Idade não é nada. Respeito é tudo!

Idade não é nada. Respeito é tudo!

domingo, 21 de maio de 2017

Em seis dias três mulheres foram assassinadas pelos maridos no MA



O machismo mata todos os dias -

Jessica, Andressa e Luziane são jovens mulheres, casadas e vitimas da crescente violência contra a mulher. As três foram mortas pelos maridos de forma cruel e covarde no últimos seis dias no interior do Maranhão.  A cultura do machismo e o sentimento de posse, que faz o homem imaginar que a mulher é sua propriedade e que por isso ele deve e pode fazer e dispor dela da forma que bem entender tem motivado o crescimento assustador de casos de feminicídio. 

Os números são alarmantes, a cada hora, 503 mulheres são vítimas de agressões físicas no Brasil, A pesquisa mostra que, entre as mulheres que sofreram violência, 52% se calaram. Apenas 11% procuraram uma delegacia da mulher e 13% preferiram o auxílio da família.

Ainda segundo a pesquisa, o agressor, na maior parte das vezes, é um conhecido (61% dos casos). Em 19% das vezes, eram companheiros atuais das vítimas e em 16% eram ex-companheiros. As agressões mais graves ocorreram dentro da casa das vítimas, em 43% dos casos, ante 39% nas ruas.

A violência contra a mulher esta visível, todo mundo percebe. Cerca de 66% dos brasileiros presenciaram uma mulher sendo agredida fisicamente ou verbalmente em 2016.

E, em vez de o cenário ter melhorado, a maioria dos brasileiros (73%) tem 
a sensação de que a violência contra a mulher aumentou ainda mais na última década. A maior parte das mulheres (76%) acreditam no mesmo.

Confira o infográfico da pesquisa, produzido pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública:




SAIBA DETALHES SOBRE OS TRÊS CASOS DE FEMINICÍDIO  


CASO 01 -Uma mulher foi morta a golpes de faca desferido pelo marido na manhã deste domingo (21), na cidade de Mata Roma. Após o crime o assassino atentou contra a própria vida, morrendo horas depois no hospital Hapa, em Chapadinha.


O homem identificado como Abimael Lopes de carvalho, 28 anos, não aceitava a separação e por conta disso teria assassinado Jessica e depois tirado a própria vida. O Crime abalou a pequena cidade de Mata Roma. 


CASO 02 - Na manhã de sábado (19), em Imperatriz, uma mulher de 22 anos foi morta a tiros. O autor do crime é o marido. Inconformado  com o fim do relacionamento de 5 anos o assassino continuou seguindo e ameaçando a ex mulher com quem tinha dois filhos. Ela chegou a prestar queixa na delegacia mas acabou sendo assassinada dentro da casa da avó.


Andressa Oliveira Araujo de 22 anos, foi morta pelo marido, Adriano Alves de Oliveira. O assassino foi a casa da vítima, com a desculpa de ver os filhos e ao entrar no imóvel, teria disparado dois tiros, que não acertaram Andressa. Porém, ela teria corrido e neste momento mais dois tiros foram disparados, acertando o peito da jovem. Mesmo caída, Adriano ainda teria atirado mais duas vezes, atingindo o rosto da vítima.


O assassino fugiu logo após a pratica do crime, mas foi capturado pela polícia  na manhã deste domingo (21), em Imperatriz.  



CASO 03 - Na segunda-feira (15), mais uma mulher foi morta de forma covarde e cruel, desta vez em São Benedito do Rio Preto. O autor do crime foi o marido da vítima, ele utilizou um facão e uma peça de ferro utilizada em motocicleta - bengala - para trucidar a esposa. A vitima sofria constantes agressões, a polícia já teria sido acionada varias vezes para atender ocorrência de denuncias de atos violentos praticados pelo marido. 


Luziane de Sousa Oliveira, de 29 anos foi atingida por Rafael Borges de Sousa, com golpes de barra de ferro e esfaqueada com o facão. O feminicídio ocorreu no início da tarde de segunda-feira (15), na residência do casal, - Travessa da Capela s/n Bairro Miguel Fernandes em São Benedito do Rio Preto. O assassino foi localizado e preso pela policia na noite da última terça-feira,(16)
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Credibilidade é o nosso maior patrimônio

Nosso objetivo é fazer jornalismo com seriedade, produzindo conteúdo regional, sobre política, economia, sociedade e atualidade, na forma de opinião, editorial e criticas. Não usamos de artifícios como sensacionalismo, imagens apelativas, chocantes ou degradantes, tampouco textos, frases, ou palavras chulas para obter acessos.

Não somos o primeiro a divulgar a informação, mas somos quem apresenta o conteúdo checado, aprofundado e diferenciado. Aqui oferecemos aquele algo mais que ainda não foi dito, ou ainda não foi mostrado. Noticias qualquer um pode divulgam, mas com apuração e seriedade só aqui.

Comentários anônimos, ou que contenham, palavrões, pornografia, ataques pessoais, calúnias ou difamações não serão publicados.

Jornalista Abimael Costa

Clinica Santo André

Clinica Santo André