INSCREVA-SE JÁ

Clinica Santo André

Clinica Santo André

segunda-feira, 27 de junho de 2016

Hildo Rocha obtém primeira colocação no observatório da CNM



A Confederação Nacional de Municípios (CNM) criou critérios para identificar e classificar o desempenho dos deputados federais e senadores que atuam em defesa dos municípios brasileiros. A iniciativa, denominada Observatório Político, é realizada por meio de parâmetros que levam em consideração: as votações de proposições de alta relevância para os Municípios; as ações realizadas pelo parlamentar que impactem, de forma positiva ou negativa na vida dos municípios, o andamento ou o resultado dessas votações. Os critérios metodológicos adotados são de natureza quantitativa e são baseados exclusivamente na atuação dos Parlamentares no Congresso.

Primeiro no ranking

De acordo com notícia publicada no portal da CNM, o deputado federal maranhense, Hildo Rocha foi o parlamentar que obteve a maior pontuação. Os dados de votação utilizados neste observatório são extraídos do Portal do Congresso Nacional, nos sites da Câmara dos Deputados e do Senado Federal.

O perfil tem por base fontes de domínio público, inclusive oficial, como o Repertório Biográfico publicado pela Câmara e o Senado. As informações sobre bases eleitorais e votações foram fornecidas pelo Tribunal Superior Eleitoral TSE.

Esta é a segunda vez que a Confederação Nacional de Municípios (CNM) destaca a atuação do deputado federal Hildo Rocha. Em outubro do ano passado a entidade entregou um certificado de Destaque Parlamentar em reconhecimento à atuação do congressista maranhense em defesa dos municípios brasileiros.

sexta-feira, 24 de junho de 2016

Oposição perde mais uma: PSD decide manter apoio ao pré-candidato Júnior Negão em Miranda do Norte


O tiro saiu pela culatra. A desastrosa tentativa de mudar o posicionamento do PSD, levando o partido para a oposição em Miranda do Norte mesmo sem ter o apoio dos filiados, dos pré-candidatos e do diretório estadual do partido foi definitivamente abortada na tarde desta sexta-feira.

Uma jogada de amador, ou digamos de principiante não tinha como surtir efeito, afinal não é preciso ser muito inteligente para saber que é impossível retirar o apoio de uma coligação apenas pelo capricho, vontade própria ou interesses pessoais de um ou dois indivíduos. A decisão arbitraria, autoritária e ditatorial não poderia ter outro desfecho a não ser o fracasso total.


Pois bem, nesta sexta-feira (24), o Presidente estadual do PSD, Claúdio Trinchão, esteve em Miranda do Norte onde presidiu reunião  que contou com a presença do prefeito Júnior Lourenço (PSDB), de Allana Abreu, esposa do pré-candidato Junior Negão (PSDB), dos pré-candidatos a vereador filados ao PSD e de filiados do Partido Social Democrático. 

Na oportunidade Cláudio Trinchão determinou e acompanhou a eleição de uma comissão provisória que deve comandar o diretório do partido em Miranda do Norte durante o ano de 2016. Vale ressaltar que por unanimidade e por aclamação os filiados ao PSD em Miranda do Norte decidiram que o partido deve permanecer na base de apoio a pré-candidatura de Junior Negão (PSDB). 

Trinchão reafirmou de forma enfática que o PSD respeita a decisão soberana e democrática dos filiados e marcha junto com Junior  Lourenço (PSDB) apoiando o melhor projeto político para Miranda do Norte que é o pré-candidato Junior Negão  (PSDB).


O primeiro São João maranhense


Por: Antonio Noberto

  *Antonio Noberto
Quem vê a alegria e a riqueza do São João do Maranhão dos dias atuais, não imagina o quanto foi diferente da primeira vez que os maranhenses se manifestaram e se apresentaram para o mundo no dia de São João, fato ocorrido no dia 24 de junho de 1613, em Paris. O período junino é uma herança que nos orgulha e enche os nossos olhos, além de um convite ao visitante para ver de perto as manifestações, o colorido das indumentárias, a alegria contagiante e a degustação de uma das mais ricas culinárias. A diversidade de ritmos, sotaques e sons do bumba-meu-boi; as danças e a percussão do tambor de crioula, recentemente contemplado como patrimônio cultural imaterial brasileiro; o cacuriá; as quadrilhas; a dança do Coco; a dança do Lelê e várias outras revelam a diversidade e a riqueza cultural deste estado que já foi pioneiro, muito empreendedor e, consequentemente, um dos cinco mais ricos e importantes do Brasil nos anos mil e oitocentos. O primeiro São João maranhense não teve a marca da irreverência das manifestações populares atuais, mas a pompa do luxo e da homenagem à realeza. Isso aconteceu quando os tupinambás do Maranhão foram enviados à corte francesa por Daniel de La Touche e conduzidos pelo Lugar Tenente-General Francisco de Razilly, primo do futuro cardeal de Richelieu e pelos frades capuchinhos. A cerimônia aconteceu no dia de São João de 1613 no então Palácio do Louvre, hoje o maior museu do mundo.

