quinta-feira, 24 de setembro de 2015

Um dia para ser esquecido?






A cidade de Cantanhede completa hoje 53 anos de emancipação política. Por alguns dias, a população, especialmente os apreciadores de festas, acreditaram que a data seria comemorada com um show inesquecível. A expectativa foi estimulada pelo próprio prefeito. Num rompante típico de adolescentes deslumbrados, o gestor municipal gravou e compartilhou o anúncio de que pela primeira vez na história a cidade iria comemorar o aniversário com a apresentação da Banda Aviões do Forró.

Primeiro veio o deslumbre. Palmas, vivas, elogios, calorosos elogios. O prefeito foi ovacionado. Mas, depois do arrebatamento veio a decepção, a revolta, o vexame. Alegando dificuldades financeiras, o zeloso gestor público de Cantanhede decidiu cancelar a festa. Para evitar o fiasco total, o prefeito apelou para um artifício que costuma ser eficaz. Preparou um suculento churrasco regado a muita cerveja. A boa intenção, entretanto, críticas continuam pipocando nas redes sociais.

Pessoas maliciosas levantaram a hipótese de que os ingredientes da comilança teriam sido fornecidos à prefeitura por um estabelecimento instalado no antigo “Mangue Seco”, hoje mais conhecido como “Papódromo”, localizado em São Luis.

Pode até ser. Mas, a presença de uma ambulância de Cantanhede no estacionamento de um grande supermercado da capital serviu para desqualificar a tese de que o cervejão e o churrascão servidos no regabofe teriam sido adquiridos na choperia de algum amigão.

Outros, menos maliciosos, aqueles de coração mais aberto, logo se consternaram com o estado de penúria do município e passaram a ver virtudes na atitude do prefeito que, em nome da contenção de despesas, este ano não realizou a tradicional festa junina e, cancelou um show que alguns dizem que nunca chegou a ser contratado. Gente maldosa que vê na celeuma apenas uma jogada para criar a sensação de que o gestor teria agido com extrema responsabilidade ao cancelar a realização da festa.

A malícia daqueles enxergam apenas indícios de maracutaia e relevando-se a “ingenuidade” daqueles que só percebem bondades nos atos do prefeito conduzem-nos a um dilema. O dia 24 de setembro de 2015 é uma data para ficar eternizado na memória dos cantanhedenses ou um dia para ser esquecido?
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Credibilidade é o nosso maior patrimônio

Nosso objetivo é fazer jornalismo com seriedade, produzindo conteúdo regional, sobre política, economia, sociedade e atualidade, na forma de opinião, editorial e criticas. Não usamos de artifícios como sensacionalismo, imagens apelativas, chocantes ou degradantes, tampouco textos, frases, ou palavras chulas para obter acessos.

Não somos o primeiro a divulgar a informação, mas somos quem apresenta o conteúdo checado, aprofundado e diferenciado. Aqui oferecemos aquele algo mais que ainda não foi dito, ou ainda não foi mostrado. Noticias qualquer um pode divulgam, mas com apuração e seriedade só aqui.

Comentários anônimos, ou que contenham, palavrões, pornografia, ataques pessoais, calúnias ou difamações não serão publicados.

Jornalista Abimael Costa

LG Contabilidade Pública

LG Contabilidade Pública

Clinica Santo André

Clinica Santo André