Idade não é nada. Respeito é tudo!

Idade não é nada. Respeito é tudo!

quinta-feira, 29 de junho de 2017

Santa Inês - Acusado de matar ex-companheira é condenado a 25 anos de reclusão




De acordo com os autos, o crime foi praticado no dia 29 de janeiro de 2014, por volta da meia-noite, na casa da vítima, quando o acusado teria pedido para conversar com a vítima, que o deixou entrar na residência. Ato contínuo, o réu teria iniciado uma discussão com a ex-companheira, cobrando da mesma uma explicação para uma suposta traição cometida por ela anos antes. Na ocasião, sem permitir qualquer chance de defesa desferiu contra a vítima os golpes de martelo que a mataram. Ainda de acordo com os autos, na ocasião o acusado se fazia acompanhar da atual companheira, Halleyssa.

Em júri promovido pela 3ª vara da comarca de Santa Inês nessa terça-feira, 27, Paulo José Gonçalves Filho foi condenado a 25 anos de reclusão pela acusação de homicídio praticado contra a ex-companheira, Maria Antonia Lago dos Santos. A pena deve ser cumprida em regime inicialmente fechado, na Penitenciária de Pedrinhas. Por decisão do Conselho de Sentença, outra acusada pelo crime, Halleyssa Diniz Pinheiro, atual companheira do réu, foi absolvida da acusação. Presidiu o julgamento a juíza Kariny Reis Bogéa Santos, titular da vara.

No julgamento, por maioria dos votos o Conselho de Sentença reconheceu que Haleyssa concorreu para o homicídio, uma vez que teria premeditado o crime junto com Paulo José, além de incentivá-lo a praticar o delito, acompanhando-o à casa da vítima e aguardando a consumação do homicídio para dar fuga ao réu. Ainda por maioria de votos, o Conselho de Sentença decidiu pela absolvição da acusada.

Na sentença, a magistrada ressalta a culpabilidade exacerbada verificada na conduta do réu que ceifou a vida da ex-companheira com a qual conviveu por 15 anos e com quem teve uma filha.

Definindo como altamente reprovável o motivo do crime - uma suposta traição - a juíza destaca o fato da filha do casal ter ficado órfã de mãe e ainda ter de conviver com o fato de que o próprio pai matou a mãe.

quarta-feira, 28 de junho de 2017

Delegado, escrivã, investigador, carcereiro, e um advogado são presos em Açailândia


 Delegado e mais quatro pessoas são presas por corrupção a pedido do MPMA


Foram presos preventivamente, na manhã desta quarta-feira, 29, no município de Açailândia, o delegado da Polícia Civil Thiago Gardon Filippini, a escrivã Silvya Helena Alves, o investigador Glauber Santos da Costa, o carcereiro Mauri Celio da Costa Silva e o advogado Eric Nascimento Carosi. Eles são suspeitos de compor uma organização criminosa e das práticas dos crimes de concussão e corrupção passiva. Os presos já se encontram em São Luís.

Consta nos autos que os envolvidos cobravam dinheiro para livrar cidadãos da prisão em flagrante. Em algumas situações, o conduzido havia sido, de fato, surpreendido cometendo alguma prática ilegal. Em outras, a prisão em flagrante era forjada pelos envolvidos.

A prisão preventiva foi solicitada por meio de parecer da promotora de justiça Camila Gaspar Leite, da Comarca de Açailândia. Decretou a prisão o juiz Francisco Ronaldo Maciel Oliveira.

Os envolvidos Thiago Gardon Filippini, Silvya Helena Alves e Glauber Santos da Costa também tiveram suspensos o porte de arma de fogo e o exercício da função pública.

MODUS OPERANDI

Pessoas que estavam em situação de flagrante eram conduzidas até a delegacia pelo investigador Glauber da Costa e pelo carcereiro Mauri Celio Silva. No local, o delegado Thiago Filippini dava ou não a autorização para a cobrança de propina. Quando havia permissão, Silvya Alves e Glauber da Costa contactavam o advogado Eric Carosi, que se apresentava ao conduzido e intermediava o acordo com o delegado. Os valores eram divididos entre os suspeitos do crime.

Miranda do Norte: em sete dias, polícia desbarata duas quadrilhas suspeitas de furtar combustível em trens da Vale


   
Uma semana depois de três pessoas terem sido presas em flagrante em Miranda do Norte, - ENTENDA O CASO - acusadas de roubar combustíveis em vagões dos trens da Vale. A policia voltou a prender na noite desta terça-feira (27), outro trio acusado da mesma pratica delituosa. 

Em operação de rotina policiais civis da DEPOL de Miranda do Norte, tiraram de circulação mais uma quadrilha especializada no furto de combustível em vagões dos trens da Vale. O trio preso na localidade Cariongo, foi identificado com sendo: José de Ribamar Silva, apelido (Caruncho), sua esposa Maria de Fátima e Raimundo Rodrigues, apelido: (Preto).  

Com os suspeitos foram apreendidos cerca de catorze galões de combustível, mangueiras, ferramentas usada para romper e violar a aberturas dos reservatórios das  locomotivas, celulares, e um veículo D-20, cor branca, placa HOO 5353, que seria usado para trasportar o produto fruto da ação criminosa.