Os anais dos antecedentes daquele memorável cenário nos mostram uma colônia recém iniciada no Maranhão, que precisava do apoio da coroa francesa para se manter viva e cumprir os objetivos propostos pelas lideranças. Para conseguir os resultados era preciso demonstração do que por aqui se passava, e isto demandava mais do que palavras e documentos, era preciso mostrar à corte a evolução da colônia no norte do Brasil e celebrar definitivamente o pacto da aliança franco-maranhense. Os chefes da colônia conheciam muito bem a máxima do marketing: uma imagem vale mais que mil palavras. E eles o fizeram com maestria. Levaram um nativo de cada região da França Equinocial, que começava no Ceará e se estendia até o Pará. Dos sete índios que foram levados à França três morreram, provavelmente, vítimas do frio boreal e de infecção pulmonar. São eles Caripira (entre 60 e 70 anos de idade) era da nação dos Tabajaras vindos da Serra Grande. Respeitado guerreiro, venceu mais de 20 batalhas. Viajou à França recomendado pelos seus pares de Uçaguaba (atual Vinhais Velho). Recebeu o nome cristão de François (Francisco). Foi o primeiro dos três índios a morrer em solo gaulês e foi enterrado no convento dos Capuchinhos, em Paris. Patuá (15 a 16 anos), originário da Ilha Grande, onde seu pai era um dos principais. Adoeceu no mesmo dia da morte de Caripira. Faleceu após 8 dias de febre. Batizado Jacques (Tiago) por pedido do Senhor Du Perron. Faleceu no dia 06 de maio de 1613. Manén (20 a 22 anos). Natural da “terra dos Cabelos Compridos – vizinha do Amazonas – que habitavam a oeste, ao longo de um bonito rio chamado Pará”. Recebeu nome de batismo de Anthoine (Antonio), por sugestão do senhor Beauvais Nangis. Outros três tiveram melhor sorte, pois além de sobreviverem e participarem da solenidade do dia de São João prestando honras ao rei menino Luís XIII e à rainha regente, receberam vestes e presentes reais, casaram-se com mulheres francesas e retornaram com toda pompa ao Maranhão. Eles foram batizados com nomes franceses e receberam o nome do rei, Luís. Itapucu “Barra de ferro” (38 anos, aproximadamente). Natural da Ibiapaba. O pai dele era o principal de Caietê. A partir da viagem exploratória de Daniel de La Touche às Guianas, em 1604, passou a viver como um verdadeiro aventureiro francês, cruzando o Atlântico várias vezes em direção à Europa. Itapucu fez brilhante discurso diante do rei Luís XIII, quando do imortalizado evento do dia 24 de junho. Segundo Abbeville, este nativo era um dos “melhores instrumentos na conversão dos seus semelhantes”. Recebeu o nome cristão de Louis Marie. Uaroio (22 anos). Natural do Mucuripe (hoje Fortaleza), onde o pai Uirao Pinobonich “Pássaro azul sem penas na cabeça” era o principal de sua aldeia. Tinha a pele mais clara que os demais índios, de rosto “mais parecido ao de um francês do que ao de um selvagem”. Recebeu o nome cristão de Louis Henri. Japuaí (perto de 22 anos). Natural da Ilha Grande. Filho de Tangará “Casca de Ostra”. Foi batizado com o nome cristão de Luís de São João, por ter sido batizado no dia 24, dia de São João. Um quarto índio, um tapuia chamado Pirauauá (Luís Francisco), de 12 anos, escravo dos tupinambás da Ilha Grande, ficou na França “empregado nos serviços do rei”.

A partida da Ilha Grande aconteceu no dia 1º de dezembro de 1612. La Touche e o frei Arsênio de Paris acompanharam a embarcação que levava os tupinambás até o dia 8, quando retornaram para São Luís após despedidas, lágrimas e um tiro de canhão disparado pela embarcação da missão, que chegou em Paris no dia 12 de abril de 1613 e logo eternizada pelo famoso poeta Francisco de Malherbe. Era tão grande a multidão querendo ver os nativos que os padres tiveram que fechar as portas do convento. Segundo o padre Claudio de Abbeville “moveu-se toda a cidade de Paris, mostrando-se todos contentes”, afluindo para o convento franciscano da Rua de Santo Honorato. Vinha gente distante vinte léguas para ver e participar daquele momento onde os nativos da nova colônia francesa no Brasil se tornaram a grande novidade. Depois disto o senhor de Razilly os conduziu ao Louvre para a grande cerimônia. A seleção de convidados foi rigorosa a ponto de muitas pessoas importantes da corte francesa terem sido impedidas de participar. O cenário majestoso e bem iluminado do salão real, o teto alto, as paredes com toda sorte de quadros e gravuras francesas, flamencas, italianas, os móveis, as louças, os enfeites, e uma turba de cortesãos e curiosos, tudo isso não chegou a intimidar o trio nativo. O mais fluente deles, Itapocu, em nome dos maranhenses, proferiu ao rei um belo discurso que a todos encantou. A cena do batismo passou para a história imortalizada pelas mãos de Frans Pourbus - o Jovem, de Antuérpia, um dos maiores pintores da Europa daquele início de século.

A primeira comemoração de São João por maranhenses pode não ter sido uma festa popular nos moldes atuais, mas sem dúvida não poderia ter sido mais deslumbrante e majestosa. Muito provavelmente nenhum outro fato na história francesa tenha tido tanto protagonismo e badalação de maranhenses quanto o que ocorreu naquele 24 de junho de 1613. Ao menos, foi o evento mais documentado e imortalizado de todos os tempos. Apenas no século dezenove é que soprariam os bons ventos da terra das palmeiras, com Gonçalves Dias e outros escritores e poetas. 

Seguir o exemplo de outras gerações de maranhenses, que desprendidas de xenofobias e preconceitos, com um norte definido e sempre olhando para o progresso, souberam produzir e fazer do Maranhão e, principalmente da sua capital, um lugar destacado e empreendedor, onde a riqueza, o conhecimento e a civilidade coexistiam e se congraçavam, esse parece ser um dos nossos grandes desafios.

*Turismólogo e membro-fundador da Academia Ludovicense de Letras - ALL

quinta-feira, 23 de junho de 2016

A revolta contra o crime de vilipendio de cadáver e a reação da mídia






Não é de hoje que jornais impressos, telejornais e portais de noticias tradicionais e influentes, alguns com décadas de historia no jornalismo e com alto poder econômico e político publicam e veiculam imagens de corpos vitimas de acidentes, assassinatos e suicídios, indiferentes a causa da morte, tais veículos preocupam se apenas com a tiragem, audiência ou números de acessos.  

