INSCREVA-SE JÁ

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

Repercute em todo Brasil caso de quilombola estuprada e morta com requinte de perversidade em Miranda do Norte


O assassinato da trabalhadora rural Francisca das Chagas Silva, de 34 anos, morta com requinte de crueldade e violência sexual, na ultima segunda-feira (1° de fevereiro) no município maranhense de Miranda do Norte repercute de forma negativa em todo o Brasil. Mulher é estuprada e morta com requintes de crueldade em Miranda do Norte.

 Após a Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (CONTAG), as 27 Federações de Trabalhadores na Agricultura (FETAGs) e mais de 4.000 Sindicatos de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (STTRs) filiados, que representaram o Movimento Sindical de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (MSTTR) divulgar nota de repúdio por conta do assassinato da quilombola, Secretaria de Estado dos Direitos Humanos e Participação Popular, a Secretaria de Estado da Mulher divulgaram nota de pesar pela morte de Francisca das Chagas, a deputada federal Eliziane Gama também repudiou o crime através de nota.  

Segundo a CONTAG a polícia segue com investigação sigilosa, mas até o momento não apresentou nem um suspeito, já a Sedihpop e a Semu afirmam que Sistema Estadual de Segurança Pública designou uma equipe especial para investigar e elucidar o crime, para a deputada federal Eliziane Gama é preciso fortalecer as políticas públicas de proteção e direitos da mulher, principalmente da mulher do campo.

Mais uma Margarida assassinada vítima de violência. Até quando???

A CONTAG, FETAGs e Sindicatos, vêm manifestar seu repúdio pela forma brutal e covarde do assassinato da Margarida, Francisca das Chagas Silva, de 34 anos, que foi morta com requinte de crueldade e violência sexual, no município de Miranda do Norte, Maranhão.

Quilombola do povoado Joaquim Maria, na zona rural do município maranhense, Francisca das Chagas Silva, foi uma das muitas Margaridas que estiveram em agosto de 2015 em Brasília, reivindicando por um Brasil e mundo, com: “Desenvolvimento Sustentável com Democracia, Justiça, Autonomia, Igualdade e Liberdade”.

Vale ressaltar que pra chegar à Marcha, Francisca participou ativamente do Grupo de Estudo Sindical (GES Mulher), e de outras ações organizadas pelo Movimento Sindical dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (MSTTR).

Reafirmando a pauta da Marcha das Margaridas contra violência, companheiras e companheiros que fazem o Movimento Sindical dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (MSTTR), pressionam o poder público e o judiciário brasileiro, por uma solução mais rápida desse e de outros crimes que vêm ceifando covardemente a vida das mulheres, e que permanecem impunes. 

Convocamos também a sociedade em geral para denunciar qualquer forma de violência contra a mulher, através do disk-denúncia 180 ou indo a uma delegacia mais próxima para registrar a ocorrência. 

Francisca das Chagas Silva, era trabalhadora rural, sócia no Sindicato de Miranda do Norte desde 2009 e era filha de um dos membros do Conselho Fiscal da atual gestão do STTR, o companheiro, Francisco da Silva. Ela deixou um filho, familiares, amigas (os), companheiras (os) do MSTTR profundamente abatidos com sua brutal e lamentável partida. 

A polícia segue com investigação sigilosa, onde até o momento não apresentou nem um suspeito.  As mulheres negras são as maiores vítimas da omissão.


Mapa da Violência 2015

O assassinato de Francisca das Chagas evidencia como ainda é assustador a violência contra as mulheres no Brasil, sobretudo as mulheres negras.

No Mapa da Violência 2015: homicídio de mulheres no Brasil, elaborado pela Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais (FLACSO), com o apoio da ONU Mulheres Brasil, da Organização Mundial da Saúde (OMS) e do governo brasileiro, apontou que o número de homicídios de mulheres negras cresceu 54% em dez anos, passando de 1.864, em 2003, para 2.875, em 2013.

No mesmo período, a quantidade de homicídios de mulheres brancas caiu 9,8%, passando de 1.747 em 2003 para 1.576 em 2013. No total, o número de vítimas do sexo feminino passou de 3.937 para 4.762 em 10 (dez) anos, representando um aumento de 21%. 

De acordo com o Mapa da Violência, 55,3% desses crimes foram cometidos no ambiente doméstico, e 33,2% dos homicidas eram parceiros ou ex-parceiros das vítimas.

Brasil 

Segundo dados da OMS, que avaliou um grupo de 83 países, o Brasil detém a quinta posição mundial quanto ao assassinato de mulheres, com uma taxa de 4,8 homicídios por cada 100 mil mulheres.

Diversos estados evidenciaram pesado crescimento na década anterior a 2013, como Roraima, onde as taxas mais que quadruplicaram (343,9%), ou Paraíba, onde mais que triplicaram (229,2%).

Entre 2006, ano da promulgação da Lei Maria da Penha e 2013, apenas em cinco estados brasileiros foram registradas quedas nas taxas: Rondônia, Espírito Santo, Pernambuco, São Paulo e Rio de Janeiro, diz o estudo.

Entre as capitais, Vitória, Maceió, João Pessoa e Fortaleza encabeçam as taxas mais elevadas no ano de 2013, acima de 10 homicídios por 100 mil mulheres. São Paulo e Rio de Janeiro são as capitais com menores taxas.

Direção da CONTAG

*********************************************************

NOTA DE PESAR

As Secretarias de Estado dos Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop) e da Mulher (Semu) manifestam pesar pelo brutal e covarde assassinato de Francisca das Chagas Silva, ocorrido na madrugada de 1º de fevereiro passado. Ela era membro do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Miranda do Norte.

