terça-feira, 18 de julho de 2017

Miranda do Norte festeja a volta de Negão e Gilberto



Localizado no entroncamento das BRs 135 e 222, o jovem  município de Miranda do Norte, distante 125 quilômetros de São Luís, e com um população estimada em 28 mil habitantes, faz festa para receber prefeito e vice-prefeito reconduzidos ao cargo.      


O Tribunal Regional Eleitoral - TRE - reformou nesta terça-feira (18), sentença de 1ª instância, da juíza titular da 16ª zona eleitoral, tornando sem efeito decisão que cassava os diplomas de Carlos Eduardo Fonseca Belfort e Joubert Sérgio Marques de Assis, eleitos em 2016 para os cargos de prefeito e vice-prefeito de Miranda do Norte.

Com a medida, prefeito e vice reassumem os cargos imediatamente, restabelecendo assim a normalidade jurídica e administrativa ao município. A decisão põem fim ao clima de tensão e instabilidade que dominou a cidade desde a última quarta-feira (12), quando a sentença foi proferida. ENTENDA O CASO. 


Nestes sete dias a oposição tentou a todo custo criar fatos políticos novos, com o objetivo de sufocar e constranger aliados, correligionários e simpatizantes do grupo político atingido pela decisão. Usando de estratégias retrógradas e nada convencionais, os opositores viram suas ações fracassarem e descambarem para o anedotário nacional, ou seja viraram alvo de piadas e memes. SAIBA MAIS.

O episódio que sacudiu as estruturas políticas da cidade, fez vencidos e vencedores, deixou marcas e trouxe constrangimentos para alguns. 

Merece destaque o papel de protagonista desempenhado pela Câmara Municipal ao cumprir a decisão judicial, e não se deixar levar pelo canto da sereia que prega o golpe e a sede pelo poder a qualquer custo, nem se curvar a pressões externas e interesseiras de aventureiros, além de fazer ouvido de mercador aos insultos e agressões gratuitas desferidas por aqueles que tiveram seus interesses contrariados.    

A serenidade e a postura republicana adotada pelo prefeito Eduardo Belfort e pelo vice Joubert Sergio, que receberam com naturalidade a decisão judicial. Mesmo convictos de que os fatos seriam esclarecidos e a verdade restabelecida, recomendaram a todos que mantivessem a calma e a prudencia e aguardassem a manifestação da corte superior.


O grupo de oposição pisou feio na bola, quando tentou tomar o poder na marra, manipulando o vereador Bastita e protagonizando um patético e triste espetáculo, quando atacou de forma gratuita os vereadores, a imprensa, as lideranças políticas e o poder judiciário tentando colocar a opinião publica contra todos, para então se constituir como juiz isento e beneficiado da causa. O tiro saiu pela culatra, a farsa foi descoberta.  Resumindo, saíram do caso menores do que entraram. 

Não poderia deixar de citar aqueles que ao menor balanço do barco, desembarcam, e com uma facilidade espantosa se juntam ao inimigo. Alguns se revelaram neste rapido episódio.
           
Por fim, a cidade está em festa, é mais que merecida a comemoração popular que celebra a recondução do prefeito e vice ao cargo. A PAZ venceu o ÓDIO, e a VERDADE prevaleceu mais uma vez.                              

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Credibilidade é o nosso maior patrimônio

Nosso objetivo é fazer jornalismo com seriedade, produzindo conteúdo regional, sobre política, economia, sociedade e atualidade, na forma de opinião, editorial e criticas. Não usamos de artifícios como sensacionalismo, imagens apelativas, chocantes ou degradantes, tampouco textos, frases, ou palavras chulas para obter acessos.

Não somos o primeiro a divulgar a informação, mas somos quem apresenta o conteúdo checado, aprofundado e diferenciado. Aqui oferecemos aquele algo mais que ainda não foi dito, ou ainda não foi mostrado. Noticias qualquer um pode divulgam, mas com apuração e seriedade só aqui.

Comentários anônimos, ou que contenham, palavrões, pornografia, ataques pessoais, calúnias ou difamações não serão publicados.

Jornalista Abimael Costa

Clinica Santo André

Clinica Santo André