quinta-feira, 15 de maio de 2014

Suspeito de estupro mata escrivã dentro de delegacia





Suspeito de abusar sexualmente das duas filhas menores, um homem, identificado como Francisco Alves Costa, 42 anos, que trabalhava como gari da prefeitura, foi intimado a se apresentar na Delegacia da Mulher para prestar depoimento.

No momento em que era ouvido pela escrivã Loane Maranhão da Silva Thé, 28 anos, o suspeito sacou de uma faca de cozinha e desferiu vários golpes contra a policial. Ao ouvir os gritos de socorro de Loane, a investigadora Marilena Moraes, correu para tentar impedir o crime e socorrer a vitima, e também foi esfaqueada pelo suspeito. Segundo informações, haviam cinco pessoas na Delegacia da Mulher no momento do crime.

Mesmo socorrida imediatamente e conduzida para o Hospital Geral do Município, a escrivã não resistiu as ferimentos e morreu ao dar entrada na casa de saúde, já a investigadora continua internada e não corre risco de morte, seu quadro de saúde é estável.



O crime aconteceu por volta do meio dia desta quinta-feira(15), dentro da Delegacia da Mulher, no centro da cidade de Caxias, município maranhense localizado a 360 quilômetros de São Luis.   

O acusado evadiu-se do local após praticar o crime, sendo preso minutos depois por policiais militares, próximo à rodoviária da cidade de Caxias. Segundo os policiais que efetuaram a prisão, o homem estava visivelmente transtornado, e falava palavras sem nexo no momento em que foi preso. Pessoas que dizem conhecer Francisco Costa, afirmam que ele sofre de problemas mentais.

Amigos da escrivã assassinada estão desolados, e afirmam que Loane Maranhão, era querida por todos além de ser uma profissional exemplar, educada e atenciosa.



Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Credibilidade é o nosso maior patrimônio

Nosso objetivo é fazer jornalismo com seriedade, produzindo conteúdo regional, sobre política, economia, sociedade e atualidade, na forma de opinião, editorial e criticas. Não usamos de artifícios como sensacionalismo, imagens apelativas, chocantes ou degradantes, tampouco textos, frases, ou palavras chulas para obter acessos.

Não somos o primeiro a divulgar a informação, mas somos quem apresenta o conteúdo checado, aprofundado e diferenciado. Aqui oferecemos aquele algo mais que ainda não foi dito, ou ainda não foi mostrado. Noticias qualquer um pode divulgam, mas com apuração e seriedade só aqui.

Comentários anônimos, ou que contenham, palavrões, pornografia, ataques pessoais, calúnias ou difamações não serão publicados.

Jornalista Abimael Costa

LG Contabilidade Pública

LG Contabilidade Pública

Clinica Santo André

Clinica Santo André