A Sedihpop e a Semu já acionaram o Sistema Estadual de Segurança Pública desde o recebimento da trágica notícia, tendo sido designada uma equipe especial para investigar e elucidar o crime, de modo a que se faça Justiça.

São Luís/MA, 4 de fevereiro de 2016

Francisco Gonçalves da Conceição
Secretário de Estado dos Direitos Humanos e Participação Popular

Laurinda Maria de Carvalho Pinto
Secretária de Estado da Mulher

*********************************************************

Eliziane repudia assassinato de quilombola e pede providências

A deputada federal Eliziane Gama manifestou repúdio devido ao covarde assassinato de Francisca das Chagas Silva, de 34 anos, que foi morta com requinte de crueldade e violência sexual, no município de Miranda do Norte, Maranhão. A parlamentar pede providências no caso e lamenta o crescimento de crimes contra trabalhadoras rurais. 

Quilombola do povoado Joaquim Maria, na zona rural do município maranhense, Francisca das Chagas Silva, foi uma das muitas Margaridas que participou da Marcha em Brasília no ano passado que teve como pauta: “Desenvolvimento Sustentável com Democracia, Justiça, Autonomia, Igualdade e Liberdade”.

Durante a Marcha das Margaridas, Francisca das Chagas participou do Grupo de Estudo Sindical (GES Mulher), e de outras ações organizadas pelo Movimento Sindical dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (MSTTR), buscando soluções e também fazendo cobranças ao poder público e judiciário, justamente por causa dos crimes contra mulheres que permanecem impunes.

Eliziane Gama lamenta a morte da quilombola e reafirma que é preciso fortalecer as políticas públicas de proteção e direitos da mulher, principalmente da mulher do campo.

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

Hildo Rocha visita lideranças de São Domingos do Maranhão e debate ações parlamentares




Na recente visita ao município de São Domingos do Maranhão, o deputado Hildo Rocha esteve no povoado Lagoa Nova onde residia a vereadora Rosa Cipó (PMDB), que morreu em dezembro, vitima de aneurisma cerebral. A vereadora foi uma das coordenadoras da campanha de Hildo Rocha, na eleição de 2014. “Rosa foi uma grande incentivadora da minha campanha no município. Infelizmente perdemos o convívio com essa pessoa maravilhosa que era amada e respeitada por todos. Não poderia deixar de manifestar, pessoalmente, o meu sentimento de pesar à sua família”, destacou.

Rocha lembrou que a vereadora foi vítima de uma grande injustiça “Ela morreu sem que a justiça reconhecesse a sua eleição para presidente da Câmara Municipal. Tomaram de forma arbitrária, ao arrepio da lei”, lamentou o deputado. 

Balanço das atividades parlamentares

Após a visita aos familiares de Rosa Cipó, Hildo Rocha participou de uma reunião, na Associação Atlética do Banco do Brasil. Durante o evento, o deputado apresentou um balanço das atividades parlamentares realizadas durante o ano de 2015. O encontro teve a participação dos vereadores Astolfo Seabra; Irislane Avelar; Moura (Mauricio Alves da Costa); e Pedrão do Baixão. Também estavam presentes o Presidente do Diretório Municipal do PMDB, Walmek Avelar; o Presidente do PMDB Jovem Municipal; Marcos Alan e o Clodomir Filho. O evento contou ainda com a presença das lideranças dos povoados: Bacupari (Pretinha); Baixa de Areia (Davi); Bancos (Sr. Martins); Comprida (Charles e Nêgo); Lagoa de Baixo (Luzia e Itamar); Lagoa Nova (Nêgo Cipó); Maria Eva (Tião e Eva Dior). O Representante da Associação Cultural Sapupara, Jorge Almeida, também prestigiou o encontro.

“Tenho compromissos com o povo de São Domingos. Sou grato ao povo deste município às lideranças que me ajudaram a conquistar o mandato de Deputado Federal. A melhor forma de demonstrar minha gratidão é com trabalho. Isso eu tenho feito”, enfatizou o parlamentar.

Produtividade

Rocha fez questão de apresentar o resultado de seu trabalho durante o ano passado quando apresentou uma PEC (Proposta de Emenda à Constituição); 21 Projetos de Lei; e foi relator de 37 de Projetos de Leis. “Todos os projetos que relatei foram aprovados”, exaltou.

Para ilustrar a importância e os impactos das propostas defendidas, o Deputado destacou o Projeto de Lei 215/15. A proposta aumenta as penalidades para crimes contra a honra cometidos em redes sociais. “O nosso Código Penal é antigo. Quando foi elaborado, em meados do século passado, não existiam os recursos tecnológicos hoje disponíveis, como a internet. Os crimes contra a honra praticados pelas redes sociais têm um efeito devastador na vida das vítimas, causam enormes prejuízos na vida profissional, familiar, além de danos morais e emocionais irreparáveis", argumentou. 

Reconhecimento

O vereador Astolfo Seabra enumerou algumas conquistas do grupo político que apoiou Hildo Rocha em São Domingos do Maranhão. “O nosso grupo tem contribuído para o desenvolvimento do município. Por meio do nosso trabalho, com a ajuda dos deputados Hildo Rocha e Antônio Pereira, conseguimos 4 km de asfalto para a nossa cidade que foi implantado em 2014; conquistamos dois poços artesianos; tivemos a satisfação de receber quatro bombas para equipar os poços que estavam desativados; e conseguimos uma patrulha mecanizada que tanto tem servido às nossas comunidades”, destacou Seabra.

