segunda-feira, 18 de março de 2019

Hildo Rocha articula parceria entre Famem e Hospital Aldenora Belo




As ações de prevenção, diagnóstico e tratamento do câncer, no Maranhão, irão ganhar reforços, graças ao trabalho do coordenador interino da bancada federal do Maranhão, deputado Hildo Rocha. A proposta foi lançada pelo parlamentar durante reunião com o presidente da Federação dos Municípios do Maranhão (Famem), Erlanio Xavier, sexta-feira (15). Hildo Rocha explicou que a ideia surgiu em decorrência de uma visita que o parlamentar fez ao Hospital Aldenora Bello, juntamente com os deputados Eduardo Braide e Juscelino Filho. 


“Na ocasião, a diretoria da Fundação Antonio Dino nos informou que a entidade está preparada para fazer capacitação de técnicos e agentes de saúde a fim de que esses profissionais possam fazer diagnóstico precoce do câncer”, destacou.

Metodologia

De acordo com o parlamentar, existem métodos simples que podem ser utilizados para a obtenção de diagnósticos precoces, mas para que possam ser colocados em prática é necessário que os profissionais recebam a qualificação adequada. O Hospital Aldenora Belo tem vários profissionais que podem transferir esses conhecimentos de maneira pedagógica para os técnicos de saúde. 

“Quando o câncer é diagnosticado logo no início o tratamento é eficiente. Assim, os técnicos e agentes de saúde dos municípios, capacitados na detecção da doença, irão contribuir para salvar vidas e amenizar a dor dos pacientes e das famílias que muitas vezes só descobrem a doença quando a possibilidade de cura já está praticamente esgotada”, ressaltou Hildo Rocha.

Operacionalização, custos e recursos financeiros

O deputado disse que a ideia de envolver a Famem justifica-se pelo fato de que a instituição agrega todos os municípios maranhenses e a instituição tem capacidade para atuar de forma regionalizada. Quanto aos custos operacionais, Hildo Rocha disse que os deputados e senadores maranhenses irão trabalhar com a finalidade de viabilizar os recursos financeiros.

“A Famem, em parceria com a Fundação Antônio Dino, promoverá a capacitação dos profissionais de saúde, da rede municipal do Maranhão, no combate ao Câncer com um custo bem pequeno porque a Famem tem o poder de agregar forças”, argumentou Hildo Rocha. 

Primeiros passos

Hildo Rocha destacou o entusiasmo com que o presidente da Famem recebeu a ideia. “O prefeito Erlanio, presidente da Famem, se entusiasmou com a ideia e determinou, imediatamente, que o Dr. Fonseca, Secretário Executivo e a Sra. Áurea, consultora de Saúde da instituição, iniciem os procedimentos indispensáveis para a formação de um grupo de trabalho com a participação de especialistas da Fundação Antonio Dino e da Famem”, explicou Hildo Rocha. 

Deputado municipalista

O presidente da Famem, prefeito Erlanio Xavier, agradeceu pela iniciativa do deputado Hildo Rocha e elogiou a atuação do parlamentar. “Hildo Rocha é um municipalista reconhecido e atuante. Temos a satisfação de contar com um parceiro que tem um histórico de luta pelos municípios”, afirmou. 

Os prefeitos José Gomes (Buriticupu); Sidrack Feitosa (Morros); André Dourado (Carutapera); o vice-prefeito de Cândido Mendes, Jofran Braga; o secretário executivo da Famem, Dr. Fonseca; o coordenador jurídico, Guilherme Mendonça e o vereador de Amarante, Sebastião das Alvoradas também participaram do encontro que aconteceu na sede da Famem, em São Luis.

domingo, 17 de março de 2019

O emocionado discurso de Junior Lourenço durante a cerimônia dos 31 anos de emancipação de Miranda do Norte





Deputado federal Júnior Lourenço se emociona durante discurso nas comemorações de 31 anos de emancipação política de Miranda do Norte


"Falar de Miranda me deixa sempre emocionado, na última sexta-feira (15), pude ao lado do prefeito Negão e vereadores entregar algumas obras no aniversário da cidade. A minha gente mirandense, meu muito obrigado. Deus no comando SEMPRE" Júnior Lourenço

https://www.youtube.com/watch?v=1xQuSfFYw_k

sexta-feira, 15 de março de 2019

Trabalhadores ninenses recebem benefício viabilizado pelo deputado Hildo Rocha



Produtores rurais da Vila Buriti, comunidade localizada no município de Nina Rodrigues, receberam um caminhão F4000 que foi comprado pela Codevasf, com recursos federais oriundos de emenda do deputado Hildo Rocha.


