quarta-feira, 16 de abril de 2014

Criança de nove anos executada com três tiros de pistola em São Luis






Uma menina de apenas nove anos de idade, sai de casa por volta das 16h00 desta terça-feira (15), para ir até a padaria que fica próxima de sua casa comprar pães, ela mora na Vila Cruzado, periferia de São Luis, cidade com mais de um milhão de habitantes, capital do estado do Maranhão e a 15ª cidade mais violenta do mundo segundo Levantamento do Escritório da ONU de Crimes e Drogas (UNODC).

Ela não sabe, mais infelizmente não vai voltar com vida para casa. Inocente, caminha feliz pelas ruelas da Vila Cruzado, de repente, sua trajetória é interrompida de forma covarde, brutal e desumana.

Três tiros de pistola ponto 40 (arma de uso exclusivo das forças policiais) atingem o frágil corpo da pequena Jandyara da Silva Sá, o impacto dos projeteis lançam a criança ao solo, onde cai ensanguentada e desfalecida. Agonizando Jandyara é socorrida e levada a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro do Vinhais, onde chega sem vida.

Os Sonhos, fantasias, desejos e esperanças da pequena Jandyara da Silva Sá, foram interrompidos de modo cruel e incompressível. A família impotente, desnorteada e atônita, chora a perda irreparável. 

Segundo informações de populares, os tiros que mataram Jandyara, foram disparados por ocupantes de um veículo modelo Corsa de cor preto, o alvo dos atiradores seria um jovem morador do bairro, identificado como Felipe Ribeiro. Suspeita-se que a ação tenha sido comandada por integrantes de uma facção criminosa que domina o tráfico de drogas na região.

Após a confirmação da morte da criança, jornais, rádios, emissoras de TV, blogues e portais de noticias passaram a enfatizar o crime hediondo, muitas criticas e protestos de populares que comovidos comentam e condenam o ato de barbárie. 

Infelizmente, os protestos, críticas e sentimentos de pêsames e de pesar da maioria das pessoas, são apenas gestos mentirosos e hipócritas que não contribuem em nada para solucionar o problema e evitar que crianças, adolescentes e jovens inocentes continuem sendo exterminados de forma covarde e violenta por bandidos, delinquentes e marginais.

Jandyara da Silva Sá, passará a ser apenas mais um numero nas estatistas de violência do estado e da cidade, mais uma manchete e uma reportagem para os jornalistas, dentro de alguns dias ou horas, surgirá um novo caso e Jandyra cairá no esquecimento, tudo voltará a ser como antes, com se nada tivesse acontecido, afinal a sociedade cada dia maus individualista e egoísta segue anestesiada e dopada diante da violência e do sofrimento do próximo. 

A secretaria de Segurança do estado divulgou nota sobre o caso: 

Polícia investiga morte de menina no Vicente Fialho


Equipes da Delegacia de Homicídios e do 7º Distrito Policial (Turu) estão em diligências a fim de colher informações que levem a identificação dos envolvidos no homicídio que vitimou a criança Jandiara da Silva Sá, de 9 anos, fato ocorrido na noite da última terça-feira (15).

Segundo informações policiais, a menina foi vítima de uma bala perdida no bairro Vicente Fialho. O crime ocorreu na Rua São João, próximo à Igreja Católica. A menina chegou a ser socorrida e encaminhada a Unidade de Pronto-Atendimento do Vinhais, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu na unidade hospitalar.

No tiroteio, uma segunda vítima, identificada como Ediomar Pereira Costa, de 54 anos, também foi alvejada, mas está fora de perigo.

De acordo com informações do Centro Integrado de Operações de Segurança (CIOPS), dois homens em um veículo Corsa Classic, de cor prata teriam ido ao bairro procurar um traficante.

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Credibilidade é o nosso maior patrimônio

Nosso objetivo é fazer jornalismo com seriedade, produzindo conteúdo regional, sobre política, economia, sociedade e atualidade, na forma de opinião, editorial e criticas. Não usamos de artifícios como sensacionalismo, imagens apelativas, chocantes ou degradantes, tampouco textos, frases, ou palavras chulas para obter acessos.

Não somos o primeiro a divulgar a informação, mas somos quem apresenta o conteúdo checado, aprofundado e diferenciado. Aqui oferecemos aquele algo mais que ainda não foi dito, ou ainda não foi mostrado. Noticias qualquer um pode divulgam, mas com apuração e seriedade só aqui.

Comentários anônimos, ou que contenham, palavrões, pornografia, ataques pessoais, calúnias ou difamações não serão publicados.

Jornalista Abimael Costa

LG Contabilidade Pública

LG Contabilidade Pública

Clinica Santo André

Clinica Santo André