quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Ao contrário de Miranda, em Carutapera justiça obriga Estado a reestruturar segurança




Os municípios de Carutapera e Luís Domingues juntos somam uma população de cerca de 30 mil habitantes segundo dados do IBGE. Já Miranda do Norte tem 28.456 habitantes, conforme o mesmo IBGE. Os municípios tem em comum, além do numero de habitantes, graves problemas de segurança publica provocados por falta de estrutura básica que confirmam a ausência do Estado.


Tanto lá como cá, falta efetivo, viaturas, estrutura física e armamento para combater a criminalidade, porém diferente de Miranda do Norte, onde representantes do Executivo e Legislativo municipal, muito bem intencionados se esforçam e peregrinam em vão, em busca de uma solução para o problema, participando de reuniões e mais reuniões com representantes das forças de segurança, que infelizmente até hoje nenhum resultado prático trouxeram para o município, já que o acordado e prometido quase nunca é cumprido.

Em Carutapera e Luís domingues o Ministério Público do Maranhão - MPMA - comprou a briga e entrou no caso, ajuizando Ação Civil Pública (ACP) contra o Estado exigindo a imediata reestruturação da segurança pública nos municípios. 

Na avaliação do promotor de justiça Luciano Canavarro, a deficiência na estrutura disponibilizada pela Secretaria de Estado de Segurança Pública para as duas cidades contribui para a impunidade, pois a grande maioria dos crimes não são elucidados e em alguns povoados os crimes sequer chegam ao conhecimento das autoridades policiais ou do Ministério Público.

“Impotente, a Polícia Civil tem sobrevivido mediante ajudas informais dos Poderes Públicos Municipais, dos empresários e demais cidadãos de bem assombrados com a quase completa ausência do Estado e presença, cada vez maior, do crime organizado”, afirmou, na ação, o membro do MPMA.

No início do mês, o Poder Judiciário atendeu à Ação Civil Pública (ACP) ajuizada pelo Ministério Público, e determinou que o Estado do Maranhão disponibilize veículos e policiais militares e civis para atender as cidades de Carutapera e Luís Domingues, além de reformar e aparelhar as delegacias dos dois municípios. 

A decisão determina a designação, em Carutapera, de oito novos policiais militares, um delegado de polícia titular, quatro agentes da Polícia Civil e dois escrivães. No mesmo sentido, devem ser designados seis policiais militares, um delegado titular, um agente e um escrivão para trabalhar em Luis Domingues.

Também deve ser implantado serviço de 190 para os municípios e de comunicação para a Polícia Civil e Militar, por meio de rádio ou aparelho similar. A Justiça determinou, ainda, que sejam disponibilizadas duas viaturas e uma motocicleta para a Polícia Militar de cada uma das cidades, incluindo o fornecimento de combustível para os veículos.

Foi determinado que sejam mantidos o regular funcionamento de plantões da Polícia Civil nos dois municípios, 24 horas por dia, incluindo sábados, domingos e feriados.

Em relação à existência de carceragem nas delegacias, devem ser realizadas reformas estruturais a fim de deixar os imóveis com condições de funcionamento.

Todas as obrigações devem ser cumpridas no prazo máximo de 120 dias. Foi fixada multa diária de R$ 5 mil, em caso de descumprimento, com o limite máximo de R$ 500 mil.

Quem dera que Miranda do Norte tivesse a mesma sorte, e o Ministério Público e o Judiciário intervissem a favor da população condenando o Estado a solucionar este grave problema que vem se arrastando anos a fio.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Credibilidade é o nosso maior patrimônio

Nosso objetivo é fazer jornalismo com seriedade, produzindo conteúdo regional, sobre política, economia, sociedade e atualidade, na forma de opinião, editorial e criticas. Não usamos de artifícios como sensacionalismo, imagens apelativas, chocantes ou degradantes, tampouco textos, frases, ou palavras chulas para obter acessos.

Não somos o primeiro a divulgar a informação, mas somos quem apresenta o conteúdo checado, aprofundado e diferenciado. Aqui oferecemos aquele algo mais que ainda não foi dito, ou ainda não foi mostrado. Noticias qualquer um pode divulgam, mas com apuração e seriedade só aqui.

Comentários anônimos, ou que contenham, palavrões, pornografia, ataques pessoais, calúnias ou difamações não serão publicados.

Jornalista Abimael Costa

LG Contabilidade Pública

LG Contabilidade Pública

Clinica Santo André

Clinica Santo André