INSCREVA-SE JÁ

Clinica Santo André

Clinica Santo André

sexta-feira, 18 de abril de 2014

Polícia Federal prende Marco Prisco





O vereador Marco Prisco (PSDB), líder da greve da PM na Bahia, foi preso a pedido do Ministério Público Federal na Bahia (MPF-BA), nesta sexta-feira (18). O mandado de prisão foi expedido na terça (15), no primeiro dia da paralisação. 

A prisão foi realizada pela Polícia Federal em um resort em Costa de Sauípe, onde Prisco se encontrava. O pedido foi feito na segunda-feira (14), dentro da ação penal movida pelo MPF em abril de 2013 , que denunciou sete pessoas entre vereadores, soldados e cabos da PM por diversos crimes, a maioria deles contra a segurança nacional, praticados durante o m...CONTINUE LENDO AQUI

No Maranhão, criança de seis anos de idade é executada por bandidos na SEXTA-FEIRA SANTA




Nesta semana, em menos de 72 horas duas crianças menores de 10 anos de idade foram mortas a tiros por homens armados e ainda não identificados pela polícia, em ambos os casos a polícia diz tratar-se de bala perdida e a motivação é disputa de território por quadrilhas de traficantes rivais ou acerto de contas entre marginais. 

Na terça-feira (16), Jandyara da Silva Sá, de nove anos de idade foi morta com três tiros de pistola. RELEMBRE O CASO AQUI:


Na manha desta sexta-feira (SANTA) (18), o garoto, Wytalo Costa de Lima, de apenas seis anos de idade, foi mais uma vitima inocente desta guerrilha urbana que estamos vivendo no Maranhão. 

Wytalo, caminhava com o padastro, Francisco Pereira da Silva Filho, a mãe Maria do Socorro, e um irmão de dez anos para a casa de uma parente para o almoço da Sexta-Feira Santa, quando foi atingido por um disparo de arma de fogo, o projetil que atingiu as costas da criança, atravessou o seu corpo e saiu na barriga causou a morte imediata do garoto, no momento em que foi atingido, Wytalo levava um peixe nas mãos.

O escrivão da Central de Flagrantes de Timon, Francinildo Campos Moraes, disse que Wytalo Costa de Lima estava na rua 90, do bairro Parque Piauí, na cidade maranhense de Timon, quando ocorreu uma perseguição entre quatro bandidos que ocupavam duas motocicletas, houve uma intensa troca de tiros e um dos tiros atingiu a criança. O padastro afirmou que a ação foi tão rápida que a família não teve tempo de correr e procurar abrigo.

Wítalo ainda chegou a ser socorrido com vida e levado para o hospital Regional Alarico Pacheco, onde já chegou sem vida. 

Segundo a polícia a suspeita é que os homens envolvidos no crime façam parte de gangues rivais que estariam disputando espaço pelo tráfico de drogas.

Nos dois casos, quando foram mortas, as crianças andavam pelas ruas, e nem elas, nem seus pais ou parentes tinham qualquer ligação com o crime, estavam perto de suas residencias, e andavam à luz do dia. 

A falta de segurança está clara e evidente, bem como o extermínio cada vez mais intenso, visível e cruel de nossas crianças e jovens. 

As autoridades ficarão em silencio mais uma vez?? que medidas estão sendo tomadas para evitar que o fato se repita?? 

Após a confirmação da morte da criança, jornais, rádios, emissoras de TV, blogues e portais de noticias passaram a enfatizar o crime hediondo, muitas criticas e protestos de populares que comovidos comentam e condenam o ato de barbárie. 

Infelizmente, os protestos, críticas e sentimentos de pêsames e de pesar da maioria das pessoas, são apenas gestos mentirosos e hipócritas que não contribuem em nada para solucionar o problema e evitar que crianças, adolescentes e jovens inocentes continuem sendo exterminados de forma covarde e violenta por bandidos, delinquentes e marginais.

Wytalo Costa de Lima, de apenas seis anos de idade, passará a ser apenas mais um numero nas estatistas de violência do estado e da cidade, mais uma manchete e uma reportagem para os jornalistas, dentro de alguns dias ou horas, surgirá um novo caso e o garoto cairá no esquecimento, tudo voltará a ser como antes, como se nada tivesse acontecido, afinal a sociedade cada dia mais individualista e egoísta segue anestesiada e dopada diante da violência e do sofrimento do próximo.

Quantos Wytalos e Jandyaras precisam ainda ser executados para que alguém faça alguma coisa???


Motociclista morre atropelada e populares tentam linchar motorista, incendeiam veiculo e interditam BR-316

 Foto: Blog do Jota Luiz

A violência associada a intolerância e a tentativa de fazer justiça com as próprias mãos a qualquer custo, mesmo sem saber se o suspeito ou acusado e realmente o culpado vem se alastrando como rastilho de pólvora e se disseminando perigosamente como uma especie de pandemia letal que vem matando cada vez mais inocentes.

Nesta quarta-feira (16), aconteceu um fato que exemplifica bem o que falamos, chama a atenção para a falta de segurança que impera no Maranhão, e o risco a que todos nós estamos expostos: 

Após um atropelamento que resultou na morte de uma mulher de 27 anos de idade, moradores revoltados tentaram linchar o motorista envolvido no acidente.- conforme informações de populares o motorista não teve culpa pela fatalidade e ainda parou para socorrer a vitima. -

Impedidos por policiais militares e agentes da Policia Rodoviária Federal que garantiram sua integridade física, o condutor do veiculo foi conduzido ao posto da PRF em Peritoró, os manifestantes interditaram a BR-316, e incendiaram o veiculo envolvido no acidente, um automóvel Fiat modelo Siena.
 Foto: Blog do Carlinhos

O acidente aconteceu no final da tarde de quarta-feira (16), na BR-316, perímetro urbano do bairro Caxuxa, em Alto Alegre do Maranhão, quando a mulher identificada como Tiane Sousa Santos, 27 anos, se deslocava de Caxuxa para buscar a filha que estuda em uma escola no centro Alto Alegre.
Tiane Sousa Santos, 27 anos-  Foto: Blog do Jota Luiz

