terça-feira, 4 de agosto de 2015

Iniciadas as obras do sistema de esgotamento sanitário em Miranda do Norte




Obras de saneamento básico implantadas pela Prefeitura de Miranda do Norte garantem melhorias na saúde, bem estar e qualidade de vida da população 



Tornou-se realidade nesta segunda-feira (03), o sonho do prefeito Junior Lourenço de implantar um sistema de esgotamento sanitário e construir uma Estação de Tratamento de Esgoto na área urbana de Miranda do Norte. Este era um anseio antigo da população que foi realizado graças ao empenho e a determinação do prefeito Junior Lourenço, que colocou o saneamento básico do município  como prioridade de sua administração.

As obras de implantação do Sistema de Esgotamento Sanitário na área urbana de Miranda do Norte que iniciaram neste segunda-feira (13), estão sendo executadas pela CONSUPLAN através de um projeto da prefeitura municipal de Miranda do Norte em parceira com a Funasa - Fundação Nacional de Saúde. O prefeito Júnior Lourenço, em companhia do Assessor de gabinete, Eduardo Belfort - o Negão, e do secretário municipal de Infraestrutura, Ubiratan Miranda, acompanharam o inicio das obras no Bairro Novo.

Com a conclusão das obras Miranda do Norte saí da situação de zero por cento de esgoto sem tratamento para 100% de esgoto tratado na área urbana. Além de passar a fazer parte das estatísticas dos municípios que dispõem de esgotamento sanitário e rede de tratamento.

Miranda do Norte mais uma vez saí na frente, já que são poucos os municípios maranhenses que dispõem de sistema de esgotamento sanitário e de uma Estação de Tratamento de Esgoto. Segundo dados do Sistema Nacional de informações sobre Saneamento (SNIS) 2013, apenas 10,19% dos municípios maranhenses são atendidos por rede de tratamento de esgoto, e cerca de 5,85% dispõem de Estação de Tratamento. Ou seja, apenas 16,39% dos maranhenses, cerca de 1,11 milhão de pessoas tem acesso a esgotamento sanitário de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Na capital, São Luís, apenas 45,57% da população de 1.027.430 pessoas (468.199 indivíduos) são assistidas por rede de esgoto, segundo a ONG Trata Brasil.
Além dos benefícios diretos para o meio ambiente e a saúde pública, o sistema de esgotamento sanitário traz valorização, qualidade de vida e desenvolvimento para um município. As vantagens do investimento em tratamento de esgoto para a saúde pública são visíveis. 

Segundo Fundação Nacional de saúde, para cada R$1,00(um real) investido em saneamento, economiza–se R$ 4,00(quatro reais) em medicina curativa, considerando que instalação de rede de coleta e tratamento de esgoto reduzem de forma drástica os riscos de contaminação com inúmeras doenças, como: poliomelite, hepatite A, giardíase, disenteria amebiana, diarréia por vírus, febre tifóide, febre paratifóide, diarréias e disenterias bacterianas (como a cólera), ancilostomíase (amarelão), ascaridíase (lombriga), teníase, cisticercose, filariose (elefantíase), esquistossomose, entre outras, as doenças relacionadas à ausência de tratamento de esgoto afetam pessoas de todas as idades, mas as crianças são as mais prejudicadas com o problema. 

O esgoto é tão importante para melhorar o Índice de desenvolvimento Humano (IDH) que o sétimo dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (uma série de metas socioeconômicas que os países da ONU se comprometeram a atingir até 2015) é reduzir pela metade o número de pessoas sem rede de esgoto.

A ausência de coleta e tratamento de esgoto agravam os riscos de inúmeras doenças, como: poliomelite, hepatite A, giardíase, disenteria amebiana, diarréia por vírus, febre tifóide, febre paratifóide, diarréias e disenterias bacterianas (como a cólera), ancilostomíase (amarelão), ascaridíase (lombriga), teníase, cisticercose, filariose (elefantíase), esquistossomose, etc. As doenças relacionadas à ausência de tratamento de esgoto afetam pessoas de todas as idades, mas as crianças são as mais prejudicadas com o problema.


Texto: Abimael Costa - jornalista
           04/08/2015 



Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Credibilidade é o nosso maior patrimônio

Nosso objetivo é fazer jornalismo com seriedade, produzindo conteúdo regional, sobre política, economia, sociedade e atualidade, na forma de opinião, editorial e criticas. Não usamos de artifícios como sensacionalismo, imagens apelativas, chocantes ou degradantes, tampouco textos, frases, ou palavras chulas para obter acessos.

Não somos o primeiro a divulgar a informação, mas somos quem apresenta o conteúdo checado, aprofundado e diferenciado. Aqui oferecemos aquele algo mais que ainda não foi dito, ou ainda não foi mostrado. Noticias qualquer um pode divulgam, mas com apuração e seriedade só aqui.

Comentários anônimos, ou que contenham, palavrões, pornografia, ataques pessoais, calúnias ou difamações não serão publicados.

Jornalista Abimael Costa

LG Contabilidade Pública

LG Contabilidade Pública

Clinica Santo André

Clinica Santo André