Acerto

A vereadora Irislane Avelar disse que o grupo acertou ao apoiar o deputado Hildo Rocha. “Nós estamos vendo Hildo Rocha é um deputado atuante, está honrando cada voto que recebeu dos maranhenses. As ações já realizadas confirmam que fizemos a escolha certa”, celebrou a vereadora.

Novas ações 

Em resposta às demandas apresentadas pelos vereadores, o deputado assumiu o compromisso de lutar para que o Ministério da Agricultura altere o período de financiamento da lavoura de abacaxi, e de buscar meios para conseguir equipamentos agrícolas para as comunidades rurais de São Domingos do Maranhão.

Quanto à liberação de recursos para a construção de unidades habitacionais Rocha explicou que o Governo Federal fez cortes no orçamento. “No ano passado não houve assinatura de contratos. Mas, este ano, se houver recursos e o projeto destinado ao município estiver aprovado, nós iremos ter condições de atender a essa demanda”, assegurou Hildo Rocha.

CASO RIBAMAR ALVES: O patrulhamento da mídia e o caso da Escola de Base

É vergonhoso e ao mesmo tempo asqueroso o patrulhamento de parte da blogosfera sobre aqueles que ousam exercer o direito do contraditório, quer se manifestando contra a prisão do prefeito Ribamar Alves, quer prestando solidariedade ou entendendo que existem outras versões sobre este caso.


Amigos jornalistas, defensores da liberdade de expressão e do direito ao contraditório, estão caindo na cilada de atacar e condenar aqueles que pensam fora da caixinha, querem implantar o pensamento único, a versão única, para estes Ribamar Alves já está julgado e condenado, o veredicto já foi dado pela blogosfera: "CULPADO".

O caso da Escola de Base e dos meninos emasculados são exemplos recentes de como a imprensa julga e condena de forma açodada e inconsequente.

A bola da vez é o presidente do CRM-MA que ousou prestar solidariedade ao colega médico, bastou se manifestar para ser transformado em inimigo número UM das mulheres, da mídia e levar a pecha de defensor de bandido.

Como explicar esta gritante contradição da blogosfera maranhense?

se por um lado defende a ampla liberdade de imprensa e de expressão, o direito ao contraditório e a ampla defesa, por outro tenta impor um discurso único, atropela todos os preceitos constitucionais e de forma precipitada julga, condena e estampa o veredicto: "RIBAMAR ALVES É ESTUPRADOR".

O linchamento moral do acusado por parte da midia traz prejuízos irreparáveis a sua imagem e reputação, além de influenciar a sociedade a formar atencipadamente juízo de valor condenatorio definitivo. 


04/02/2016
Abimael Costa - Jornalista
Registro: 000.1608-MTE/MA

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

Hildo Rocha viabiliza aquisição de Acelerador Linear para o Aldenora Bello





A liberação dos recursos foi confirmada durante audiência do Ministro Marcelo Castro com o parlamentar e diretores do hospital. O aparelho utilizado pela instituição, no tratamento do câncer, está com a vida útil esgotada há quatro anos.

As ações do deputado Hildo Rocha (PMDB/MA), iniciada logo nos primeiros dias de mandato, em busca de melhorias para o Hospital Aldenora Bello começa a render os primeiros resultados práticos. Durante audiência, nesta terça-feira (2) o Ministro Marcelo Castro anunciou que os recursos para a compra de um Acelerador Linear, já estão assegurados. Castro reconheceu que o empenho do parlamentar maranhense foi fundamental para a viabilização dos recursos.

“Hildo Rocha é um dos deputados mais atuantes no Congresso Nacional. Quero cumprimenta-lo pelo excelente trabalho que ele tem feito na Comissão Mista do Orçamento defendendo, de maneira muito firme, os recursos para a saúde pública do Brasil e do Maranhão, Estado ele representa na Câmara Federal”, enfatizou Castro.

Ações em favor dos municípios

Além da valiosa conquista em favor do Hospital Aldenora Bello, Hildo Rocha é o autor de uma emenda de plenário por conta da qual conseguiu aumentar em R$ 80 milhões os recursos para o atendimento de Média e Alta Complexidade (MAC), no âmbito estadual, e liderou a luta que resultou no aumento da Receita Orçamentária da União, referente à Saúde para 2016, em R$ 10 bilhões.

Apesar desse reforço orçamentário, os municípios passam por dificuldades no setor da saúde pública. Para debater sobre o subfinanciamento federal e questões específicas de cada localidade, Rocha ajudou a articular novo encontro do Ministro Marcelo Castro. Os prefeitos maranhenses reivindicam, entre outras questões, repasses para as áreas de Média e Alta Complexidade.

Omissão do governo estadual

Hildo Rocha ressaltou que, em parte, as dificuldades enfrentadas pelos municípios no setor da saúde devem-se à falta de apoio do Governo Estadual. O parlamentar lembrou que a ex-governadora Roseana Sarney repassava mensalmente recursos do Programa Saúde é Vida.

“Até dezembro de 2014 diversas prefeituras recebiam ajuda do governo estadual. Lamentavelmente o governo que assumiu o comando do estado, em janeiro de 2015, promoveu o desmonte do sistema de saúde pública e suspendeu os repasses. O resultado está aí. A qualidade do atendimento ficou ruim. A população maranhense está sendo penalizada pela falta ade compromisso do Governador do Estado”, destacou Hildo Rocha.

O ministro defendeu o aprimoramento das parcerias entre as três esferas de governo e garantiu que irá se empenhar para encontrar soluções para as demandas dos prefeitos maranhenses.