Tiane pilotava uma moto POP 100, e segundo populares, avançou a preferencial ao entrar de forma imprudente na rotatória de Caxuxa. Surpreendida por um veículo Siena que vinha no sentido Teresina/Bacabal, ela foi colhida em cheio e teve morte imediata. O motorista parou o automóvel e tentou prestar socorro a vitima, no momento em que foi cercado por populares que tentaram lincha-lo, só não conseguindo o intento devido a rápida e pronta intervenção de homens da PRF e da PM. 
 Foto: Blog do Jota Luiz

Mesmo sabendo que o condutor do veiculo não teve nenhuma culpa no acidente, os manifestantes interditaram a rodovia por varias horas e incendiaram o veiculo envolvido no acidente, o que mostra que a manifestação extrapolou sua motivação principal e se transformou em ato criminoso de vandalismo.




quinta-feira, 17 de abril de 2014

"A máscara de bom moço do Flávio Dino caiu no dia 15 de abril", diz Integrante do Diretório Nacional do PT

BERENICE GOMES: “O PCdoB FEZ UMA ALIANÇA COM O ATRASO”




Integrante do Diretório Nacional do PT, a bibliotecária e professora universitária Berenice Gomes diz que o PT maranhense terá que se reinventar. Ex-assessora da Vice-Governadoria, onde atuou na relação com os movimentos sociais, a dirigente afirma que o partido precisa “refletir sobre a formação de novas lideranças”. 
Com atuação no Ministério do Desenvolvimento Agrário, Berenice Gomes faz crítica ao governo estadual por ter enfraquecido a política de desenvolvimento rural e ainda não ter aprovado um Plano Estadual de Apoio à Agricultura Familiar.
Sobre a aliança da legenda com o PMDB no estado, a dirigente petista diz há muitas questões de divergência programática a aliança com os peemedebistas, mas “no momento certo vamos apresentar quais são as propostas que defendemos, pois queremos um modelo de desenvolvimento com sustentabilidade econômica e social, com distribuição de renda e justiça social”.
A petista fez críticas a aliança do PCdoB com o PSDB que assegura palanque para Aécio Neves no estado. “Nós temos resoluções claras sobre a nossa estratégia e a política de alianças que não cabem o PSDB. O candidato do PCdoB já fez a escolha dele pelo palanque que cabe Aécio Neves e Eduardo Campos”.
Berenice Gomes relembra que “este mesmo método, o PCdoB adotou em 1995 aqui no Maranhão quando apoiou e compôs o governo Roseana Sarney, ocasião em que ela era do PFL (hoje DEM), portanto da base do governo Fernando Henrique (PSDB). Quando o grupo Sarney rompe com o PSDB, coincide com o momento em que o PCdoB faz a ruptura com o grupo Sarney e torna-se oposição”. 

Leia os principais trechos da entrevista.



17 DE ABRIL DE 2014 ÀS 07:53


Maranhão 247 - Como você analisa o atual cenário político no Maranhão?

Berenice Gomes - O cenário é complexo e contraditório. Não podemos analisa-lo somente movido pelos discursos ‘Anti-Isso’ ou ‘Anti-Aquele’, apenas personalizando e demonizando os agentes políticos. Colocar como principal elemento político ser contra o grupo Sarney é resumir a leitura política da esquerda, pois isso até os setores conservadores da mídia que antes defendiam o Sarney o faz, curiosamente, após o mesmo ter apoiado o ex-presidente Lula e optado por dar sustentação política aos seus dois mandatos e ao da presidente Dilma. 

MA 247 - E esta aproximação do PCdoB com o PSDB é um ataque projeto nacional?

Berenice - Não é a primeira vez que o PCdoB no Maranhão confunde a sua análise política. Ao invés de adotar a dialética como método, faz uso da forma pragmática ao considerar o projeto local acima do interesse nacional. A questão agora deixa de ser local e tornou-se nacional, à medida que o candidato do PCdoB trouxe para a cena o apoio do Aécio Neves, adversário do PT e do projeto nacional dos setores progressistas.
Mas só para lembrar, este mesmo método, o PCdoB adotou em 1995 quando apoiou e compôs o governo Roseana Sarney, ocasião em que ela era do PFL (hoje DEM), portanto da base do governo Fernando Henrique (PSDB). Quando o grupo Sarney rompe com o PSDB, coincide com o momento em que o PCdoB faz a ruptura com o grupo Sarney e torna-se oposição.
Portanto, a máscara de bom moço do Flávio Dino caiu no dia 15 de abril com o encontro dele com Aécio Neves e a direção nacional do PSDB. E mais: após esta divulgação ele, se pôs a atacar o PT nas redes sociais tentando justificar uma escolha que ele já vinha construindo.

MA 247 – Mas, o PCdoB justifica a aliança com o PSDB, como esta sendo semelhante ao que ocorreu no Acre onde o PT e os tucanos são aliados.

Berenice - Isso é uma falácia, coisa de quem está envergonhado por se aliar o que há de mais atrasado na política local e nacional. Essa ‘justificativa’ do PCdoB não se sustenta, é uma criação da cabeça do presidente estadual do partido, Márcio Jerry. No Acre houve uma aliança para combater o tráfico e o crime organizado. Havia uma outra conjuntura, inclusive a aliança foi aprovada tanto pela direção nacional do PT, quanto do PSDB. 

MA 247 - Então a consolidação da aliança PCdoB/PSDB foi uma espécie de resposta de Flávio Dino a Lula pelo ex-presidente ter recebido o ministro Lobão e senador Lobão Filho?

Berenice - Tudo indica que criaram essa desculpa de que Flávio Dino teria adotado este caminho após ter sido descartado pelo Lula, com a divulgação das fotos do ex-presidente com o ministro Edison Lobão e o senador Lobão Filho, candidato do PMDB ao governo. Na realidade, temos informação de que esta aproximação já estava posta, pois o Flávio Dino nunca explicitou o desejo de querer aliança com o PT. Aliás, após o nosso grupo da CNB telo apoiado em 2008, havia a intenção de darmos prosseguimento à aliança para 2010, mas o mesmo se fechou em seu mandato na Câmara Federal. 