A entrega aconteceu na semana passada durante evento que teve a participação do deputado federal Hildo Rocha. Também participaram do ato o superintendente da Codevasf, Jones Braga, o prefeito Rodrigues da Iara; o vice, Pedro Custódio; a presidente da Câmara Municipal, Cita Braga; os vereadores José Erlan; Raimundinho e Zeca Lima o presidente da Associação dos Moradores da Vila Buriti, José Ribamar Costa Vieira, o popular Tatu; todos os secretários municipais e a ex-prefeita Iara Quaresma.

“O caminhão que nós entregamos é um F4000, zero quilômetro, de alta potência, com ar- condicionado, com carroceria de madeira de lei, que irá servir os agricultores familiares da Vila Buriti e também de outras localidades da região”, enfatizou Hildo Rocha.

O deputado ressaltou que a ideia partiu do vereador Zeca Lima. “O vereador Zeca Lima lançou a ideia, me pediu para viabilizar os recursos para comprar esse caminhão, o prefeito Rodrigues também teve importante participação, pois ele ajudou a resolver as pendências da documentação da Associação. Consegui os recursos orçamentários e financeiros, por meio de emenda parlamentar que destinei para a Codevasf comprar esse e outros caminhões”, destacou o parlamentar.

Hildo Rocha ressaltou que o superintendente da Codevasf no Maranhão, Jones Braga, que é filho ilustre da cidade de Nina Rodrigues, agilizou a compra e a entrega do caminhão. “A comunidade de Buriti produz bem, mas eles enfrentavam grandes dificuldades para fazer o transporte da sua produção. Agora, além da facilidade os custos dos produtos serão menores e os lucros serão maiores”, enfatizou Hildo Rocha.

Deputado parceiro do município

O prefeito Rodrigues da Iara enumerou algumas conquistas da sua administração que foram alcançadas com a ajuda de Hildo Rocha. “É um deputado parceiro, tem muitos serviços prestados ao município. Recentemente conseguiu recursos para fazer a reforma completa do Hospital Municipal; recursos para fazer um ginásio de esportes; para recuperar as estradas municipais; para pavimentação de ruas, para construir o portal da cidade, além de outras obras e serviços importantes”, declarou o prefeito.

“Muitas pessoas duvidavam. Diziam que esse caminhão nunca chegaria. Mas, eu sempre acreditei. Junto com o prefeito Rodrigues, com a ajuda de Jones Braga e também com o apoio do vereador Zeca Lima nós lutamos e graças a Deus e ao deputado federal Hildo Rocha agora nós temos um caminhão para transportar a nossa produção. Deputado, nós só temos a lhe agradecer”, destacou José Ribamar Vieira, o popular Tatú, presidente da Associação da Vila Buriti.

“Eu quero agradecer ao deputado Hildo Rocha por ter ele ter conseguido esse transporte que irá ajudar as nossas comunidades. Os agricultores familiares da comunidade Buriti produzem farinha, milho, feijão, melancia, macaxeira, mas a comunidade tem muitas dificuldades. Agora a situação irá melhorar bastante porque eles terão como transportar a produção com mais comodidade e custos bem menores”, enfatizou o vereador Zeca Lima.

quinta-feira, 14 de março de 2019

Ministro Mandetta garante rapidez na liberação de mais de R$ 130 milhões para saúde do Maranhão




Em resposta a ação de Hildo Rocha como coordenador da bancada federal, Ministro da Saúde garante a liberação de mais de R$ 130 milhões para ações em municípios do Maranhão. 



Durante reunião realizada em Brasília,nesta quarta-feria (13), entre o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, parlamentares e prefeitos maranhenses, MAndetta se comprometeu  a agilizar a liberação de recursos na ordem de mais de R$ 130 milhões para ações de saúde nos municípios maranhense.