Participaram da reunião Gil Cutrim, prefeito de São José de Ribamar e presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (FAMEM); Edvaldo Nascimento dos Santos (Vargem Grande); José Gomes Rodrigues (Buriticupu); José Martinho dos Santos Barros (Cantanhede); Juran Carvalho (Presidente Dutra); Maura Jorge (Lago da Pedra); Sebastião Madeira (Imperatriz); e Eric Costa (Barra do Corda). O deputado Estadual Léo Cunha (PSC) também participou do encontro.

Cantora Priscila Alcântara será uma das atrações no Aterro do Bacanga



A cantora gospel Priscila Alcântara será uma das atrações do encerramento da Semana Maranhense de Retiros Culturais em São Luís que será realizado no próximo dia 10 de fevereiro no Aterro do Bacanga.

Reconhecida pelo seu trabalho como apresentadora do Bom Dia & Cia do SBT, hoje a jovem cantora cristã tem um canal no Youtube com quase 500 mil seguidores.

Ela gravou vídeo para as redes sociais em que confirma a sua participação no evento em São Luís e faz convite especial a todos os ludovicenses. Será o primeiro grande show da cantora na capital maranhense.

“Galera de São Luís do Maranhão, dia 10 de fevereiro vou estar junto com vocês. Vai ser incrível! Será a partir das 17 horas no Aterro do Bacanga. Espero todos vocês”, disse na gravação.

O encerramento da Semana de Retiros Culturais também contará com a presença da Christafari, maior banda de reggae cristão do mundo com a participação dos cantores Avion Blackman e Solomon Jabby. Está confirmada ainda a participação do cantor Marcos Nunes, Lidia Carollini e um dos maiores nomes da música evangélica, a cantora Aline Barros que fará lançamento do seu novo disco.

O evento comemora os 10 anos de realização da Semana Maranhense de Retiros Culturais idealizada pela deputada federal Eliziane Gama, que é também autora da Lei 8.904 que reconhece a arte evangélica como cultura.

Todos os anos a juventude cristã reúne-se nos tradicionais retiros no período carnavalesco e participa do encerramento da Semana de Retiros Culturais com grande encontro de louvor e adoração. Este ano o evento é coordenado pela Associação de Ministros do Evangelho do Maranhão-AME.

Desconhecidos tentam matar presidente da câmara de Santa Inês



O vereador Orlando Mendes, foi vítima de um atentado no inicio da noite desta terça – feira (02)

As primeiras informações dão conta de que Orlando Mendes após abastecer seu veículo em um posto de combustível na cidade de Pindaré Mirim no inicio da noite desta terça-feira (02), foi abordado por um homem de arma em punho, após render o vereador um outro marginal entrou no veículo.

Refém dos bandidos, Orlando Mendes foi levado para a estrada do balneário açúcar. A todo instante os delinquentes ameaçavam matar o vereador. Mesmo sob a mira das armas e sendo torturado, Orlando Mendes conseguiu enganar os marginais e pular do veículo em movimento.

O vereador foi socorrido e levado ao Hospital Municipal Tomaz Martins, onde deu entrada com ferimentos e escoriações. A polícia iniciou as investigações no sentido de identificar os autores do crime e a motivação.

Emocionalmente abalado o presidente da câmara de Santa Inês vai reforçar sua segurança a partir de agora. O clima em Santa Inês está tenso desde a prisão do prefeito Ribamar Alves.

Cabe a polícia esclarecer o atentado que vitimou o presidente da câmara, só com a prisão dos marginais a sociedade saberá a motivação deste crime hediondo.

terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Atuação parlamentar de Hildo Rocha é debatida na Rádio Cidade de Pedreiras.



O parlamentar visitou a cidade, no fim de semana, para verificar os estragos ocasionados pelo temporal que assustou a população e causou prejuízos aos moradores e empresários.

O deputado federal Hildo Rocha visitou Pedreiras, no último fim de semana, para verificar a situação em que a cidade se encontrava após o forte temporal que caiu sobre a cidade quarta-feira (27).

A enxurrada inundou casas; abriu crateras; arrancou asfalto; gerou acúmulo de lama e lixo nas ruas; e causou prejuízos à população.

“Fiquei sensibilizado com as fotos e vídeos que assistir por meio de redes sociais. Em sinal de solidariedade às famílias afetadas me desloquei até a cidade para conversar com a população e dizer que, na condição de parlamentar federal, estou à disposição das autoridades municipais para somar forças na busca de ações do Governo Federal capazes de evitar que fatos semelhantes voltem a casar transtornos e prejuízos à população pedreirense”, explicou Rocha.
Atuação parlamentar

Rocha participou de um debate transmitido por meio do Programa Tribuna 101, da Rádio Cidade de Pedreiras, apresentado por Neto Corinto, Clebinho e Clarton Sousa.

O deputado voltou a agradecer os eleitores da região que ajudaram a elegê-lo e fez um balanço das atividades parlamentares realizadas durante o seu primeiro ano de mandato.

O parlamentar falou sobre a sua presença em plenário e nas comissões técnicas. “Em 2015 foram realizadas 125 Sessões Deliberativas, participei de 121. Não estive presente apenas em quatro porque estava representando o Brasil no Parlamento Latino-Americano e Caribenho, em reuniões no Panamá e no México”, destacou.