Tal pratica sempre foi criticada e combatida, porém nos últimos anos vem crescendo o numero de pessoas indignadas que passaram a repudiar e  criticar o ato considerado por muitos como crime de vilipendio de cadáver tipificado no artigo 212 do Código Penal Brasileiro.

Com o advento dos blogues e a popularização das redes sociais este tipo de ação tornou-se uma febre, a divulgação e compartilhamento deste tipo de imagens proliferaram de forma assustadora e incontrolável, o que claro, fez aumentar também as criticas e protestos contra quem age  de tal forma.

Nesta quarta-feira ( 22), a divulgação das imagens do corpo de uma jovem que caiu da torre de um edifício residencial em São Luís e a forma como foi noticiada a morte da garota causou imediata reação entre professores de jornalismo, jornalistas, radialistas e blogueiros.


As criticas se avolumaram e tomaram conta das redes sociais, a forte manifestação resultou em duas notas de repúdio assinadas por dezenas de profissionais de imprensa e vários textos publicados em blogues e outras redes sociais condenando a divulgação das imagens. Por outro lado houve quem questionasse e criticasse as notas, textos e manifestações de protesto, outros preferiram usar os blogueiros com bode expiatório e teve até quem usou o caso para ofender e atacar os blogueiros.   


A crackosfera reagiu à conclamação feita por muitos colegas comunicadores à reflexão sobre a necessidade de se elevar padrão ético.Que coisa




Reproduzimos abaixo alguns textos sobre o caso




Jacqueline Heluy



Parem, nobres colegas!


Parem por apenas dois, cinco, dez segundos antes de postar em seus blogs, sites, páginas ou seja lá o que for, imagens de pessoas mortas, qualquer que seja a circunstância. 

Parem e pensem que o que está ali naquele chão, inerte e desfigurado, não é apenas um corpo sem dono. É um ser que, mesmo sem vida, é humano.

Pensem na dor dos que choram essa partida.

Pensem no sofrimento da mãe que gestou, pariu, amamentou, acalentou, adormeceu, acariciou...e que agora sofre.

Pensem que neste momento a única vontade desta mãe é querer recolher a filha do chão, na tentativa de empurrá-la de volta ao seu ventre, a fim de protegê-la de tudo e de todos, inclusive dos ‘abutres’ que tentam alimentar-se de sua morte.

Mas, se não quiserem dar um basta nessa prática odienta (e sei que não vão), pelo menos tenham consciência de que um dia pode ser um dos seus filhos estendido no chão. E tenham a certeza que assim como vocês fizeram, outros 'abutres' também não vos pouparão!

Lissandra Leite

Semana passada, a querida XXXXX me chamou por inbox pra conversar. Ela estava incomodada com a profusão de fotos de pessoas vítimas de mortes violentas nos blogs da cidade. Naqueles dia, uma em especial nos chocou: a de um menininho atropelado. Conversamos sobre a possibilidade de puxarmos um debate público sobre o tema, tentando evitar que mais famílias fossem desrespeitadas por essa prática que a XXX chamou de "sem noção, irresponsável".

Não tivemos tempo, não é minha amiga? 

Hoje, quando a XXXX, filha da XXXX, nos deixou, mais uma vez os absurdos se repetiram em blogs que se dizem jornalísticos e nas timelines das redes sociais... 

Meus amigos, chega disso! Respeitem a dor alheia, seja de quem for! Não chegaremos a lugar nenhum, como sociedade, se não conseguirmos nos colocar no lugar do outro. Chega de publicar essas fotos dolorosas. Chega de compartilhar essas imagens. 

Isso NÃO é liberdade de expressão, isso NÃO é informação. Isso é desrespeito e falta de humanidade. 

Hoje, todo nosso amor vai pra XXXXX. Tudo o que podemos fazer é isso: abraça-la, acolhê-la, mesmo sabendo como é limitada nossa capacidade de ajudar, diante de tanta dor. Mas, aproveitando a solidariedade que aflorou entre os colegas jornalistas, peço algo mais: uma reflexão ética sobre nossas práticas. Uma mudança real.

Roberta Gomes
É claro e nítido que aqui no Maranhão o tal jornalismo feito em blogs está longe de ser JORNALISMO. Não existe padrão de emissoras para não divulgar suicídios.Desde que comecei a estudar Jornalismo sempre soube que existe um PADRÃO JORNALÍSTICO de que não divulgamos suicídio em nenhuma circunstância. 

Mas o que estamos vendo é um total descompromisso, não apenas com o jornalismo (muitos não são e os que são estão esquecendo do que aprenderam), mas com a vida, com o sentimento do outro, com a humanidade. 
Além de noticiar, estampar fotos. É absurdo, enojante, desrespeitoso no mais alto grau. 

São ações como esta que deixa às claras: não há compromisso com o fazer jornalístico, não há compromisso com a função social que o jornalismo deve ter, não há compromisso com nada.

Portanto, como dar credibilidade a páginas, sites, blogs (como quiserem chamar) que prestam um desserviço à sociedade e que não têm qualquer sinal de respeito por ninguém?!

De há muito queria externar meu descontento, para ser mais branda, com esse tipo de prática, pautada na irresponsabilidade. 

Hoje, especificamente hoje, quando temos uma situação delicada que envolve uma colega jornalista, temos mais exemplos dessa falta de humanidade e desrespeito. E não venham dizer que se soubessem que era jornalista, não teriam feito, porque o mesmo deveria ocorrer com qualquer pessoa, sendo jornalista ou não.

Infelizmente, alimenta-se em um mundinho de muito dinheiro e poder esse círculo vicioso. E assim vemos o nosso jornalismo agonizar, muitas vezes morrendo, muitas vezes suicidando-se.