MA 247 - E os petistas que já aderiram ao Flávio Dino, como ficam? 

Berenice - São companheiros valorosos, mas infelizmente, muitos deles já estão fora do PT, então não faz diferença apoiar a Dilma ou não. Há outros que têm a sua importância, como o companheiro Manoel da Conceição, um dos fundadores do PT e outros como Augusto Lobato, atual vice-presidente do Partido no Maranhão. Com certeza muitos deixarão o PT assim que terminar a eleição, seja qual for o resultado. O comportamento é o mesmo que tiveram com o Jackson em 2006: pouco interessa o projeto nacional, ficam presos a um discurso de oposição ao Sarney, embora os que eles escolhem sejam caminhos da política conservadora. No governo Jackson, por exemplo, era o PSDB quem dava a linha e eu acompanhei quando houve aquela greve de professores da rede estadual que durou mais de 90 dias por falta de um mínimo de diálogo. Enquanto a Roseana, que eles alegam ser somente o atraso, aprovou o Estatuto do Magistério, paga os salários acima do piso nacional e aprovou também o Plano de Cargos e Salários dos Servidores do Estado. Mas há uma contradição e complexidade na política maranhense que não se pode concluir somente com os discursos ANTI-SARNEY como pregam alguns companheiro nossos.

MA 247 – Boa parte desses petistas que hoje apoiam a candidatura do PCdoB são os mesmos que a rejeitaram em 2008?

Berenice – Sim. É o mesmo grupo do PT que hoje aderiu ao Flávio Dino e ao projeto tucano foi que o rejeitou em 2008 quando a CNB defendeu a sua candidatura à Prefeitura de São Luís com a tese de não isolamento político do PT. A nossa diferença é que eles aderiram ao projeto do Flávio Dino, seja com quem for, não interessa o palanque da Dilma e do projeto nacional. Nós não abrimos mão, ainda mais agora que estamos em um cenário em que a Dilma precisará mais de nós. E na hora da guerra é que conhecemos quem são os aliados e quem são os inimigos. Para o PT não existe eleição fácil, nem adversário preferencial. E nós temos resoluções claras sobre a nossa estratégia e a política de alianças que não cabem o PSDB. O candidato do PCdoB já fez a escolha dele pelo palanque que cabe Aécio Neves e Eduardo Campos e tanto o candidato a senador dele, quando boa parte dos pré-candidatos a deputados federais são contra a Dilma e o PT. Muitos deles se dizem de esquerda, mas na prática estão referendando uma aliança conservadora travestida de oposição progressista. Até agora, há poucos sinais de debate programático, há somente um discurso pautado no ódio e no adesismo como se a eleição estivesse dada e sabemos que não existe eleição ganha na véspera.

MA 247 - O que o PT pode apresentar de proposta para poder reeditar a aliança com o PMDB no Maranhão?

Berenice - As bases da aliança do PT são as propostas voltadas para o desenvolvimento do nosso Estado. É claro que temos várias questões de divergência programática nesta aliança com o PMDB. No momento certo vamos apresentar quais são as propostas que defendemos, pois queremos um modelo de desenvolvimento com sustentabilidade econômica e social, com distribuição de renda e justiça social. Não abrimos mão da participação e do diálogo com a sociedade civil. Esta foi à marca do PT nesta aliança, mas isto tem de ir além do simbólico, pois se não avançar em ações concretas, não se justifica. Damos destaque, por exemplo, para a agricultura familiar. É inadmissível que o Maranhão, um estado com forte característica rural e agrícola, não tenha um Plano Estadual de Apoio à Agricultura Familiar que inclua a assistência técnica e Extensão rural como temos o da Segurança Alimentar e Nutricional, resultante da forte atuação e apoio dado ao CONSEA. O PT propôs a criação da Secretaria de Desenvolvimento Rural e Agricultura Familiar, em 2010 e esta proposta foi acatada pela governadora Roseana, tão logo assumiu o governo, em 2009, a SEDAGRO foi criada nos mesmos moldes do MDA, da estrutura do Governo Federal, depois houve uma reforma unilateral, sem que fôssemos ouvidos, que enfraqueceu a política de desenvolvimento rural e ainda complicou a área de Direitos Humanos, com a fusão da SEDES, juntando a área da Assistência Social com da de Direitos Humanos, quebrando, inclusive, a lógica do sistema e da política de Assistência. Isto afastou a base social, e ainda os movimentos sociais que vinham dialogando, por meio da vice-governadoria. 

MA 247 - O PT vai exigir a vaga de vice para repetir a aliança com local com o PMDB?

Berenice - O PT quer a vaga na chapa majoritária. A governadora Roseana, assim como os principais dirigentes do PMDB do Maranhão, já declarou que a vaga de vice está garantida ao PT. Mas eu defendo que devemos pautar o Senado também com indicação de nomes mais ligados aos setores progressistas. Também reafirmo a posição do conjunto do PT, que entende que devemos concentrar forças para garantir eleição de deputados estaduais e federais. Não que o espaço da vice não seja importante, mas por entendermos que o partido precisa recuperar seu protagonismo, tanto no parlamento estadual como na Câmara Federal e compor, inclusive, a base de apoio da Presidenta Dilma. E o PT tem um bom time de candidatos e candidatas das diferentes correntes, ressaltando que temos novas lideranças que disputam e com chances reais de vencer. Fazemos questão deixar isso claro para o PMDB. Por fim, Sabemos que o PT do Maranhão deve construir caminhos próprios, retomar o projeto de desenvolvimento, em aliança com os movimentos sociais e setores progressistas da sociedade, buscar a unidade interna, pois temos compromisso com o projeto de desenvolvimento que está em curso no Brasil. E o nosso maior desafio será manter os votos da Dilma aqui no Maranhão, pois representa o reconhecimento do povo aos benefícios feitos pelo Brasil e pelo Maranhão.