“Nas comissões técnicas, das quais sou membro, houve 393 reuniões tendo participado de 387 faltando a seis pelas viagens que fiz a serviço do parlamento do meu país. Portanto cumpri com meu compromisso de participar das ações legislativas da Câmara Federal”, enfatizou o parlamentar.
Política Nacional de Combate à Dengue

Questionado a respeito do Projeto de Lei que cria a Política Nacional de Combate à Dengue, o parlamentar disse que foi escolhido para ser o relator do Projeto. A proposta institui o incentivo à pesquisa científica com o objetivo de encontrar meios para combater a transmissão e proliferação dos agentes transmissores; elaboração de campanhas de conscientização; descentralização político-administrativa; criação de mecanismos que favoreçam a divulgação de informações de caráter educativo sobre os aspectos de saúde pública e saneamento básico; entre outras ações.
Reforma da Lei do ISS (Imposto Sobre Serviços)

Hildo Rocha disse que apresentou uma emenda aglutinativa que definiu novos critérios para tributação do ISS sobre operações com cartão de crédito e debito, planos de saúde e leasing. Segundo estimativas da Confederação Nacional de Municípios (CNM) as operadoras de cartões de credito e debito arrecadam anualmente mais de R$ 6 bilhões. “As novas regras irão contribuir para aliviar a grave crise financeira vivenciada por muitos municípios”, ressaltou Rocha.
Projetos de Lei

O deputado destacou a apresentação de 21 projetos de leis de sua autoria, em 2015. Citou o que torna obrigatória a gravação em áudio e vídeo de todas as operações policiais (Projeto de Lei 2.416/2015). O parlamentar ressaltou que a norma servirá para preservar os bons policiais e dará mais segurança aos cidadãos e cidadãs, coibindo exceções e violações dos direitos humanos.

“As operações policiais serão obrigatoriamente gravadas em áudio e vídeo, de maneira individualizada, dando segurança aos agentes de segurança e garantias aos cidadãos. As imagens serão preservadas por um período mínimo de seis meses e, com base na Lei de Acesso à Informação, poderão ser requisitadas por qualquer cidadão que manifeste interesse em obtê-las”, explicou Rocha.
Agradecimentos

Rocha finalizou agradecendo aos pedreirenses, e aos habitantes das cidades localizadas no médio Mearim, que o ajudaram na eleição para deputado federal. “Estou honrando o voto que vocês me deram. Estou trabalhando em favor do povo do meu estado. Nosso compromisso está selado. Continuarei trabalhando com fervor na defesa dos interesses do Maranhão” afirmou.

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Hildo Rocha prestigia lançamento da pré-candidatura de Fábio Assunção a prefeito de São Mateus

Ato contou com a presença de vereadores, líderes comunitários, amigos e simpatizantes do pré-candidato

O empresário Fábio Assunção reuniu lideranças políticas, sindicalistas, amigos e simpatizantes para anunciar a intenção de disputar o cargo de prefeito de São Mateus, na eleição de outubro deste ano. O evento foi prestigiado pelo deputado federal Hildo Rocha (PMDB) e teve a participação do Presidente Estadual do PRP, Severino Sales, vereadores, ex-vereadores, líderes políticos e comunitários do município.

“Fábio Assunção é um jovem de temperamento equilibrado, lúcido e conciliador. O êxito alcançado nas atividades empresariais demonstra que Fábio é um bom administrador, conhece a realidade do povo de São Mateus. Fábio está disposto governar o município e promover uma renovação na política local e na administração da cidade que hoje passa por um momento difícil”, destacou Hildo Rocha.

O parlamentar enfatizou que o estado de abandono em que se encontra São Mateus confirma a necessidade de renovação na política local. “São Mateus precisa eleger um administrador dinâmico, criativo e inovador. Fábio Assunção preenche todos esses requisitos. Este é o momento ideal para a população virar essa página mal escrita da história política de São Mateus e eleger um prefeito dinâmico, competente e compromissado com o desenvolvimento do município”, destacou o parlamentar.
Gratidão

Rocha lembrou que na eleição de 2014, na qual se elegeu com 125.521 votos, teve o apoio de Fábio e das lideranças que defendem a pré-candidatura do empresário. “Sou grato aos eleitores e eleitoras de São Mateus que acreditaram nas nossas propostas. Tenho me empenhado para retribuir a confiança com ações em benefício do nosso Estado”, destacou.
Balanço das atividades

O parlamentar enfatizou que faltou apenas a quatro sessões deliberativas e seis reuniões das comissões porque estava viajando, em missão oficial, representando a Câmara em eventos do Parlamento Latinoamericano. “Participei ativamente dos debates; estive presente em 121 das 125 sessões deliberativas (96,8%); das 393 reuniões das comissões técnicas, participei de 387 (98,5%); apresentei 21 projetos de leis e fui o relator de 37 projetos, todos aprovados; trabalhei intensamente para conquistar recursos para os municípios maranhenses; e, por meio de emenda de plenário consegui aumentar em 9% os recursos para o atendimento de Média e Alta Complexidade (MAC) no nosso Estado. Portanto, cumpri o meu papel de parlamentar. Entendo que a melhor maneira de demonstrar gratidão aos eleitores e eleitoras que me elegeram é me dedicando integralmente ao mandato”, argumentou.
Uma nova voz a serviço da população

Ainda durante a visita ao município, Hildo Rocha participou da festa de inauguração da TV Amazonas, novo empreendimento do empresário Fábio Assunção.

O evento foi prestigiado pelo deputado estadual Vinicius Louro, pelo prefeito de Cantanhede, Zé Martinho (Cabão) e pelo presidente estadual do PRP Severino Sales. O deputado Hildo Rocha ressaltou disse que a instalação da emissora é mais uma prova da capacidade e do dinamismo de Fábio Assunção. “São Mateus é um importante polo comercial e de serviços com forte influência nos municípios de Matões do Norte; Alto Alegre; Peritoró; Cantanhede; Pirapemas e outros municípios da região”, destacou o deputado.