O crime de vilipendio de cadáver 

Eliziane Gama participa de roda de conversa com moradores da Região da Cidade Operária




A deputada federal Eliziane Gama (PPS), pré-candidata a prefeita de São Luis, participa nesta sexta-feira (24), a partir das 18h de roda de conversa com moradores da região da Cidade Operária. O evento acontece na Casa de Eventos, próximo ao Viva.

A ação realizada pelo PPS faz parte do Programa São Luís de Verdade e visa estimular a participação das comunidades na construção do Plano de Governo do PPS voltado para a cidade de São Luís.

O objetivo do partido é promover a coleta de ideias e propostas para a cidade através de um trabalho que envolva sociedade e instituições, este ano o programa ganhou o nome de São Luís de Verdade.

Outra inovação é que o programa apresenta plataforma digital para a sociedade poder interagir com eixos na construção do plano de governo nas áreas de educação, saúde, infraestrutura, cultura, turismo, trânsito, transporte, desenvolvimento social e participação popular, agricultura familiar, e demais desafios que a cidade enfrenta. A ideia é receber projetos, sugestões e propostas para São Luís dos movimentos sociais e culturais, comunidade cientifica e instituições.

“O PPS quer que o cidadão participe ativamente desta construção. Precisamos saber o que a cidade quer e precisa, por isso vamos ouvir o cidadão”, afirmou Eliziane.
:


Hildo Rocha participa de inauguração em Buriticupu



O deputado federal Hildo Rocha participou, no último fim de semana, da entrega do sistema de abastecimento de água do povoado Sexta Vicinal, no município de Buriticupu. A obra, composta por um poço artesiano profundo (300 m); rede de distribuição e reservatório atenderá sessenta famílias do povoado. O evento foi prestigiado por secretários municipais, vereadores e moradores da comunidade beneficiada.

Avanços

Na primeira Sessão Plenária desta semana, Hildo Rocha fez um pronunciamento durante o qual destacou a importância da obra e ressaltou os avanços obtidos pelo governo municipal de Buriticupu. O deputado disse que o prefeito Zé Gomes tem se notabilizado pelas grandes realizações. Rocha lembrou que além do sistema de abastecimento de água, entregue à população do povoado Sexta Vicinal, o prefeito Zé Gomes construiu mais de 500 km de estradas vicinais e ressaltou que hoje a administração do município de Buriticupu é referencia especialmente no que se refere aos avanços alcançados no setor da saúde.

“Zé Gomes construiu sete Unidades Básicas de Saúde (UBS) e até o final do mandato irá entregar mais sete unidades; o Hospital Pedro Neiva de Santana é um dos melhores hospitais públicos do Maranhão; o atendimento é de primeira qualidade, igual ou até mesmo melhor do que alguns hospitais particulares da capital”, destacou Rocha.


Agricultura familiar

O parlamentar destacou ainda o estímulo que o governo municipal tem dado aos agricultores familiares. Rocha enfatizou que 42,5% da merenda escolar servida aos estudantes da rede pública municipal é adquirida de produtores locais.

O deputado destacou que, apesar das dificuldades o prefeito tem feito uma boa administração. “O município de Buriticupu passa por bom momento. Zé Gomes é um cidadão de bem que busca fazer tudo que está ao seu alcance. É um homem correto, competente, transparente e, por esses motivos, sua administração é referência no nosso Estado”, declarou Hildo Rocha.

O evento foi prestigiado pelos vereadores Aristides; Abimael; Evaristo; Raimundo Filho e João Fonseca (Pipoca) e teve ainda a participação dos secretários municipais: Jailson Soares (Desenvolvimento Social); Betel Santana (Educação); Antônio Gonçalves (Agricultura); Claudenor (Meio Ambiente); Elias (Saúde); Aurélio (Obras); Luis Carlos (Finanças); Luis Otávio (Controladoria); e Isaías Neres (Trânsito e Transporte).

terça-feira, 21 de junho de 2016

Vale indeniza pescadores por danos causados ao Rio Mearim



Ribeirinhos da comunidade Arraial, no município de Vitória do Mearim, que vivem exclusivamente da pesca no Rio Mearim e ficaram impossibilitados de exercer a atividade que dá sustento às suas famílias por conta da queda em março de 2012, de uma ponte de responsabilidade da Vale receberam indenização depois de acordo firmado entre o Ministério Público do Maranhão e companhia mineradora.

Pelo acordo 141 pescadores receberiam oito salários mínimos cada, o que resultou no montante de R$ 992.640,00, o valor foi pago integralmente nesta segunda-feira, 20 de junho.

O procedimento administrativo que deu inicio as investigações sobre o caso foi aberto em 2014, pelo promotor de justiça João José e Silva Veras. A promotora de justiça Karina Freitas Chaves representou o MPMA durante o cumprimento do acordo. 


  

Pré-candidato da Frente de oposição de Cantanhede lidera intenções de voto


O município de Cantanhede já vive intensamente o clima eleitoral, mesmo faltando mais de três meses para a eleição, ou mais precisamente 102 dias, a eleição municipal é de longe o assunto mais comentado e discutido em toda a cidade.

Os pré-candidatos ao executivo e legislativo municipal intensificam diálogos, debates e negociações no sentido de garantirem a viabilidade de aprovação nas convenções partidárias que devem ocorrer entre os dias 20 de julho a 5 de agosto, e toda esta movimentação de partidos e grupos políticos contagia e empolga a população. 

Três grupos políticos com seis pré-candidatos ao cargo majoritário trabalham nos bastidores para garantir a indicação e oficialização de suas candidaturas. A busca por alianças, acordos e coligações é uma constante.