MA 247 - São muitos os desafios do PT no Maranhão?

Berenice - Certamente. O principal deles é trabalharmos a nossa própria imagem que é muito associada às disputas internas e reconstruirmos a nossa identidade política, de um partido de esquerda que se renova, que enfrenta as contradições com a clareza de que as alianças são conjunturais. O nosso maior desafio é reinventar a política, diferentemente daqueles que negam a política, pois negar a política é negar a própria democracia. Reinventar a política significa refletir também sobre a formação de novas lideranças não apenas no PT, mas cabe ao movimento social também. Às vezes, temos a impressão de que em muitas organizações são as mesmas pessoas há mais de 20 anos quando eu era estudante ainda. E a crítica centra-se no combate à oligarquia. Também faz parte do nosso desafio, apostar na juventude, na capacidade das mulheres, no desenvolvimento do Estado, a partir dos municípios. São desafios que implicam em repensarmos os nossos papéis.


Jornalista atingida com tiro no pescoço durante assalto em São Luis



Durante assalto a uma casa lotérica, no bairro do Turu, na noite desta quarta-feira (16), uma jornalista foi atingida na altura do pescoço por uma bala perdida, informações dão conta de que o tiro teria sido de raspão.

A jornalista foi identificada como sendo, Daniele Bello, assessora da Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (Fiema), ela foi socorrida e levada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Araçagi e depois transferida para o Hospital Geral.

O estado de saúde de Daniele é estável, e ela não corre risco de morte.


quarta-feira, 16 de abril de 2014

Antônio Pereira consegue a recuperação da rodovia que interliga Grajaú a Arame


 O deputado Antônio Pereira (DEM) anunciou na quarta-feira (16) que, a seu pedido, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Infraestrutura (Sinfra), já começou os serviços de recuperação aos 125km da camada asfáltica da MA-006, no trecho de Arame a Grajaú, localizados na Região Central do Maranhão. 

O anúncio foi feito depois que Antônio Pereira participou da reunião para tratar da imediata recuperação da rodovia com o diretor-geral do Departamento Estadual de Infraestrutura e Transportes (Deint), Dr. Antônio Garrido, acompanhado do prefeito de Grajaú, Capitão Otsuka, e do vereador Dudu, de Arame. 

Na reunião, o democrata disse que o povo cobra a imediata recuperação da MA 006, que está tomada pelas crateras, causando prejuízos aos motoristas e acidentes com vítimas fatais. A obra beneficia também milhares de pessoas de Buriticupu, Formosa da Serra Negra, Fortaleza dos Nogueiras e Balsas. 

Antônio Pereira informou que a recuperação da rodovia beneficia, também, importantes povoados, como a Vila Faísa e a Vila do Incra, localidades que concentram forte atividade agrícola e comercial, e abastecem as milhares de pessoas dos diversos assentamentos de reforma agrária da Região Central do Maranhão. 

TRABALHO DESTACADO 

O parlamentar agradeceu à governadora pela obra, que beneficia pequenos agricultores e comerciantes, que lutavam pela recuperação da rodovia estadual, considerada a espinha dorsal para escoar produtos agrícolas e transportar mercadorias e passageiros entre Arame, Grajaú e o cruzamento da BR-316.

Em nome da população de Grajaú e de Arame, o prefeito Capitão Otsuka e o vereador Dudu também agradeceram à governadora Roseana Sarney pela recuperação da MA-006. Ambos destacaram a luta do deputado Antônio Pereira, junto ao Governo do Estado, para conseguir a recuperação da rodovia estadual.

Assecom/Antônio Pereira

Criança de nove anos executada com três tiros de pistola em São Luis





Uma menina de apenas nove anos de idade, sai de casa por volta das 16h00 desta terça-feira (15), para ir até a padaria que fica próxima de sua casa comprar pães, ela mora na Vila Cruzado, periferia de São Luis, cidade com mais de um milhão de habitantes, capital do estado do Maranhão e a 15ª cidade mais violenta do mundo segundo Levantamento do Escritório da ONU de Crimes e Drogas (UNODC).

Ela não sabe, mais infelizmente não vai voltar com vida para casa. Inocente, caminha feliz pelas ruelas da Vila Cruzado, de repente, sua trajetória é interrompida de forma covarde, brutal e desumana.

Três tiros de pistola ponto 40 (arma de uso exclusivo das forças policiais) atingem o frágil corpo da pequena Jandyara da Silva Sá, o impacto dos projeteis lançam a criança ao solo, onde cai ensanguentada e desfalecida. Agonizando Jandyara é socorrida e levada a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro do Vinhais, onde chega sem vida.

Os Sonhos, fantasias, desejos e esperanças da pequena Jandyara da Silva Sá, foram interrompidos de modo cruel e incompressível. A família impotente, desnorteada e atônita, chora a perda irreparável. 

Segundo informações de populares, os tiros que mataram Jandyara, foram disparados por ocupantes de um veículo modelo Corsa de cor preto, o alvo dos atiradores seria um jovem morador do bairro, identificado como Felipe Ribeiro. Suspeita-se que a ação tenha sido comandada por integrantes de uma facção criminosa que domina o tráfico de drogas na região.

Após a confirmação da morte da criança, jornais, rádios, emissoras de TV, blogues e portais de noticias passaram a enfatizar o crime hediondo, muitas criticas e protestos de populares que comovidos comentam e condenam o ato de barbárie. 

Infelizmente, os protestos, críticas e sentimentos de pêsames e de pesar da maioria das pessoas, são apenas gestos mentirosos e hipócritas que não contribuem em nada para solucionar o problema e evitar que crianças, adolescentes e jovens inocentes continuem sendo exterminados de forma covarde e violenta por bandidos, delinquentes e marginais.

Jandyara da Silva Sá, passará a ser apenas mais um numero nas estatistas de violência do estado e da cidade, mais uma manchete e uma reportagem para os jornalistas, dentro de alguns dias ou horas, surgirá um novo caso e Jandyra cairá no esquecimento, tudo voltará a ser como antes, com se nada tivesse acontecido, afinal a sociedade cada dia maus individualista e egoísta segue anestesiada e dopada diante da violência e do sofrimento do próximo. 

