forma de opinião, editorial e criticas. Não usamos de artifícios como sensacionalismo, imagens apelativas, chocantes ou degradantes, tampouco textos, frases, ou palavras chulas para obter acessos.

Não somos o primeiro a divulgar a informação, mas somos quem apresenta o conteúdo checado, aprofundado e diferenciado. Aqui oferecemos aquele algo mais que ainda não foi dito, ou ainda não foi mostrado. Noticias qualquer um pode divulgam, mas com apuração e seriedade só aqui.

Comentários anônimos, ou que contenham, palavrões, pornografia, ataques pessoais, calúnias ou difamações não serão publicados.

Jornalista Abimael Costa

LG Contabilidade Pública

LG Contabilidade Pública

Clinica Santo André

Clinica Santo André