Desse total. R$ 106 milhões serão destinadas para ações de Atenção Básica à saúde, e R$ 32 milhões para assistência de média e alta complexidade no Sistema Único de Saúde (SUS).



Mandetta também garantiu agilizar liberação de recursos para Hospital Aldenora Belo, o Hospital Municipal de Imperatriz, a nova ala do Hospital Dutra e encontrar solução para as Unidades de Pronto Atendimento (UPA 24h) dos municípios de Chapadinha e Estreito.

“Levamos ao ministro Mandetta vários assuntos de interesse do Maranhão”, disse Hildo Rocha (MDB), coordenador em exercício da bancada federal do Maranhão no Congresso Nacional. 

“O primeiro deles foi sobre a liberação fundo a fundo para os municípios, que é dinheiro na veia, relacionado tanto ao PAB (Programa de Atenção Básica), como de ações de média e alta complexidade. O ministro sinalizou que não haverá nenhum problema e ele está à disposição para acelerar a liberação desse dinheiro”, revelou.

Recursos/Imperatriz – Esses recursos são de emendas parlamentares que estão inseridas no Orçamento da União aprovado ano passado pelo Congresso Nacional. Num acordo feito pela bancada maranhense, os deputados novos vão dividir entre si os recursos das emendas dos deputados que não conseguiram se reeleger. E caberá a eles (os novos) indicar a destinação desse dinheiro.
Os deputados maranhenses também conseguiram do ministro da Saúde ajuda de R$ 1 milhão para o Hospital Municipal Infantil de Imperatriz, o “Socorrinho”, atingido recentemente por um incêndio.

O coordenador da bancada entende que “é uma unidade que precisa do apoio do governo federal e esse dinheiro possibilitará à prefeitura recuperar urgentemente o hospital e colocá-lo em funcionamento”.

Dutra e Aldenora Belo – Dois hospitais de referência no Maranhão – o Dutra e o Aldenora Belo – estiveram na pauta de reivindicações. 

Mandetta se comprometeu em liberar os R$ milhões de emendas para construir e equipar o anexo do Hospital Dutra para fazer a alta complexidade da cardiologia no Maranhão, permitindo inclusive a realização de transplante de coração.

Em relação ao Hospital Aldenora Belo, a proposta dos parlamentares é estabelecer uma parceria com o MS para um trabalho de prevenção do câncer beneficiando todo o estado.

“Estamos destinando R$ 32 milhões para o Aldenora Belo, que é o nosso hospital do câncer, e que está destinado mais para a cura da doença. Esses recursos é para um trabalho de prevenção, ou seja, treinar/capacitar técnicos e agentes de saúde para descobrir com antecedência, por exemplo, o câncer em crianças, como vem sendo feito em outros estados. Com isso vamos ajudar muitos os municípios do Maranhão”, garantiu Hildo Rocha.

UPAs/Estreito e Chapadinha – A situação da UPAs de Chapadinha e Estreitos entrou na agenda de reivindicações da bancada maranhense com Mandetta. A UPA de Chapadinha, por exemplo, que atende o município e região do Baixo Parnaíba, está há dias sem funcionar.

“O ministro ficou de fazer a contrapartida da União para que o município volte a atender a todos plenamente”, disse. 

No caso da UPA de Estreito, que também está paralisada, o ministro vai autorizar que a unidade seja utilizada para outros serviços. O prefeito Cicin dará, portanto, outra utilidade ao local, instalando serviços de fisioterapia, imagens, ações de média complexidade e outros.


Da audiência com Mandetta participaram os deputados Hildo Rocha, Juscelino Resende, Cléber Verdes, Eduardo Braide, Junior Lourenço, João Marcelo, Edilázio Junior, pastor Gildenemyr, Marreca Filho e a senadora Eliziane Gama, além dos prefeitos Assis Ramos (Imperatriz), Cícero Moraes/Cicin (Estreito), Zé Gomes (Buriticupu), dentre outros.