A secretaria de Segurança do estado divulgou nota sobre o caso: 

Polícia investiga morte de menina no Vicente Fialho


Equipes da Delegacia de Homicídios e do 7º Distrito Policial (Turu) estão em diligências a fim de colher informações que levem a identificação dos envolvidos no homicídio que vitimou a criança Jandiara da Silva Sá, de 9 anos, fato ocorrido na noite da última terça-feira (15).

Segundo informações policiais, a menina foi vítima de uma bala perdida no bairro Vicente Fialho. O crime ocorreu na Rua São João, próximo à Igreja Católica. A menina chegou a ser socorrida e encaminhada a Unidade de Pronto-Atendimento do Vinhais, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu na unidade hospitalar.

No tiroteio, uma segunda vítima, identificada como Ediomar Pereira Costa, de 54 anos, também foi alvejada, mas está fora de perigo.

De acordo com informações do Centro Integrado de Operações de Segurança (CIOPS), dois homens em um veículo Corsa Classic, de cor prata teriam ido ao bairro procurar um traficante.

PC do B em cima do muro escancara oportunismo e incoerência






Já que o Partido Comunista do Brasil PC do B no Maranhão através de sua maior liderança no estado, o pré candidato a governador Flávio Dino aliou-se ao neo liberal PSDB de FHC e Aécio, vale a pena perguntar ao pré candidato, e aos novos e históricos pseudos comunistas e petistas: 

01- Qual é o melhor projeto de governo para administrar o Brasil nos próximos quatro anos?? o do PSDB, do PT ou do PSB?? ou tanto faz, todos são iguais??

02 -Quem estar mais preparado para governar o pais?? Dilma, Aécio ou Eduardo Campos???

03 -Continuamos com o modelo atual, Lula é Dilma e Dilma é Lula ?? 

04 -Voltamos aos tempos de FHC com Aécio e o PSDB?? 

05 -ou testamos Eduardo Campos que durante dez (10) anos foi governo ao lado do PT e agora diz ser oposição??

06- Ou o PC do B no Maranhão não tem candidato a presidente, para Flavio Dino tanto faz qualquer um que ganhar é a mesma coisa??

Engraçado quem gosta de ficar em cima do muro é tucano, mas neste caso comunista também adora um muro.

O site do PC do B  diz que ser comunista é:

 "Militar no Partido Comunista significa atuar organizadamente com outras pessoas que objetivam a transformação revolucionária da sociedade. Hoje significa retomar o processo revolucionário, inaugurado pela Comuna de Paris em 1871 e iniciado pela Revolução Russa de 1917 visando a superação da sociedade capitalista. Significa, na atuação cotidiana, ter a perspectiva programática do socialismo - envolver o encadeamento de um conjunto de lutas políticas, econômicas e sociais que objetivam a substituição do capitalismo por uma forma superior de organização social".

Para o PC do B maranhense apoiar o PSDB é atuar organizadamente com outras pessoas que objetivam a transformação revolucionária da sociedade? ou significa retomar o processo revolucionário, inaugurado pela Comuna de Paris em 1871 e iniciado pela Revolução Russa de 1917 visando a superação da sociedade capitalista?



terça-feira, 15 de abril de 2014

Lula critica postura antiética de Flávio Dino


Lula diz que não existe a menor hipótese do PT apoiar o PC do B no Maranhão 



A tentativa de Flávio Dino de usar as imagens do PT, Lula e Dilma em sua pré campanha foi duramente criticada e repelida por Lula, que classificou o comunista de antiético. 







O encontro entre o pré candidato ao governo do Maranhão senador Lobão Filho (PMDB) e o ex-presidente da república, estrela maior do PT, Luis Inácio Lula da Silva, nesta segunda-feira (14), na sede do Instituto Lula, em São Paulo, colocou uma pá de cal nas pretensões dos aloprados que realizaram neste domingo (13), um ato de suposto apoio da ala radical petista ao pré candidato ao governo do estado, Flávio Dino (PC do B).

Além de causar constrangimento e mal estar no membros do PT maranhense, o evento foi claramente desautorizado e rechaçado pelo nome maior do Partido dos Trabalhadores, Luis Inácio Lula da Silva. 

O ex-presidente diz com todas as letras não existir a menor possibilidade do PT apoiar o candidato do PC do B, Lula criticou duramente Flávio Dino a quem classificou de antiético. 
Precisa dizer mais alguma coisa? acredito que não, Lula disse tudo, dirimiu todas as duvidas a resposta aos rebeldes e insatisfeitos está ai, foi feita na hora certa e com todas as letras.
No encontro que contou também com a presença do ministro de minas e energia Edson Lobão (PMDB), o ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva (PT) fez duras críticas à postura e ao modelo de fazer política do ex-presidente da Embratur e pré-candidato ao Governo do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB). De acordo com o senador Edison Lobão Filho (PMDB), no encontro de ontem, Lula classificou Dino de antiético e rechaçou apoio ao comunista na eleição de outubro.

“Ele foi muito claro e isso eu posso falar para você sem problema nenhum, de que não há a menor hipótese de ele apoiar o Flávio Dino. Lula não acredita ser correta a posição de Flávio, em oferecer palanques para vários candidatos presidenciais. Ele acha isso falta de ética. Agora, no meu palanque só subirá Dilma. Não subirá Aécio ou Eduardo Campos, será um palanque puro sangue”, disse.

Lula critica o fato de Flávio Dino ter consolidado aliança, ainda em 2012, com o PSB, comandado pelo presidenciável Eduardo Campos, e mesmo assim ainda estar negociando espaços na chapa majoritária com o PSDB e tentando atrair o PT para o seu palanque.

