quarta-feira, 7 de março de 2018

Laços históricos da época do Brasil Colônia unem Cantanhede e Aroazes



  Cantanhede abre relações institucionais com município piauiense



Distante 230 quilômetros de Teresina, e com população estimada em 5.748 habitantes segundo estimativas do IBGE,o município piauiense de Aroazes,  tem uma forte ligação histórica com o município maranhense de Cantanhede. A relação surgiu ainda na época do Brasil Colônia, quando das ocupações das famílias colonizadoras no Maranhão e no Piauí setecentista. 


Em busca de resgatar essa relação histórica entre os dois municípios, a secretaria de Governo de Cantanhede, por meio das coordenações de Turismo e Cultura envida esforços no sentido de  aproximar Cantanhede de Aroazes.

Com o objetivo de iniciar as trativas, o  secretário de Governo de Cantanhede, Carlito Amaral visitou Aroazes nos dias 05 e 06 do mês corrente.  O secretário foi recebido em Aroazes pelo secretário de Administração, Lindomar Araújo. 

Um encontro entre o prefeito Ruivo de Cantanhede e o prefeito Tomé Carvalho de Aroazes está sendo agendado para selar a relação institucional entre os dois municípios.

Os Projeto Cantanhede, Patrimônio do Mundo e DNA Cantanhede, que já abriram relações com Saloá/PE, Colares/Sintra, Perelhal/Barcelos em Portugal e Baionne na França, querem expressar essa relação, por meio de uma peça de teatro, com exibição em Aroazes e Cantanhede, atividades esportivas e de cooperação técnica. 

Uma proposta de apoio cultural está sendo preparada para ser apresentada ao Grupo Edson Queiroz, dono da Fazenda Serra Negra, que é patrimônio cultural do Estado do Piauí.

ENTENDA COMO SE FEZ A RELAÇÃO ENTRE OS DOIS MUNICÍPIOS 

Em 1772, Cantanhede recebe um português de nome Aires Carneiro Homem de Souto Maior. Vindo de Lisboa, o coronel de milícia e cavaleiro da ordem de Cristo se instalou na foz do Rio Peritoró, na antiga região dos Barbados.

Polêmico e grande proprietário de terras, Aires casou com uma das filhas de Lourenço Belfort, outro sesmeiro, só que vindo da Irlanda e instalado no local batizado por ele de Kelru, também na ribeira do Rio Itapecuru.

Uma das filhas de Aires, Luzia Perpétua Carneiro Homem de Souto Maior casou com o governador do Piauí independente, Luiz Carlos Pereira de Abreu Bacellar, o temido Serra Negra.


O casamento nos moldes de procuração, aconteceu na fazenda Peritoró, em Cantanhede/MA, no dia 25 de julho de 1802, o próprio pai da noiva, o coronel Aires representou o noivo. Depois o casamento foi confirmado na Fazenda Serra Negra, em Aroazes/PI. 

O casamento entre Luzia e Luiz Carlos Serra Negra gerou dois filhos, Luiz Carlos Bacellar Castelo Branco e Arcângela Úrsula de Castelo Branco e durou pouco, entre 1802 e 1808.Luzia alegou maus tratos e o seu pai foi busca-lá em Aroazes. 
IMAGENS DE AROAZES








Local: Cantanhede - MA, 65465-000, Brasil
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Credibilidade é o nosso maior patrimônio

Nosso objetivo é fazer jornalismo com seriedade, produzindo conteúdo regional, sobre política, economia, sociedade e atualidade, na forma de opinião, editorial e criticas. Não usamos de artifícios como sensacionalismo, imagens apelativas, chocantes ou degradantes, tampouco textos, frases, ou palavras chulas para obter acessos.

Não somos o primeiro a divulgar a informação, mas somos quem apresenta o conteúdo checado, aprofundado e diferenciado. Aqui oferecemos aquele algo mais que ainda não foi dito, ou ainda não foi mostrado. Noticias qualquer um pode divulgam, mas com apuração e seriedade só aqui.

Comentários anônimos, ou que contenham, palavrões, pornografia, ataques pessoais, calúnias ou difamações não serão publicados.

Jornalista Abimael Costa

LG Contabilidade Pública

LG Contabilidade Pública

Clinica Santo André

Clinica Santo André