O grupo denominado de Frente de Libertação de Cantanhede, reúne os partidos PC do B, PEN, PTC, PR, PDT, PHS e PP, usou a estrategia de lançar quatrp pré-candidatos à prefeitura - Dr. Elvy (PEN), Dra. Meire (PC do B), Biran Castro (PDT) e Abraão da Farmácia (PR). Em acordo prévio ficou acertado que o escolhido será aquele que reunir melhores condições e liderar as pesquisas em 30 de julho. 

PSD, PMDB, PT, PRP, PMN, PSL, PSB e PTN formam a frente de oposição de Cantanhede, eles indicaram o Ruivo, Ex-secretário de governo da atual gestão. O pré-candidato tem o forte apoio do Deputado Federal Hildo Rocha. 

O Prefeito José Martinho, o Kabão e seu grupo politico lançaram o Vereador Paulo Coelho o Fubuia ( PV), ex. Secretário de Agricultura, Fubuia tem o apoio do PV, Prós, PSC e PTB, PRB e do Deputado Federal Zé Carlos da Caixa. 

No ultimo final de semana a divulgação de uma uma pesquisa eleitoral realizada no município agitou os grupos políticos e intensificou os debates sobre as eleições de 02 de outubro. Realizada pelo IMAP (Pesquisa de Opinião Pública) nos dias 3 e 4 de junho e registrada no TSE com o código MA-05774/2016, a pesquisa ouviu 382 pessoas na sede e na zona rural do município.


Conforme a pesquisa se as eleições fossem hoje, espontânea, Ruivo (PSD) teria 38,0%, Paulo Coelho (PV), que é candidato apoiado pelo prefeito Zé Martinho (Kabão) teria 20,7%, Dr. Elvy (PEN) teria 5,2%, Meire Valéria (PCdoB) fica com 5,0%, Abraão Souto (PR) teria 4,5% e Brian Castro (PDT) teria 0,3%. Na pesquisa espontânea o percentual de indecisos é de 26,4%.

Já na estimulada, Ruivo (PSD) fica com 39,3%, Paulo Coelho (PV) tem 24,6%, Meire Valéria (PCdoB) aparece com 6,5%, Dr. Elvy (PEN) fica com 5,8%, Abraão Souto (PR) tem 5,0% e Biran Castro tem 1,0 %. Na pesquisa, estimulada o percentual de indecisos é de 17,8%.

Na sede do município, que detém 90% do eleitorado, a vantagem de Ruivo fica bem maior. O pré-candidato do PSD passa a ter 44,3% das intenções de votos. O pré-candidato do prefeito Zé Martinho (Kabão), Paulo Coelho (PV) cai para 17,4%, Meire Valéria (PCdoB) tem 7,1%, Dr. Elvy (PEN) aparece com 6,7%, Abraão Souto (PR) tem 4,3% e Biran Castro (PDT) fica com 1,6%.

Neste caso o percentual de indecisos é de 18,6%. A pesquisa também ouviu a população sobre a aceitação da administração do prefeito Zé Martinho (Kabão) e na sede do município, 53,8% dos entrevistados desaprovam a atual gestão, 17,8% aprovam, 17,8% não sabem/não responderam e 10,7% estão indecisos.

Ruivo que lidera as pesquisas, tem o apoio do deputado federal Hildo Rocha (PMDB), cinco vereadores, vários suplentes de vereadores e outras lideranças comunitárias.

Câmara aprova pedido de CPI contra Prefeito Magno Amorim




Não é nada confortável a situação do prefeito de Itapecuru Mirim, Magno Amorim (PPS), há exatos 102 dias das eleições, a Câmara Municipal em sessão ordinária realizada na manhã da última segunda-feira (20), aprovou pedido de abertura de CPI para apurar supostas irregularidades nas prestações de contas do FUNDEB.

Magno foi eleito em 2012 com o discurso do novo e da mudança, pregando novos rumos para a politica e a administração local. O povo se deixou seduzir pelo canto da sereia e embarcou no papo fácil de Amorim, o resultado foi catastrófico. 

Desde que tomou posse o prefeito vem sendo alvo de inúmeras denuncias por parte do Ministério Público. No dia 10 de junho, a 3ª Promotoria de Justiça da Comarca de Itapecuru-Mirim, propôs Ação Civil Pública de obrigação de fazer, com pedido de tutela de urgência, contra o Município de Itapecuru-Mirim, o Ministério Público solicita que, no prazo de 48 horas, o Município restabeleça a oferta de transporte escolar para todos os alunos da rede. 

NO caso da CPI, oito vereadores votaram pela abertura da Comissão Parlamentar de Inquérito, dois se abstiveram e outros dois faltaram à sessão. Aprovada por 2/3 do parlamento como determina o regimento, a CPI deve convocar para depor o Secretário Municipal de Educação, Pedro Everton, o Secretário de Administração e o Prefeito Municipal, Magno Amorim.




Em 2014, a 3ª Promotoria de Justiça de Itapecuru-Mirim instaurou inquérito civil para apurar a oferta de transporte escolar na rede de ensino municipal.

Entre outros dados, o Município, em 16 de dezembro de 2014, informou a existência de 3.078 alunos usuários do transporte escolar, sendo 2.289 da rede municipal e 789 da rede estadual.

A Secretária Municipal de Educação de Itapecuru-Mirim comunicou que o Município possui oito ônibus e três micro-ônibus próprios, responsáveis por 12 rotas, além de 47 veículos locados para realização das demais rotas.

Somente nos anos de 2014 e 2015, o Município gastou com locação de veículos de transporte escolar o valor global de R$ 5.663.969,20, contratados junto à Cooperativa de Transporte Escolar de Itapecuru Mirim (Itacoop).

