quarta-feira, 5 de março de 2014

Bloco Confraria do Copo desrespeita pacientes do Socorrão I, diz médica em nota






É muito grave a denuncia feita pela médica Adalgisa Viegas, chefe de plantão do  Hospital Municipal Djalma Marques, o Socorrão I.

Segundo a médica, durante o plantão desta terça-feira, já na madrugada de quarta, (05), entre 2h e 3h da manhã, um trio do Bloco Confraria do Copo se instalou na rua do Passeio, em frente ao hospital onde promoveu uma concentração, mesmo sendo área hospitalar e já tendo passado das 2h da manha, o bloco ignorou a lei do silencio e abriu o volume  do som no máximo.

O barulho ensurdecedor perturbou pacientes internados em leitos de UTI em estado gravíssimo e outros que precisam de repouso absoluto. 

É lamentável que casos graves e vergonhosos como este ainda aconteçam em uma metrópole como São Luis, que tem mais de um milhão de habitantes. 

Cabe aos autoridades apurar as responsabilidades e punir de forma exemplar os autores e os responsáveis por este triste episodio.

Fica aqui registrado o nosso repúdio a este grave e covarde atentado contra a vida dos pacientes do Hospital Municipal Djalma Marques - Socorrão I, pessoas indefesas que lutam pela vida. 

Reafirmo nosso apoio a Drª Adalgisa que teve coragem de denunciar este ato criminoso de desrespeito e falta de consideração ao próximo.  

Leia a denúncia da Chefe de Plantão do Socorrão I, Drª Adalgisa Viegas 















Relato de um plantão na quarta de CARNAVAL : a Lei 5.715/93 do Estado do Maranhão,conhecida como Lei do Silêncio afirma em seu artigo 1° que é vedado perturbar a tranquilidade e o bem estar público com vibrações,sons excessivos ou incômodos de qualquer natureza,a lei prescreve ainda restrições mais severas quando o incômodo se der em casas de saúde ou similares (art.11,parágrafo único),mas eis que mais uma vez se observa que esta importante diretriz foi desrespeitada em prejuízo do pacientes do Hospital Municipal Socorrão I .

Ocorre que na madrugada de terça para quarta de carnaval, entre às 2 e 3 horas da manhã,um plantão já agitado pelas intercorrências do carnaval, um trio de um bloco intitulado "Confraria do copo" se instalou na rua do Passeio em frente ao nosso hospital prejudicando a saúde dos pacientes que aqui convalescem, e na realidade que acompanho cotidianamente, posso atestar o quão temerária esta "inocente" diversão momesca pode ser, pois na casa estão internados não somente pacientes estáveis, mas também pacientes em leitos de UTI gravíssimos e pessoas que padecem de Tétano e Aneurismas,condições que demandam repouso e silêncio absoluto, caso contrário seus quadros podem facilmente se agravar.

É necessário que as autoridades se atentem e combatam com veemência tal situação,para que não se repita e colabore para piorar a nossa já combalida saúde pública.Caso contrário uma quarta-feira como essa pode amanhecer em tons ainda mais cinzas. Desculpem o desabafo,fica aqui o meu protesto. Boa tarde à todos !!!
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Credibilidade é o nosso maior patrimônio

Nosso objetivo é fazer jornalismo com seriedade, produzindo conteúdo regional, sobre política, economia, sociedade e atualidade, na forma de opinião, editorial e criticas. Não usamos de artifícios como sensacionalismo, imagens apelativas, chocantes ou degradantes, tampouco textos, frases, ou palavras chulas para obter acessos.

Não somos o primeiro a divulgar a informação, mas somos quem apresenta o conteúdo checado, aprofundado e diferenciado. Aqui oferecemos aquele algo mais que ainda não foi dito, ou ainda não foi mostrado. Noticias qualquer um pode divulgam, mas com apuração e seriedade só aqui.

Comentários anônimos, ou que contenham, palavrões, pornografia, ataques pessoais, calúnias ou difamações não serão publicados.

Jornalista Abimael Costa

LG Contabilidade Pública

LG Contabilidade Pública

Clinica Santo André

Clinica Santo André