Lobão Filho assegura ter recebido a garantia de apoio “incondicional” de Lula e do PT à sua candidatura, o senador afirmou ainda, ter saído bastante satisfeito do encontro, que, segundo ele, ocorreu de forma descontraída e serviu tão somente para confirmar a tese de reedição da aliança do PT com o PMDB no Maranhão. “Lula ficou bastante entusiasmado com a minha candidatura e disse que o seu apoio e o apoio da presidente [Dilma Rousseff PT] serão incondicionais ao meu nome. O nosso palanque será de puro sangue, essa é a garantia”, afirmou.


Foto: Heinrich Aikawa/ Instituto Lula
Com: Informações editadas do Jornal O Estado


segunda-feira, 14 de abril de 2014

Na Feme paciente é orientada a comprar luvas para receber aplicação de medicamento





Uma senhora de 44 anos, procurou este blogue para externar toda sua revolta com o tratamento recebido em um órgão público. 

Ao procurar a Farmácia Estadual de Medicamentos Especializados (Feme), na manhã desta segunda-feira (14), - como faz todos os meses -, para receber a aplicação de Zoladex 3,6 mg (Produto Refrigerado) injetável, a paciente foi informada que o medicamento estava disponível mas não seria possível realizar a aplicação devido a falta de luvas.

A atendente orientou a mulher a voltar para casa, comprar um par de luvas e retornar no dia seguinte com as luvas, só assim seria possível atende-la. Depois de muito argumentar sem obter nenhum sucesso a mulher foi obrigada a voltar para casa sem receber a medicação, ela deve voltar na terça-feira com as luvas se quiser receber a aa aplicação do medicamento. 

Tenho certeza que o secretario de Estado da Saúde Ricardo Murad não tem conhecimento de que fatos com este acontecem na Feme, acredito que medidas serão tomadas para corrigir o problema.

O paradoxo é que, referência no atendimento de milhares de pessoas portadoras de doenças graves e que necessitam de medicamentos caros, a Farmácia Estadual de Medicamentos Especializados (Feme), na Praia Grande, realiza uma media de 12 mil a 15 mil atendimentos mensais, com uma relação de 236 tipos de medicamentos disponíveis para distribuição gratuita à população maranhense.

Alguns destes medicamentos chegam a custar cerca de R$ 1.500,00, valor que seria inviável para maioria dos usuários. A Feme atende pacientes portadores de doenças raras, crônicas ou que necessitam de tratamento especial, com uma media de 12 mil a 15 mil atendimentos mensais.






Prefeito do PSB vai à justiça para calar vozes dissidentes nas redes sociais



Em um ciberespaço cada vez mais amplo, e que cresce de forma exponencial, a sociedade do seculo XXI vive sob o domínio de uma nova ordem e de uma nova era.

A era da cibercultura é definida como sendo a era em que a cultura contemporânea é fortemente marcada pelas tecnologias digitais. O avanço da internet vem popularizando cada vez mais as redes de relacionamentos, com o advento das novas tecnologias ocorreram profundas mudanças no modo de ver, sentir, interpretar e avaliar os fatos. 

Se antes a informação era unilateral e o receptor era passivo, não tinha meios para interagir com os emissores que ocupavam a posição privilegiada de mediadores e formadores de opinião, o que eles falavam era tido como verdade absoluta, na era da cibercultura este emissor ocupou o centro do debate, deixou de ser mero coadjuvante e passou a ser o ator principal, o cidadão comum agora tem como interagir, responder, contestar, criticar, e até concordar caso o fato seja verdadeiro, além disso, este receptor agora também é emissor de informação, ele não só recebe mas também produz informação.

Esta mudança brusca e radical de papeis, vem mexendo com os interesses e pretensões de algumas antigas lideranças, que imaginavam ter o controle da situação, pensavam que estavam ganhando o jogo, e por isso se acomodaram, fizeram sempre a mesma coisa a vida inteira e sempre deu certo, porque mudar? dormiram sobre os louros da vitoria e acordaram derrotados e saqueados, os tempos mudaram e só eles não perceberam, foram pegos de calça curtas.

Perdidos e atordoados na era da cibercultura, eles decidem entrar pelo caminho errado, ao invés de se atualizarem e admitir que os tempos mudaram, preferem lutar contra moinhos de vento. De forma autoritária e ditatorial buscam a justiça, batem a porta dos tribunais em busca de apoio para calar os receptores que agora parecem incomodar, já que não são mais passivos, e passaram a falar demais, fato que tem gerado muito incomodo e constrangimento aos antes calmos e acomodados emissores, senhores absoluto da verdade, os tempos mudaram e só eles não viram.

UM exemplo claro desta transformação, é o fato do ex-deputado federal, e atual prefeito do município maranhense de Timon, Luciano Leitoa (PSB), distribuir nota a imprensa informado que  ingressará na Justiça contra um grupo de pessoas que, nos últimos meses, vem injuriando e caluniando a sua pessoa através de identidades falsas (fakes) nas redes sociais, em especial no Facebook, segundo ele com evidentes propósitos políticos.

O prefeito precisa ser alertado que os tempos são outros, na era da cibercultura todos podem produzir informações e além disso interagir com aqueles que antes eram senhores da "verdade absoluta," além disso, o estado democrático de direito garante ampla e irrestrita liberdade de expressão. 

Ao invés de buscar a solução na justiça, o gestor deveria cercar se de  uma assessoria de comunicação capacitada e eficiente, com condições de interagir de forma democrática com estas novas vozes que são na verdade os  novos cidadãos digitais que estão saindo aos milhões da exclusão digital e que podem facilmente decidir uma eleição. Vê-los como inimigos é uma estrategia errada e prejudicial. 

Leia na integra a nota divulgada pelo prefeito de Timon Luciano Leitoa(PSB)


NOTA ÀS FAMÍLIAS TIMONENSES

Na próxima terça-feira, dia 15, eu, Luciano Leitoa, na qualidade de cidadão e pai de família, ingressarei na Justiça contra um grupo de pessoas que, nos últimos meses, através de identidades falsas (fakes) vem se dedicando a me injuriar e caluniar nas redes sociais, em especial no Facebook, com evidentes propósitos políticos.

