sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

DUAS MULHERES ASSASSINADAS COVARDEMENTE EM SANTA INÊS


Duas mulheres foram mortas de forma violenta em Santa Inês nesta sexta-feira (06)
Josilene Silva Viana                    /         Wildes do Nascimento Oliveira











É preocupante o aumento dos casos de violência contra mulheres no Maranhão, principalmente no interior do estado. Em 10 dias quatro mulheres foram mortas em Santa Inês, só nesta sexta, duas mulheres foram assassinadas de forma covarde, as autoridades precisam tomar medidas enérgicas para garantir a segurança nos lares maranhenses. 

Por volta do meio dia, Wildes do Nascimento Oliveira, funcionária de uma empresa  terceirizada que presta serviço para a Vale, foi morta a tiros na rua do Sol esquina com a rua do Comércio, no centro da cidade.

Segundo informações, a vitima estava em um veiculo na companhia de dois homens e se dirigia a uma agência bancaria da cidade para efetuar um depósito, ao parar no sinal do cruzamento da Rua do Sol com a Rua do Comercio foi abordada por dois homens em uma moto que anunciaram o assalto, a mulher teria resistido a entregar a bolsa onde estava o dinheiro, fato que teria levado um dos marginais a desferir vários tiros contra Wildes.

Os bandidos usavam capacetes e conseguiram levar o dinheiro, eles fugiram na contra mão e até o momento ainda não foram identificados. A vitima foi socorrida e chegou sem vida ao hospital municipal da cidade.

No outro caso, Josilene Silva Viana de 33 anos, foi assassinadas de forma covarde e brutal na tarde desta sexta-feira (06), no bairro Sabbak em Santa Inês. Josilene foi morta a facadas pelo ex-marido, de quem estava separada a cerca de uma semana.

Depois da separação, a vitima teria mudado com os filhos para a casa da mãe, segundo informações, o assassino teria ligado para a ex-mulher e marcado um encontro na casa onde moravam, ao chegar no local, Josilene foi morta com golpes de faca. Após cometer o crime, o acusado permaneceu no local até a chegada da Polícia.

AUMENTA OS CASOS DE VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER EM SANTA INÊS

No dia 29 de janeiro, um homem identificado como Paulo José Gonçalves Filho, de 34 anos, matou a ex-mulher Maria Antonia Lago dos Santos, de 39 anos. A vitima foi morta com  marteladas e 27 perfurações de arma branca. O casal teria vivido junto durante 15 anos e estavam separados a alguns meses. O acusado foi preso em flagrante.

Por volta das 13h de segunda-feira, 02 de fevereiro, a professora Antônia Natana Araújo Nunes, morreu atropelada por uma carreta quando desembarcava de um carro de lotação as margens da BR-316.



Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Credibilidade é o nosso maior patrimônio

Nosso objetivo é fazer jornalismo com seriedade, produzindo conteúdo regional, sobre política, economia, sociedade e atualidade, na forma de opinião, editorial e criticas. Não usamos de artifícios como sensacionalismo, imagens apelativas, chocantes ou degradantes, tampouco textos, frases, ou palavras chulas para obter acessos.

Não somos o primeiro a divulgar a informação, mas somos quem apresenta o conteúdo checado, aprofundado e diferenciado. Aqui oferecemos aquele algo mais que ainda não foi dito, ou ainda não foi mostrado. Noticias qualquer um pode divulgam, mas com apuração e seriedade só aqui.

Comentários anônimos, ou que contenham, palavrões, pornografia, ataques pessoais, calúnias ou difamações não serão publicados.

Jornalista Abimael Costa

LG Contabilidade Pública

LG Contabilidade Pública

Clinica Santo André

Clinica Santo André