Hildo Rocha manifesta pesar pela tragédia de Suzano



MANIFESTO EM SOLIDARIEDADE ÀS FAMÍLIAS DAS VÍTIMAS DA TRAGÉDIA DE SUZANO

Profundamente consternado com a tragédia que vitimou jovens estudantes da Escola Estadual Raul Brasil, duas trabalhadoras do estabelecimento e demais vítimas, na cidade de Suzano (SP), manifesto meu sentimento de pesar.

O nefasto episódio causou perplexidade, revolta tristeza e inquietantes indagações que dificilmente serão respondidas.

Solidarizo-me com as famílias diretamente impactadas e me associo a todas as pessoas que também sentem a dor por tantas vidas que foram abreviadas em consequência de atos inexplicáveis, transloucados e cruéis.

Em Deus está a força que nos ajudará a superar esse triste episódio.

HILDO ROCHA

Deputado Federal • MDB/MA

quarta-feira, 13 de março de 2019

Parabéns Beto Carvalho!



Exemplo de integridade e coerência, o amigo e secretário municipal de meio ambiente em Miranda do Norte, Beto Carvalho, que troca de idade nesta quarta-feira (13), recebe as congratulações de amigos e admiradores, afinal, ele é prata da casa e gente que faz.

Adepto de um estilo reservado e avesso aos holofotes e a badalação midiática, Beto Carvalho tem se destacado por sua competência e habilidade no comando da pasta de Meio Ambiente Municipal, portanto, digno de aplausos pelos relevantes serviços prestados a população mirandense.

Adventista, Beto Carvalho desenvolve ações sociais e filantrópicas no município, além de trabalhos de evangelização.

Os nossos parabéns e congratulações ao amigo Beto, desejamos vida longa, saúde, paz e disposição para dar continuidade a missão que escolheu para realizar.

ABIassessoria

Deputado Antônio Pereira defende audiências públicas para debater Reforma da Previdência



O deputado Antônio Pereira (DEM) ocupou a tribuna da Assembleia Legislativa, na terça-feira (12), para falar da importância dos debates sobre a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) da Reforma da Previdência, que está tramitando no Congresso Nacional e deve ser aprovada ainda este ano. 

Na segunda-feira (11), a Assembleia aprovou, por unanimidade, um requerimento de Antônio Pereira, pedindo que as comissões de Administração Pública, Seguridade Social e Trabalho e de Assuntos Econômicos da Casa promovam um painel de audiências públicas sobre a Reforma da Previdência. 

O democrata entende que a Reforma da Previdência é importante para a União, Estados, municípios e Distrito Federal. “Teremos um momento devido de votar algumas coisas nesse sentido, aqui nesta Casa, em nível estadual, como a alteração da idade para a pessoa se aposentar”, alertou. 

DEBATES E DOCUMENTO 

Antônio Pereira esclareceu que, depois dos debates sobre a Previdência com a sociedade organizada nas audiências públicas, um documento será elaborado e enviado aos representantes da Câmara e do Senado, para que os parlamentares possam ver o pensamento do povo do Maranhão. 

Para Antônio Pereira, se a PEC que está no Congresso Nacional for aprovada da forma como está, quem começar a trabalhar agora teria que cumprir a idade mínima e o tempo de contribuição, e só poderia se aposentar em 2054. “Estamos tratando de gerações, por isso a importância dessa discussão nesta Casa”, frisou. 

Na opinião do deputado Antônio Pereira, existe alguns pontos importantes da Reforma da Previdência. O primeiro é a questão da idade, que muda. Hoje, o homem é aposentado com 65 anos de idade e a mulher com 60. A atual proposta propõe que seja 62 anos para mulher, e continua 65 anos para o homem. 

TEMPO DE CONTRIBUIÇÃO 

O parlamentar disse que, hoje, não há idade mínima na aposentadoria por tempo de contribuição, que está fadado a terminar em 2033, ficando apenas as idades mínimas. A PEC propõe a idade mínima de 62 anos para mulheres e 65 anos para homens. “É muito importante dizer que essa idade pode aumentar”, afirmou. 

Pelos cálculos do deputado, a idade mínima pode aumentar, pois em 2024 haverá nova atualização, quando poderá aumentar a expectativa de vida do brasileiro. “Em cada ano que aumentar a expectativa de vida do brasileiro, aumentará 75% desse aumento, dessa expectativa de vida na idade mínima”, assinala. 