A denúncia será acompanhada de farto material documental que revelará a identidade dos que agem criminosamente visando construir negativamente minha imagem, contrária aos valores sociais compartilhados pelas famílias timonenses. Os documentos mostrarão ainda que agem em grupo, de modo articulado, com estratégias combinadas para disseminar pelas redes mentiras que atingem minha honra pessoal.

Não receio a crítica política, por mais dura que seja, ainda que possa ser injusta. Faz parte do jogo democrático. Outra coisa, bem diferente, é quando a crítica transforma-se em insulto, em deboche, acobertada por identidades falsas próprias de covardes. Aí não me resta alternativa senão denunciar e aguardar o pronunciamento sereno da justiça para adoção das medidas cabíveis para apuração das responsabilidades cíveis e criminais.

Como pai de família não posso permitir que prospere, sem qualquer elemento de verossimilhança, acusações torpes como as que me associam ao uso de drogas e outras do mesmo nível. Quem me conhece pessoalmente sabe que são mentiras absurdas. Mas os criminosos apostam na máxima de origem nazista que afirma que uma mentira dita mil vezes acaba se transformando em verdade.

Em respeito aos meus filhos, aos meus pais e à minha esposa tomei a decisão de denunciar publicamente os autores da infâmia para que venham responder à luz do dia pelos atos que engendram na sombra do anonimato. A população de Timon tirará as conclusões, tão logo saiba quem são os covardes.

O interesse político é evidente pela origem e pelo alvo dos agressores. Basta ver que tão logo foi anunciado o nome de Rafael Leitoa como provável pré-candidato a uma vaga de deputado estadual, imediatamente os mesmos fakes passaram a orquestrar postagens o associando ao consumo de bebidas alcoólicas. Na falta de argumentos políticos, na falta de ideias, sobram a calúnia e a injúria.

Toda Timon é testemunha de que me elegi com uma campanha limpa, sem jamais atacar qualquer adversário. Propugnei por uma nova política, no campo das ideias. Tenho lutado dia e noite para conduzir o Governo em termos cordatos e com republicana urbanidade com a oposição. Disso não me afastarei. Mas não me peçam para calar quando atingem o meu maior capital, que é a honra que norteia meus passos de cidadão e pai de família.

Evento pró-Dino causa mal estar no PT e provoca revanche, vem ai ato pró-Lobão Filho

Causou mal estar e constrangimento na direção estadual do PT no Maranhão um ato de suposto apoio da legenda ao pré candidato ao governo do estado, Flávio Dino (PC do B), realizado neste domingo (13), na capital maranhense.

O ato foi orquestrado pelo secretário municipal de articulação institucional em Brasilia, Márcio Jardim, e contou com a participação da ala petista que é contraria a aliança PT/PMDB.

Pois bem, o secretario estadual do PT no maranhão, Raimundo Monteiro, já havia alertado para a ilegalidade e a nulidade de tal evento, em entrevista ao jornalista Diego Emir, segundo Monteiro o evento não ajuda em nada o partido, pelo contrario, desagrega.

Monteiro disse que este encontro não "tem valor nenhum", alertou ainda "Estamos em uma luta para encontrar a unidade do partido, e infelizmente companheiros realizam está atividade que só prejudica a imagem do PT", Monteiro enfatizou que conforme comunicado do Diretório Nacional, o evento não tem nenhum valor legal além de constitui se em um erro grosseiro associar a imagem de Lula e Dilma ao pré candidato Flavio Dino que já declarou apoio ao presidencial Eduardo Campos (PSB), inimigo declarado de Dilma e Lula.

Após a realização do evento pró Flávio Dino, Petistas que defendem a aliança PT/PMDB decidiram revidar e organizar uma ato pro Edison Lobão Filho (PMDB) em resposta ao evento deste domingo.

A ideia é defendida pelo ex-coordenador das campanhas de Lula e Dilma, Evandro Sousa.

Sousa, que é um dos quadros da corrente Construindo um Novo Brasil (CNB), afirmou ao Blog do Robert Lobato que os petistas que defendem a aliança com o PMDB não podem assistir passivos ao encontro da Resistência Petista, que só serviu, no seu entendimento, para dar espaço aos adversários do PT, tais como o PSB, cujo candidato a presidente do Brasil é o pernambucano Eduardo Campos, que tem tido uma posição anti-Dilma nesta pr...CONTINUE LENDO


Com informações obtidas e editadas do Blog do Robert Lobato e do jornalista Diego Emir

domingo, 13 de abril de 2014

Um exemplo de dignidade

Com o titulo Um exemplo de dignidade, o senador e ex-presidente da republica, José Sarney publicou artigo em sua coluna semanal neste domingo (13), elogiando a figura do ex-pré candidato ao governo do estado do Maranhão, ex-prefeito de São José de Ribamar e ex-secretário de estado Luis Fernando. 

Vale ressaltar que José Sarney é o segundo a sair em defesa de Luis Fernando, antes tivemos apenas o ex-secretario Hildo Rocha que em nota fez largos elogios ao ex-secretario Luis Fernando.  

LEIA O ARTIGO AQUI:

Um exemplo de dignidade


É do Antonio Carlos, o mineiro em que o Getúlio passou a perna, a frase de que a "política é como uma nuvem, muda a cada minuto". E eu acredito sempre que a maior certeza que se observa na política, numa análise que não seja restrita ao imediato, é que o impossível sempre acontece.

A renúncia, com o gesto do Jânio meio incompreensível e alucinado, maculou-a, mas é sempre, em meio ao idealismo humano, uma atitude de grandeza, quando é motivada por atitudes nobres. Acabamos de assistir a uma que merece o nosso respeito e engrandece um homem público. Luis Fernando, um homem de grande virtude, honrado, competente, inteligente, experiente, acaba de nos dar um exemplo de que a política não é isso o que em geral se procura construir e que os políticos não são esses demônios que pintam.

A maior aspiração de um político é governar o seu estado. Só depois podem vir outras. Pois bem, num momento em que todos arrancam os cabelos e não abrem mão de nada, Luis Fernando nos dá esse exemplo. Saiu sem ódio, sem criar problemas, sem atribuir a ninguém o seu gesto e dono de uma tranquilidade e uma firmeza de convicção que nos faz ter nele um exemplo.