Rocha disse que a programação dinâmica e interativa da Rede Meio Norte, à qual a TV Amazonas está filiada, favorece a produção de programas locais. “São Mateus tem, a partir de agora, uma nova voz a serviço da população. A emissora irá proporcionar entretenimento e os telespectadores poderão se manifestar, discutir a realidade local, e difundir a cultura local e regional. O novo empreendimento, implantado por Fábio Assunção, irá contribuir para o fortalecimento da economia local”, afirmou o deputado.

Mulher é estuprada e morta com requintes de crueldade



O corpo de uma mulher de 34 anos de idade, foi encontrado por populares na manhã desta segunda-feira(1°) em Miranda do Norte.

O corpo estava despido, apresentava sinais de violência sexual e perfurações que aparentavam terem sido produzidas por objeto cortante perfurante - arma branca-.

A vítima foi identificada como sendo Francisca das Chagas da Silva de 34 anos de anos de idade, que residia na Vila Nazaré em Miranda do Norte, Francisca era filha da agente de saúde Ribinha, muito conhecida em Miranda do Norte.

A polícia esteve no local do crime, isolou a área e iniciou as investigações no sentido de identificar, localizar e prender o autor, ou autores do bárbaro crime.

O corpo da vítima foi encaminhado para o Instituto Médico Legal em São Luís onde deve ser examinado para determinar a causa da morte.

Informações que levem a polícia a localizar, identificar e prender o, ou os autores do crime podem ser enviadas para os telefones:

98 3464 1498

DISQUE DENÚNCIA:

0300 3135 800

98 3233 5800

Whatsapp: 9224 8660

TEXTO: Abimael Costa - jornalista
Registro: 000.1608-MTE/MA

domingo, 31 de janeiro de 2016

Foi armação

O que a população de Santa Inês já sabia, o laudo de exame realizado pelo Instituto Médico Legal (IML) sobre o suposto estupro cometido pelo prefeito de Santa Inês, Ribamar Alves (PSB), apenas confirma: não houve violência praticada por Alves e nenhuma resistência por parte de Adna Micaela Costa Nascimento Silva, de 18 anos. Foi armação. (VEJA O LAUDO)
De acordo com o documento assinado pela médica legista Márcia Sandra de Castro Moraes, não foram encontradas lesões corporais externas. Foi armação.

A perícia em Adna foi solicitada pelo delegado de Polícia Civil de Santa Inês, que efetuou a prisão do prefeito Ribamar Alves.

O laudo restabelece a verdade dos fatos. Foi armação.

Cai por terra, portanto, a principal alegação da suposta vítima que afirmava ter sido levada à força ao motel para praticar sexo. Foi armação.

Foi armação. Agora, a população de Santa Inês se pergunta quem seria capaz de jogar tão baixo e tão sujo.

Quem?

sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

CARNAVAL 2016 - VEM SER FELIZ EM MIRANDA DO NORTE

JÁ É TRADIÇÃO: AQUI TEM O MELHOR CARNAVAL DO MARANHÃO 




























A prefeitura municipal de Miranda do Norte apresenta a programação oficial do carnaval 2016. O prefeito Junior Lourenço mantém a tradição e confirma que Miranda terá um dos melhores carnavais do Maranhão.

A secretaria de cultura do município se empenha para proporcionar ao folião momentos de muita descontração e  alegria.

Mega estrutura de palco, Blocos tradicionais, carnaval de rua, charangas e as tradicionais marchinhas aliado a muita segurança é o que o folião vai encontrar em Miranda do Norte durante os cinco dias de festa.



quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Em atuação atuação histórica SINADMA assegura pagamento de verbas trabalhistas à ex-funcionários do ICN





Em benefício a 48 trabalhadores que não recebiam seus salários desde novembro de 2015 e exerciam funções administrativas na sede do ICN, em uma atuação histórica, o Sindicato dos Administradores, Tecnólogos em Administração e dos Empregados em Estabelecimentos de Seleção, Locação e Capacitação de Mão-de-Obra, Consultoria Organizacional e de Tecnologia da Informação do Estado do Maranhão (SINADMA) solicitou uma mediação junto ao Ministério Público do Trabalho para que fosse liberada parte do numerário bloqueado pela Justiça Federal do Instituto Cidadania e Natureza (ICN) e, desta maneira, garantiu que os ex-empregados tivessem seus direitos assegurados, com o pagamento dos salários atrasados e de verbas rescisórias.

Totalizando um montante no valor de R$ 1.634.349,85 (um milhão, seiscentos e trinta e quatro mil, trezentos e quarenta e nove reais e oitenta e cinco centavos) pagos aos trabalhadores que prestavam serviços na sede da empresa, mediante alvará, o Sindicato teve papel fundamental na mediação deste processo, pois com a intervenção de todos os bens do ICN pela Justiça Federal, estas 48 pessoas, algumas com 10 anos de serviços prestados, estavam desassistidas e sem previsão para receber seus direitos. Diferentemente do que ocorreu com os empregados lotados nas unidades de saúde do Estado e que tiveram seus vencimentos garantidos pela SES, os prestadores da sede da empresa não tinham perspectiva no recebimento de seus direitos e procuraram o sindicato para representá-los. Dessa forma o MPT apreciou o pleito e legitimou a causa dando parecer favorável e oficiando a Justiça Federal para que fizesse a liberação das verbas após a conferência dos valores por perito do próprio MPT.

Entenda o Caso

O Instituto Cidadania e Natureza (ICN) era o órgão responsável pela administração de unidades de saúde e equipamentos de responsabilidade do Governo do Estado desde 2002. A Polícia Federal realizou uma operação que investigou os sócios do ICN e membros da Secretaria de Estado da Saúde (SES), inclusive o ex-secretário da SES, Ricardo Murad. Segundo o Delegado Federal responsável pelo caso, Alexandre Saraiva, as investigações iniciaram-se em 2010 e se estenderam até 2013, com levantamento de dados junto à Controladoria Geral da União.