“O tempo de contribuição mínimo, hoje, é de 15 anos para aposentar por idade, e 35 anos por tempo de contribuição. A PEC propõe de 20 anos de contribuição para receber 100% da aposentadoria. É preciso contribuir 40 anos. Mesmo que você contribua por 35 anos e tenha idade, não terá a sua percepção em 100%”, concluiu. 



Hildo Rocha diz que Reforma da Previdência não pode punir os que mais precisam do amparo do poder público



O deputado federal Hildo Rocha fez contundente pronunciamento em defesa dos trabalhadores rurais e pescadores artesanais que serão os mais sacrificados pela reforma da previdência se não houver mudanças no texto proposto pelo atual governo.

“Nós sabemos que a previdência do nosso país, ano ano, tem aumentado o seu déficit. Não tenho dúvidas. Mas, não podemos modificar o sistema previdenciário punindo aqueles que mais precisam do amparo do poder público”, afirmou Rocha, na tribuna da Câmara.

O parlamentar enfatizou que é contra alguns pontos da proposta da reforma previdenciária encaminhada ao Congresso Nacional pelo governo Bolsonaro. Uma das propostas que Hildo Rocha considera inaceitável é a mudança de 15 para 20 anos de contribuição previdenciária ou atividades rurais comprovadas para que os trabalhadores rurais possam requerer aposentadorias.

“Quem conhece a realidade dos trabalhadores e trabalhadoras rurais sabe que eles exercem uma atividade penosa, não tem direitos que são assegurados aos trabalhadores urbanos. Essa categoria realiza um tipo de trabalho diferente, trabalham todos os dias sem direito a fim de semana remunerado, não tem direito a férias remunerada, não tem tempo para o descanso remunerado que outras categorias tem. Os trabalhadores rurais da agricultura familiar não tem direito a 13º nem ao FGTS. É um trabalho intenso e cansativo. Ampliar de 15 para 20 anos de comprovação de trabalho na área rural seria sacrificar ainda mais esses profissionais”, argumentou o deputado.

Contribuição fora da realidade

Outro ponto que o deputado Hildo Rocha discorda é a regra que prevê o pagamento de pelo menos R$ 600 reais por cada ano que o trabalhador e trabalhadora deixou de ter renda. “Isso é inconcebível. Muitos trabalhadores sobrevivem apenas com os resultados daquilo que produz para o consumo da sua família, ou seja, trabalham apenas para garantir a subsistência, portanto, essas pessoas não tem renda. Como é que eles vão pagar R$ 600 reais por ano, de contribuição para a previdência se eles não tem renda?”, questiona o parlamentar.

Contra redução do BPC

Hildo Rocha também manifestou-se contrário à redução do Benefício de Prestação Continuada (BPC). O deputado ressaltou que o BPC não é um benefício previdenciário, é um benefício social que está previsto na Lei Orgânica da Assistência Social (LOAS) que assegura um salário mínimo mensal a pessoa com deficiência e idosos com 65 anos ou mais que comprovem não possuir meios de prover a própria manutenção, nem de tê-la provida por sua família. Para ter direito, é necessário que a renda por pessoa do grupo familiar seja menor que 1/4 do salário-mínimo vigente.

“Querem baixar para algo em torno de R$ 400 reais. Isso também é inconcebível. O BPC é apenas para quem não tem nenhuma outra fonte de renda que é pago 12 vezes ao ano, os beneficiários não tem direito décimo terceiro salário e nem gera direito a pensões. Não posso concordar com essa proposta. Aviso logo que para aprovar esse tipo de medida o governo não conte comigo. Posso até votar outros pontos da reforma, mas contra os trabalhadores rurais eu não fico”, afirmou Hildo Rocha.

Antônio Pereira destaca a importância do novo Socorrão de Imperatriz para a Região Tocantina


Em pronunciamento  feito da tribuna da Assembleia Legislativa na segunda-feira (11), o deputado Antônio Pereira destacou a importância do novo Hospital Socorrão da cidade de Imperatriz para milhares de pessoas residentes nos 42 municípios da próspera Região Tocantina. 