Levantamento feito pelo MPMA apontou que com a quantia o Município de Itapecuru-Mirim poderia ter adquirido pelo menos 20 ônibus, no montante R$ 4.557.420,00, restando ainda R$ 1.106.549,20 para a manutenção dos veículos e custeio de outras despesas de transporte escolar. "Tem-se, desse modo, que o Município prioriza a locação de veículos em detrimento da aquisição de veículos próprios", afirmou a promotora Carla Mendes Alencar, na ação.

Representações e documentos encaminhados à Promotoria de Justiça apresentaram queixas quanto ao transporte escolar fornecido pela Prefeitura, incluindo a interrupção da oferta, a existência de motoristas sem habilitação, a utilização de veículos do transporte escolar por pessoas comuns, além do uso de veículos pequenos, inadequados para o transporte de estudantes.

Segundo a promotora de justiça, a investigação constatou a total inadequação dos veículos disponibilizados contratualmente pela Itacoop ao transporte de crianças e adolescentes, gerando grave risco de evasão escolar.

"Como se pode perceber, o Município não cumpre seu dever legal de oferecer e zelar pelo regular e adequado serviço de transporte escolar, caracterizando ofensa direta a Direito encartado na Constituição Federal, sendo, dessa forma, necessária a intervenção judicial para adequação e funcionamento do serviço em Itapecuru-Mirim".

O Ministério Público, ainda, que diversos proprietários de veículos se associaram na Itacoop após o atual prefeito de Itapecuru-Mirim assumir a chefia do Poder Executivo Municipal. "Assim, faz-se necessário corrigir tal distorção, compelindo ao Prefeitura a promover a gradativa substituição da frota terceirizada por frota própria", concluiu a promotora.

Rosângela Curado vence disputa com PCdoB, deputado Marco Aurélio joga a toalha e retira pré-candidatura


O até então pré-candidato a prefeito de Imperatriz pelo PCdoB, o Professor e deputado estadual Marco Aurélio, desistiu da disputa. Sem votos e sem apoio, não lhe restou outra alternativa a não ser jogar a toalha. A firme determinação do PDT e da pré-candidata Rosângela Curado em afirmar que disputaria a prefeitura com o sem o apoio do PCdoB,  Contribuiu muito para a desistência do deputado. 

Em nota o deputado confirmou a retirada da pré-candidatura e o fim do sonho do PCdoB de chegar a prefeitura de Imperatriz. Rosângela Curado também divulgou nota onde afirma "com a indicação do vereador Professor Adonilson para compor a chapa como vice, junto com Rosângela Curado, essa aliança se consolida novamente. o PCdoB vem se somar aos outros partidos que já estavam integrados a este grande projeto de transformação em Imperatriz. Com a união de todos, temos ainda mais certeza do grande trabalho que poderá ser realizado por cada cidadã e cidadão imperatrizense."


Amigos e Amigas,

Nos últimos meses, muito se falou sobre uma possível construção política tendo a mim como pré-candidato a prefeito de Imperatriz. Um projeto que nunca foi pessoal, pois sempre pensei em grupo, sempre tive um único lado, isso nunca deixei dúvidas. Faço parte de um projeto de mudanças, que envolve todo o estado. Estamos muito bem articulados nessa conjuntura. Sempre em harmonia com o Povo e com nosso partido, o PCdoB. 

Nunca fui pré-candidato de mim mesmo, nunca desejei isso ou impus a pré-candidatura como o único objetivo de minha vida. Tenho muito orgulho do mandato que exerço e me esforço todos os dias para honrar os 30.900 votos que recebi em 2014. Neste mandato temos garantido importantes investimentos, sobretudo para a educação. Já está em construção a escola de ensino médio do Parque Alvorada, a partir de nossa luta também participamos da conquista das reformas de várias escolas na região, bem como investimentos para a UEMA em Imperatriz, que logo estarão sendo implementados. Ajudei também de forma decisiva a destravar a UPA do bairro São José, que será inaugurada no próximo mês, além de tantas outras vitórias.

Após muita reflexão, após debater com os companheiros do partido, com as lideranças de nossa cidade, com minha família e com a ajuda Divina, decidi retirar meu nome da possibilidade da disputa eleitoral à prefeitura de Imperatriz em 2016. Tomo tal atitude para, também, favorecer a unidade do campo político que apóia e dá sustentação ao governo Flávio Dino.

Vou continuar exercendo o nosso mandato, por acreditar que tenho muito a contribuir com o projeto de mudança e desenvolvimento da nossa região Tocantina, com total harmonia com o governador Flávio Dino. 

Seguiremos trabalhando pela região na Assembleia Legislativa e nas ruas, bem como atuando junto ao governo para trazer ainda mais conquistas para esta amada cidade e região. Trabalhando com honestidade, já tivemos muitas conquistas. Estamos provando que é possível mudar e fazer mais pela nossa gente. Podem confiar, muitas novas conquistas virão para Imperatriz e região Tocantina.

Na Bíblia, no livro de Eclesiastes, tem uma reflexão que vivo e acredito ser uma regra. "Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo propósito debaixo do céu."

Seguiremos firme nossa luta com a mesma motivação e espírito público em prol do nosso Povo.

Agradeço a todos os amigos e amigas que acreditam no nosso trabalho e todos os dias nos incentivam com o apoio.

Seguiremos sob os propósitos de Deus e do Povo a nossa caminhada.

Prof. Marco Aurélio, Deputado Estadual



Ao longo de sua história, o PDT vem construindo uma caminhada de oposição no Maranhão. 

Em 2012, juntamente com o PCdoB, participamos ativamente da eleição para prefeito de São Luís, contribuindo para manter a nossa capital dentro de um grande projeto de mudança no Maranhão.

Em 2014 fomos aliados de primeira hora do projeto de mudança encabeçado pelo PCdoB, que culminou na eleição consagradora de Flávio Dino para governador.