O comunicado que ele fez é uma peça que merece ficar inscrita nos anais de nossa vida política. Reconhece que foi escolhido candidato, e se houve com grande dignidade nessa condição, que "no mundo político as condições se alteram, no interesse do êxito eleitoral".

Outros não examinariam esse aspecto. O desejo do poder é maior e lutaria contra tudo e todos, sem essa avaliação. Acrescente-se mais que ninguém lhe cobrou esse balanço e em torno dele estávamos certos de que teríamos uma grande vitória. Ele foi escolhido pelas suas qualidades e pelo seu passado.

No governo, como secretário em duas pastas, fez um trabalho extraordinário, semeando obras no Maranhão inteiro, viajando por todo o nosso território e procurando unir, sem criar incompatibilidades nem encher o peito de presunção com a sua candidatura. Manteve a humildade, pautou-se pela decência e mesmo tendo deixado a disputa é um nome que merece o nosso respeito e continuará a servir ao Maranhão.

Ajudou o estado e saiu com o mesmo afeto a Roseana, dentro do mesmo grupo de seus amigos e disposto a lutar com o mesmo espírito público e com a mesma força.

A ele, Luis Fernando, nossa homenagem pela conduta correta, digna, como soube entrar e soube sair, sem nenhum arranhão em sua personalidade, dignidade e honradez, fidelidade e competência, pronto para outros desafios.



COLUNA DO SARNEY
13/04/2014

Pseudojornalismo ou deboche arrogante??






O mercado está lotado de "jornalistas" deste tipo, é possível encontrar exemplares da espécie em todos os ambientes, fato que contribuem de forma decisiva para aumentar o descredito da categoria, vale ler o interessante artigo do advogado Almir Moreira: 


Por: Almir Moreira, advogado.

O deboche é a marca de certo tipo de “jornalista” hoje em dia; palpiteiro sobre tudo, se julga superior às convenções sociais, mal percebendo ser ele próprio a figura mais convencional destes tempos. E que tempos! Tempos onde, de mãos dadas com a idiotia, celebram e incentivam a mediocridade, embora vivamos diante da maior quantidade de informação que uma geração já teve ao seu dispor. Acredita que é bom, que é legal e que no final tudo vai dar certo para si e, por sua força, para todos, mas sob seus caprichos, sua ideologia. Afinal, é assim que sempre acontece na novela barata. 

Na Chapada há “jornalista” desse tipo, ignorante, presunçoso, que se arroga o fato de conhecer e saber sobre assuntos e temas de que não teve nem leituras marginais, introdutórias, só ouviu falar, e que, acuado no bom debate, recorre ao espetáculo ridículo. Enche a boca para criticar, refutar uma frase dita a esmo, fuça a vida íntima e, rechonchudo de ignorância letárgica, apela descaradamente para meios ardilosos, como fuga de argumentar. 

Chamado para o debate, gente assim, amante do embate, amante do sentimento de grupo, treinada em balbuciar chavões, soca a viola no saco e, como o covarde, embosca para matar, usa artifícios desqualificadores como arma de ataque; às vezes a tolice e a burrice são tão grandes que se esquece: no histórico de sua vida, há espaços para caricaturas de todo jeito, desde as mais hilárias até as mais maledicentes, e pelo ferro com que feriu pode ser ferido. 

O ataque a opositor, cujo argumento lhe falta, é sem tréguas nem misericórdia, só tem um fim: a demolição moral. Cartilha velha, surrada, mas em voga. A desfaçatez é tão grande que, acometido de um alheamento, de um autismo sobre o passado e o presente, desconhece o que passou, por conta de com quem andou. Na falta da explicação moralmente aceitável, recorre à velha prática autoritária, deixar o dito pelo não dito, nisso vai se esmerando. 

Inepto no jogo do argumento, não formula nem refuta ideias, lixo como esse não merece outro tratamento, há de ser repugnado por incapacidade de promover diálogo aberto, franco e isento de paixão ideológica; deboche e pornografia, instrumentos recorrentes na “escrita” de tipos como esse, jamais podem ser considerados como de uso legítimo para fomentar ideias. 

"Jornalista" desse tamanho lembra o dito por Goethe: “Onde há muita luz, as sombras são mais profundas.”



Ao voltar de show, jovem maranhense morre em capotamento



Mais uma vida que se vai de forma precoce, abrupta e violenta, mais um vitima da imprudência e da intolerância no transito. Definitivamente álcool e direção não combinam. Familiares e amigos choram enlutados a perda e a partida precoce da linda jovem Mikaely Lima. 

Depois de participarem de uma festa durante toda a madrugada em uma casa de Shows, cinco jovens que ocupavam um veiculo modelo Celta foram vitimas de um grave acidente de transito na manhã deste sábado (12), que resultou em quatro feridos e um morto.

O veículo modelo Celta de placa OEF 2632-Parnaíba-PI, conduzido por Júlio Costa , capotou no meio da pista, em uma das Avenidas mais movimentadas da cidade, o forte impacto do capotamento lançou o carro em cima do canteiro central.

O grave acidente aconteceu na avenida São Sebastião, próximo ao Pode Ser Motel, em Parnaíba-PI. O veículo seguia sentido Mirante, eles retornavam de uma festa ocorrida no M. Shows. 

Os cinco ocupantes do Celta foram socorridos e encaminhados em estado grave para o Pronto Socorro do Hospital Estadual. as vitimas foram identificadas com sendo: Júlio Costa, - condutor do veiculo - Sara Ravana Gomes de Araújo, Maria Carolyne Araújo, Aírton de Sousa Lima e a jovem Mikaely Lima Gomes de 18 anos, ela não resistiu aos graves ferimentos e morreu momentos depois de dar entrada no pronto socorro.

Após passar por necropsia no IML, o corpo de Mikaely foi liberado e transladado para a cidade  maranhense de Magalhães de Almeida, onde deverá ser velado e sepultado.