O democrata lembrou que participou da visita à área onde será construído o Socorrão, acompanhado dos secretários Clayton Noleto (SInfra); Carlos Lula (Saúde) e de oito vereadores, capitaneados pelo presidente da Câmara, Zé Carlos Pé de Pato. 

Antônio Pereira afirmou que a visita foi o pontapé inicial para a concretização do seu trabalho iniciado desde 2006, para atender uma necessidade premente da população da Região Tocantina. O hospital terá 400 leitos e atenderá urgência e emergência. 

SONHO DA POPULAÇÃO 

Em nome do povo da região, Antônio Pereira agradeceu ao governador Flávio Dino, pois entende que a visita dos dois secretários ao terreno de 62 mil metros quadrados onde será construído o Socorrão, foi decisão do chefe do Executivo Estadual. 

Para Antônio Pereira, a visita técnica oficializou a construção do hospital ao povo da Região Tocantina. “Por questão de tempo, o projeto do Hospital de Urgência e de Emergência de São Luís que será adaptado para o Socorrão de Imperatriz”, revelou. 

Por fim, Antônio Pereira apostou que no início de 2020, começa a construção do hospital, para atender a saúde pública e realizar sonho da população. “Os secretários Clayton Noleto, Carlos Lula e o povo também estão de parabéns”, concluiu. 



Bancada federal define ações em busca de recursos para o Maranhão



Durante reunião da bancada federal do Maranhão, coordenada pelo deputado Hildo Rocha, que ocorreu ontem em Brasília, os congressistas maranhenses debateram e decidiram acerca das próximas ações que serão colocadas em prática pela bancada com o objetivo de assegurar recursos para várias áreas das políticas públicas no Maranhão.


De acordo Hildo Rocha, se a bancada não trabalhar unida o e não houver engajamento dos parlamentares o Maranhão poderá perder milhões de reais. “No que diz respeito a destinação dos recursos das emendas impositivas de bancada houve decisão definitiva. Como consequência, hoje iremos nos reunir com o ministro da Saúde, Luís Henrique Mandetta, para discutir acerca do descontingenciamento dos recursos destinados à saúde pública do Maranhão”, explicou o deputado.


Rocha ressaltou que durante a reunião com o Ministro Mandetta os parlamentares irão fazer as indicações desses recursos. “Também iremos tratar com o Ministro sobre os recursos que foram destinados pela bancada para concluir o prédio anexo do Hospital Dutra onde funcionará os serviços de alta complexidade. Nesse anexo que está em construção serão atendidos pacientes com doenças cardíacas graves”, informou o parlamentar.

Teto financeiro para Média e Alta Complexidade

Outro tema que será debatido com o ministro da saúde é a questão do aumento de teto financeiro da Média e Alta Complexidade para municípios do Maranhão. As estratégias que serão utilizadas com o objetivo de assegurar recursos para a conclusão de prédios inacabados também foram tratadas no encontro.

Acordo Brasil/Estados Unidos

Os parlamentares discutiram também sobre o acordo entre os governos do Brasil e dos EUA que prevê o uso comercial do Centro de Lançamentos de Alcântara. O Tema será pauta de encontros que a bancada terá com dois ministérios que estão tratando do assunto, o da Relações Exteriores e o da Ciência e Tecnologia.

No encontro, foi definida a data da eleição do novo coordenador da bancada do Maranhão na Câmara, que atualmente é coordenada interinamente pelo deputado Hildo Rocha. A data da eleição ficou para o dia 26 de março.

Postagens mais antigas Página inicial

LG Contabilidade Pública

LG Contabilidade Pública

Clinica Santo André

Clinica Santo André
Crie seu próprio questionário de feedback de usuário

REGISTRO - 1608/MA

REGISTRO - 1608/MA

O amanhã é hoje

O amanhã é hoje

DISQUE DENÚNCIA - MIRANDA DO NORTE

DISQUE DENÚNCIA - MIRANDA DO NORTE

...

...

GCL - CONSTRUÇÕES

GCL - CONSTRUÇÕES

Fale Comigo

Nome

E-mail *

Mensagem *