Essa parceria PDT/PCdoB, que tem como objetivo trabalhar pelo desenvolvimento de nosso estado e garantir mais qualidade de vida para cada maranhense, está sendo continuada em Imperatriz. A segunda maior cidade de nosso estado sempre foi uma trincheira de resistência, concedendo uma larga vitória aos candidatos de oposição, como aconteceu com o saudoso Jackson Lago e também com Flávio Dino. 

Com a indicação do vereador Professor Adonilson para compor a chapa como vice, junto com Rosângela Curado, essa aliança se consolida novamente. o PCdoB vem se somar aos outros partidos que já estavam integrados a este grande projeto de transformação em Imperatriz. 

Com a união de todos, temos ainda mais certeza do grande trabalho que poderá ser realizado por cada cidadã e cidadão imperatrizense.

Deputado Weverton Rocha
Presidente PDT/MA
Rosangela Curado
Presidente PDT/Imperatriz

segunda-feira, 20 de junho de 2016

"Diálogos Insurgentes - Justiça e justiçamento no contexto dos linchamentos" nesta terça às 17h na UFMA



Com o objetivo de discutir questões referentes à prática de linchamentos no passado histórico do Brasil e nos dias atuais. Debatendo e confrontando temas sobre o porquê de linchamentos ainda permanecerem como formas de obtenção de informações e punição e como essas práticas foram resignificadas ao longo da história do Brasil, quem são as principais vítimas, dentre outras questões, a Secretaria de Estado dos Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop), promove nesta terça-feira (21), o ‘Diálogos Insurgentes - Justiça e justiçamento no contexto dos linchamentos’. 

O evento acontece às 17h no anfiteatro do Curso de Comunicação Social, localizado no Centro de Ciências Sociais (CCSO) da Universidade Federal do Maranhão (Ufma).

Três debatedores com diferentes abordagens contribuirão no entendimento do tema sob várias perspectivas. Dentre eles, o graduado em História e Direito pela UFMA, mestre em Ciências Sociais pela mesma instituição, professor do Departamento de História e Geografia da Uema e defensor público federal no Maranhão, sendo titular do Ofício de Direitos Humanos e Tutela Coletiva, Yuri Michael Pereira Costa, a advogada, assessora jurídica e integrante do conselho diretor da Sociedade Maranhense de Direitos Humanos (SMDH), Joisiane Gamba e a advogada, mestre em Direito e Instituições do Sistema de Justiça, especialista em Sociologia pela UEMA e atual coordenadora executiva do Pacto pela Paz na Secretaria de Direitos Humanos e Participação Popular, Mari-Silva Maia da Silva.

Pais devem redobrar cuidados diante do aumento de casos de violência contra crianças




Mais uma criança é vítima de crime bárbaro, depois de matar a menina, o assassino a violentou. O crime foi cometido por um homem de 44 anos, vizinho dos pais da vitima e que aparentemente não representava nenhum perigo. O assassino agiu de forma covarde, fria e cruel.

É preciso redobrar os cuidados com nossas crianças e diante de qualquer sinal de perigo, ou desconfiança de que algo está errado, não hesite, acione imediatante a polícia. 


No inicio da noite deste domingo (19), populares encontraram o corpo de uma criança de seis anos de idade, nos fundos do quintal de uma residência, o corpo apresentava sinais de violência sexual. A criança foi identificada como Erlane Santos Cavalcante, que estava desaparecida desde a noite anterior. 

A policia foi acionada e conseguiu prender um homem de 44 anos suspeito de violentar e assassinar a criança. Francisco Alves da Conceição, sem profissão e que era vizinho dos pais da vítima confessou o crime, relatando inclusive detalhes. Francisco teria usado um pedaço de madeira para desferir forte golpe na cabeça da vítima e em seguida a violentado. 

crime ocorreu no povoado Esperantina, localizado às margens da BR 222 e distante 12 Km da sede do município - Santa Luzia do Tide - . O suspeito foi transferido para a Delegacia Regional de Polícia Civil em Santa Inês, onde ficara a disposição da justiça. O corpo da criança foi transferido para  IML em São Luís onde passa por exames periciais. 







Hildo Rocha questiona governo Flávio Dino por abandono de obra financiada pelo BNDES

Deputado Hildo Rocha cobra explicações sobre paralisação da construção da primeira escola de ensino médio de Matões do Norte
“Algo muito estranho está acontecendo, pois a obra é financiada com recursos do BNDES. Logo, imagina-se que a paralisação não seja por falta de recursos. A menos que o dinheiro tenha sido desviado para outra finalidade. É isso que vou fazer utilizando a minha prerrogativa de deputado federal”, afirmou Rocha.

Um grupo de alunos da rede pública estadual de ensino encaminhou ao deputado Hildo Rocha pedido para que o parlamentar interceda junto às autoridades estaduais e federais com o objetivo de explicar os motivos da paralisação da construção da primeira escola de ensino médio do município.

“Os estudantes estão preocupados porque em Matões não existem prédios do estado para o funcionamento das atividades escolares do ensino médio. Atualmente os alunos ocupam prédios do município. O início da obra foi comemorado mas, agora, diante da paralisação os alunos estão apreensivos e me procuraram para manifestar o descontentamento com a situação”, explicou o parlamentar.



Rocha se comprometeu em verificar os motivos da paralisação. “Algo muito estranho está acontecendo, pois a obra é financiada com recursos do BNDES. Logo, imagina-se que a paralisação não seja por falta de recursos. A menos que o dinheiro tenha sido desviado para outra finalidade. É isso que vou fazer utilizando a minha prerrogativa de deputado federal”, afirmou Rocha.






O que parecia ser a realização de um sonho transformou-se em pesadelo. A construção do Centro de Ensino Médio Professor Antenor Bogéa, em Matões do Norte, seria a solução para os graves problemas enfrentados pelos alunos que cursam o Ensino Médio no Município. 