A partir da intervenção do ICN feita pela Justiça Federal, a Secretaria de Saúde cancelou os contratos com o Instituto Cidadania e Natureza no dia 17 de novembro de 2015. Com a rescisão do contrato de gestão com esta Organização Social - OS que havia vencido a concorrência pública para a gestão de parte das unidades da rede estadual de saúde –, as unidades passaram a ser geridas pela Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (EMSERH).

O advogado do SINADMA, Rafael Veras, explicou que para os prestadores de serviços da área de saúde dispensados pelo ICN após a cessação do contrato de terceirização com a SES, o Ministério Público do Trabalho atuou como mediador, o que resultou no acordo entre as partes para pagamento das verbas rescisórias.

Essa foi uma atuação histórica para o SINADMA e se iniciou em 2015, justamente no ano em que a profissão do administrador celebrou seu Jubileu de Ouro no Brasil – em São Luís foi aprovada a Lei Nº 5.981 de 26 de junho de 2015 que instituiu como o “Ano do Administrador” em todo município. Em práticas como essa é possível reconhecer a força que os sindicatos tem na resolução das causas trabalhistas, seja individual ou coletivamente, portanto ao se filiar o profissional fortalece toda uma categoria e pode ter seus direitos defendidos e assegurados por estas instituições representativas.

Faculdade Estácio oferece bolsas de até 100% para graduação






A Faculdade Estácio concede bolsas de até 100% para os alunos que alcançarem as melhores notas de redação no vestibular. Em São Luís, o processo seletivo acontece neste sábado, 30 de janeiro.

Ao todo, a instituição vai oferecer 10 mil bolsas integrais e parciais no país. Para participar, o candidato deve se inscrever no vestibular pelo site www.estacio.br ou na faculdade, localizada em São Luís no Canto da Fabril, Centro.

Para concorrer às bolsas integrais o aluno precisa informar que deseja participar do concurso. Os candidatos interessados receberão dois temas de redação no dia da prova. Ou seja, o aluno terá que desenvolver um texto do vestibular e outro do concurso das bolsas.

As redações serão avaliadas conforme os critérios de melhor desenvolvimento do tema proposto, uso correto na norma culta e da gramática, originalidade, criatividade e objetividade.

Cursos – Neste vestibular, são oferecidas vagas em Administração, Direito, Jornalismo, Publicidade e Propaganda, Nutrição, Enfermagem, Engenharia de Produção, Engenharia Civil, Educação Física e Biomedicina.

Além desses, há cursos oferecidos na modalidade EAD (Educação à Distância). Ao todo, em São Luís serão oferecidas 183 vagas, sendo 153 para graduação presencial e 30 para graduação de EAD.

SERVIÇO:

O QUE: Vestibular para bolsas 100% da Faculdade Estácio

QUANDO: 30 de janeiro, sábado

COMO SE INSCREVER: site www.estacio.br ou na faculdade, localizada em São Luís no Canto da Fabril, Centro.

Eles estão vendendo ilusão para os maranhenses, afirma Hildo Rocha



Hildo Rocha critica modelo adotada por Flávio Dino para a Rota das Emoções: “estão vendendo ilusões”

Segundo o parlamentar, a formatação pactuada entre o Maranhão, o Ceará e o Piauí é prejudicial à economia do Estado

Em entrevista à Rádio Verdes Mares, de São José de Ribamar, o deputado federal Hildo Rocha disse que o Governador Flávio Dino cometeu um grande erro ao aceitar que a formatação da Rota das Emoções tenha como porta de entrada o estado do Ceará. “Na forma como o acordo foi pactuado, não é bom para o Maranhão. O correto seria eleger Barreirinhas como a porta de entrada para a Rota, ou então São Luís. A maior parte do Delta das Américas está no Maranhão. Apenas 10% pertence ao Piauí. Além disso, o modelo exclui a capital do nosso Estado em benefício do Ceará. Eles estão vendendo ilusão para os maranhenses. As nossas belezas naturais que Deus nos vão servir para beneficiar o Ceará” , argumentou o parlamentar.

O acordo firmado nesta terça-feira (26), entre os governadores Flávio Dino (Maranhão); Camilo Santana (Ceará); e Wellington Dias (Piauí), marca o reinício das ações que tem como objetivo desenvolver o turismo em 14 cidades da Rota das Emoções. Ilha Grande, Parnaíba, Luís Correia e Cajueiro da Praia, no Piauí; Barreirinhas, Paulino Neves, Araioses, Tutóia e Santo Amaro no Maranhão; e Barroquinha, Camocim, Chaval, Cruz e Jijoca de Jericoacoara, no Ceará. “Podemos observar que eles excluíram todos os municípios do Munim: Morros, Icatu, Presidente Juscelino e Axixá. Humberto de Campos que fazem parte do parque dos lençóis”, observou.

Rocha enfatizou que o governador deveria ter feito uma pesquisa mais aprofundada a fim de se inteirar acerca do assunto. Segundo o deputado, a capital maranhense não poderia ter sido excluída do roteiro e advertiu que o governo deve apressar a conclusão do terminal de passageiros do aeroporto de Barreirinhas que foi iniciado pela Roseana Sarney. “Do jeito que está idealizado, a tendência é que os turistas passem mais tempo nos municípios do Ceará e do Piauí. Atualmente o turista que viaja de avião para os lençóis maranhenses, desce em São Luís, hospeda-se aqui e em seguida viaja para lá, passando de dois a três dias hospedados em uma das cidades daquela região. Da forma acordada pelo Flávio Dino, a cadeia produtiva do turismo maranhense tem pouco a ganhar porque os visitantes irão se hospedar, consumir e demandar serviços em maior escala nos Estados vizinhos que integram a Rota. Os hotéis, as empresas de transporte, os restaurantes, os prestadores de serviços instalados no Maranhão serão prejudicados”, destacou.