  


Prevista para funcionar em uma área de 854 m², a escola teria seis salas de aulas, sala de leitura, sala de informática, diretoria, secretaria, arquivo, sala de professores, vestiários, banheiros e outras instalações, a obra foi iniciada em julho de 2014 em uma área no bairro Cidade Alta. Acontece que com a posse no novo governador os trabalhos foram paralisados, o que resta no local é apenas o esqueleto da obra, tudo foi abandonado, a construção foi esquecida, e a população denuncia que o local serve apenas como esconderijo para marginais e usuários de drogas. Um poço de grande profundidade que foi cavado no local, está aberto, oferecendo sérios riscos para as crianças que brincam nas imediações da obra abandonada. 






Enquanto a construção do Centro de Ensino Médio Professor Antenor Bogéa segue parada e sem previsão de ser retomada, cerca de 400 alunos do Ensino Médio enfrentam todo tipo de dificuldades para continuar em sala aula. Por falta de local apropriado, o Ensino Médio funciona em turno único - NOTURNO - em um prédio cedido pelo município - Escola Municipal Vilma Sampaio - com três anexos, o que obriga os pais dos adolescentes com idade entre 13 e 15 anos a matricular seus filhos para estudar no horário das das 18:45 às 22:45. Sem falar nos estudantes que residem na zona rural e precisam se deslocar de loais distantes para assistir aula no turno único - NOTURNO. 




Pais de alunos, professores e a população em geral reclamam do descaso, abandono e sucateamento da educação por parte do governo do estado, a insensibilidade é clara, visível e repugnante em Matões do Norte. 


MA-332

Hildo Rocha citou ainda a precariedade dos reparos que o governo do Estado realizou na MA-332, rodovia que liga Pirapemas e Cantanhede à BR-135. “Não bastasse a péssima qualidade do serviço, a obra evidencia outras irregularidades: primeiro, não há placas de identificação da obra. Querem esconder o que? Por que a omissão das informações exigidas por lei? Segundo: qual a fonte de recursos? Seria do empréstimo do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES)?

Segundo o parlamentar os recursos captados por meio de financiamento junto ao BNDES não podem ser utilizados para esse tipo de serviço. “O financiamento destina-se a investimentos para o desenvolvimento do Maranhão: construção de estradas; reforma e construção de escolas; hospitais; e abastecimento de água”, declarou Rocha.


A suspeita de que o governador Flávio Dino esteja desrespeitando o que determina os termos do contrato do Estado com o BNDES levou o parlamentar a solicitar à instituição informações detalhadas acerca do montante de dinheiro já repassado e a forma como foi aplicado. A instituição se comprometeu de elaborar um relatório que será encaminhado para Câmara Federal.

quarta-feira, 15 de junho de 2016

AMMA repudia notícia caluniosa contra o desembargador Cleones Cunha


 
A Associação dos Magistrados do Maranhão (AMMA) vem a público manifestar o seu apoio ao presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Maranhão, desembargador Cleones Cunha, vítima de informações irresponsáveis e caluniosas divulgadas em blogs de São Luís.

É inaceitável que denúncia tão grave contra um integrante do Poder Judiciário seja publicada levianamente, sem a devida apuração que deve envolver qualquer trabalho jornalístico sério.

Esse denuncismo vazio merece ser rechaçado, uma vez que abala de forma irresponsável a credibilidade do Judiciário junto à sociedade maranhense.

A AMMA repudia a tentativa criminosa, leviana e mesquinha de macular a biografia do desembargador Cleones Cunha, que além de magistrado com curriculo impecável, tem se mostrado um gestor admirável pela forma transparente e íntegra de enfrentar os problemas do Poder Judiciário.
Gervásio Santos
Presidente

Desbaratada quadrilha que praticava assaltos e traficava drogas em Miranda do Norte



Cinco pessoas suspeitas de integrar uma quadrilha de criminosos que vinha praticando assaltos e traficando drogas em Miranda do Norte e municípios vizinhos, foram presos durante operação desencadeada por homens da Policia Civil e Militar.

O êxito da operação foi fruto de um minucioso trabalho de investigação da equipe de policiais, que após receber no ultimo sábado (11), denúncia de assalto a um posto de Combustível em Matões do Norte, e realizarem diligencias em busca dos assaltantes, avistaram dois indivíduos em atitude suspeita que ao perceberem a presença da policia, os homens que estavam em uma moto Yamaha Fazer 150, abandonaram o veículo e se embrenharam em um matagal. 




Após receberem denúncia anônima de que dois homens com as mesmas características foram vistos em uma residência na Rua da Aliança - Bairro Novo, Miranda do Norte, a policia montou campana nas proximidades e por volta do meio dia desta segunda-feira (13), cercaram o local e efetuaram a prisão dos cinco suspeitos: Damião Alves Silva, 28 anos, natural de Bacabal; Marcelo Udson de Sousa, (24), de Coroatá; Luís Fábio Pereira da Silva, (28), Coroatá; Cleudiane Pinheiro Castro, (24), Maiobão e Josilena Gomes dos Santos de 26 anos de idade e natural de São José de Ribamar.

Com os detidos foi apreendido: 01Revolver cal 38 numeração raspada, 06 Munições, 60 Cabeças de crak, 03 peças de crak, 40 trufas de Maconha, 03 Celulares, 01 Carteira porta cédula, 01 Moto GB 300 de placa NNI 9329, 01 TV 32' polegadas e 01 Receptor de TV. 



Depois de conduzidos à delegacia de Miranda do Norte onde foram apresentados e ouvidos pelo delegado Rui dos Santos Dourado, os suspeitos foram encaminhados à Delegacia Regional de Itapecuru Mirim.



A OPERAÇÃO FOI CONDUZIDA PELA GUARNIÇÃO:
SGT NONATO, CB TINÓCO, SD SILVA, SD SANTOS E SD SERRA.