O projeto será gerenciado pela Agência de Desenvolvimento Regional Sustentável (ADRS), organismo criado exclusivamente com o objetivo de promover e o apoiar a comercialização de produtos turísticos; a qualificação da mão de obra do setor; o fortalecimento da economia; e a geração de emprego e renda nos municípios integrantes.

segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

A intensa luta de Hildo Rocha em defesa da melhoria das rodovias federais maranhenses

Deputado Hildo Rocha com Maurício Itapary: trabalho persistente em busca de melhorias para as rodovias federais do Maranhão
Hildo Rocha reafirma compromisso de continuar lutando por melhorias nas rodovias federais do Maranhão

Ações do Dnit, no Estado, foram debatidas em reunião do parlamentar com o novo superintendente do órgão, Maurício Abreu Itapary.

O deputado federal Hildo Rocha e o novo superintendente do Dnit no Maranhão, Maurício Abreu Itapary, se reuniram na semana passada com o objetivo de debater sobre as ações do órgão no Estado. “Maurício Itapary assumiu o órgão num momento difícil. Mas, já nas suas primeiras ações tem demonstrado que está preparado para enfrentar o desafio”, destacou o parlamentar.

O parlamentar ressaltou que durante o ano de 2015, solicitou audiências públicas para discutir a duplicação da BR-135 e cobrou agilidade nas obras de adequação urbana das rodovias que atravessam o Maranhão. “Tenho bons motivos para acreditar que este ano iremos avançar bastante, pois a bancada federal do Maranhão está unida em torno desse grande projeto, e o novo superintendente Dnit no Maranhão, desde os primeiros momentos à frente do órgão, tem se empenhado para desatar os nós que emperram o andamento das obras de duplicação da BR-135. No que depender do meu apoio, da minha dedicação, do meu entusiasmo, iremos alcançar esse objetivo”, concluiu Hildo Rocha.

Prioridade

Rocha lembrou que a bancada federal maranhense definiu a continuidade da duplicação do trecho Estiva/Bacabeira e ressaltou que teve participação decisiva na indicação de recursos da ordem de R$ 150 milhões para a segunda etapa da obra (trecho entre Bacabeira e Miranda do Norte).


Travessia urbana de Imperatriz

O projeto de Duplicação da Travessia Urbana de Imperatriz também foi tema da pauta discutida na reunião. A obra foi planejada com o objetivo de melhorar o transito na área urbana de Imperatriz e proporcionar mais segurança para pedestres e demais usuários.

Rocha disse que um dos grandes desafios de Itapary será convencer o Governo do Maranhão e o IBAMA a liberar as licenças ambientais. “Além disso, existem dificuldades impostas pela companhia de eletricidade do Maranhão (Cemar). A empresa não colabora, nunca fez a retirada dos postes e o remanejamento da rede elétrica. Portanto, tudo isso são questões a serem superadas”, destacou. 

Retrospectiva

A luta do deputado Hildo Rocha em defesa da melhoria das rodovias federais maranhenses tem sido intensa. Logo no primeiro mês de mandato fez dois pronunciamentos, (dias 23 e 26 de fevereiro) no Plenário da Câmara cobrando providências, em caráter de urgência, ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) em relação às rodovias federais do Estado do Maranhão e denunciou a precariedade da fiscalização por parte da Polícia Rodoviária Federal.

A ação seguinte aconteceu no dia 12 de março. Durante audiência com o diretor de Infraestrutura Rodoviária do DNIT, Luis Guilherme Rodrigues, Rocha pediu agilidade na duplicação da BR-135, no trecho Estiva/Bacabeira; solicitou informações acerca do processo licitatório para a continuidade da duplicação, nos trechos (Bacabeira/Entroncamento) e Entroncamento/Miranda do Norte; e, requisitou melhorias na BR-226.

No dia 05 de maio, durante Audiência Pública da Comissão de Desenvolvimento Urbano, que teve a participação do Diretor de Infraestrutura Rodoviária do Denit, Luiz Guilherme Rodrigues de Mello, o parlamentar pediu explicações sobre a situação da BR-135 no trecho que compõe a Avenida dos Portugueses, localizado no eixo Itaqui/Bacanga; cobrou esclarecimentos acerca da lentidão das obras de travessia urbana na cidade de Imperatriz; e solicitou informações sobre projeto do Denit previsto para município de Bom Jardim.

Em 06 de maio, Hildo Rocha, participou de audiência com uma representação da bancada federal maranhense, o Ministro dos Transportes, Antonio Carlos Rodrigues. Na ocasião o Ministro garantiu aos parlamentares maranhenses que a duplicação da BR-135, trecho Estiva/Bacabeira, está assegurada. No dia 03 de junho, o parlamentar inspecionou o reinício das obras e constatou que o compromisso assumido pelo Ministro começara a se materializar.

O deputado começou 2016 trabalhando com o mesmo entusiasmo e o vigor que caracterizaram o seu primeiro ano de mandato parlamentar. Embora esteja de recesso, programou para o mês de janeiro uma série de visitas aos municípios; reuniões com prefeitos e lideranças; fiscalização de obras federais; audiências com ministros; e ações junto aos órgãos da administração federal. Com tanta disposição não é exagero dizer que Hildo Rocha descansa carregando pedras.