A Polícia Civil em Miranda do Norte, sob o comando do Delegado José Souza Costa Junior, vem desenvolvendo ampla investigação sobre o roubo de combustíveis na região, o trio preso nesta terça, já vinha sendo monitorado há alguns meses.
     
A operação que resultou no desbaramento da quadrilha, contou com apoio de homens da segurança privada da empresa Prosegur coordenada pela supervisora de segurança CANDIDO. 

Os detidos foram conduzidos a DEPOL de Miranda do Norte, onde foram apresentados ao Delegado José Souza Costa Junior que os atuou pelos crimes de associação criminosa, receptação, e furto qualificado, e logo em seguida os encaminhou para a UPR de Itapecuru. Onde ficarão a disposição da Justiça.

Eliziane Gama pede que parlamentares aceitem denúncia da PGR contra Temer



Nós, que admitimos o andamento do impeachment da presidente Dilma, não poderíamos deixar de agir da mesma maneira com Temer. Seria um caso de dois pesos e duas medidas não admitirmos o prosseguimento da denúncia de corrupção passiva, obstrução da Justiça e formação de quadrilha” Eliziane Gama.



Deputada que pediu convocação de Cunha em CPI pede que Câmara autorize STF a processar Temer

A deputada federal Eliziane Gama (PPS-MA) defendeu na noite desta terça-feira, em discurso no plenário da Câmara, que a Casa autorize o prosseguimento da denúncia de corrupção passiva apresentada pelo procurador-geral da República Rodrigo Janot contra o presidente Michel Temer. Com isso, o Supremo Tribunal Federal (STF) poderia dar prosseguimento ao caso e abrir processo contra o peemedebista. Temer é acusado de ser destinatário de R$ 500 mil reais pagos por um representante do grupo JBS a seu ex-assessor especial, deputado afastado Rodrigo Rocha Loures. A propina teria como contrapartida a ajuda governamental para resolver pendências do grupo empresarial com estatais e outros órgãos do governo.





“Eu queria evocar os parlamentares para admitirmos aqui a denúncia feita pela Procuradoria Geral da República. Nós, que admitimos o andamento do impeachment da presidente Dilma, não poderíamos deixar de agir da mesma maneira com Temer. Seria um caso de dois pesos e duas medidas não admitirmos o prosseguimento da denúncia de corrupção passiva, obstrução da Justiça e formação de quadrilha”, alertou a parlamentar.

Para Eliziane Gama, trata-se de um caso grave e sério que envolve o presidente da República e que precisa de uma resposta firme do Legislativo. “O presidente da República é investigado e isso não pode passar incólume nesta Casa. A nossa torcida é por um tratamento isonômico. É uma resposta que essa Casa dará para a população brasileira”, defendeu a deputada.

Hildo Rocha prestigia manifestações culturais em Buritirana e São José de Ribamar



“O Maranhão possui uma cultura popular riquíssima. Em cada município maranhense encontramos grupos folclóricos que são os verdadeiros responsáveis pela preservação das nossas tradições culturais. Tais brincadeiras e manifestações são merecedoras do nosso reconhecimento, devem ser valorizadas, respeitadas e estimuladas”, destacou Hildo Rocha.


O deputado federal Hildo Rocha participou, neste final de semana, de eventos culturais alusivos aos festejos juninos nos municípios de Buritirana (Região Tocantina) e São José de Ribamar (região metropolitana de São Luis).

Arraiá do Bom Menino

Rocha elogiou a iniciativa dos municípios que dão apoio formal à cultura maranhense e às brincadeiras regionais. “Em Buritirana, por exemplo, o prefeito Vagtônio Brandão organizou um bonito parque folclórico, instalado na praça de eventos da cidade, onde a população pode assistir a apresentações de bandas e inúmeras brincadeiras folclóricas”, disse o parlamentar.

“Se por um lado isso representa gastos para o município por outro há de se reconhecer que iniciativas dessa natureza, quando realizadas de forma criteriosa, contribuem para o aquecimento da economia, ajudam a estimular o comércio de alimentos, geram renda para muitas famílias”, salientou o deputado.

Além de Hildo Rocha, os deputados estaduais Léo Cunha e Antonio Pereira também prestigiaram o festejo junino de Buritirana.

São José de Ribamar

No município de São José de Ribamar, Hildo Rocha participou do tradicional festejo junino organizado pelo “Deputado Internacional”, líder comunitário da comunidade Bom Jardim. “Graças ao consistente trabalho do nosso querido líder Deputado Internacional tive a oportunidade de ser recebido pela comunidade de Bom Jardim onde novamente participei de mais um grandioso evento que contou com o apoio do prefeito Luis Fernando”, enfatizou Hildo Rocha.

Grande evento político deve marcar lançamento da pré-candidatura de Maura Jorge em São Luís




“A minha pré-candidatura não é uma vontade particular, não é uma imposição do meu partido, mas sim um grito e um apelo do povo para que tenha alguém que faça algo de diferente e traga melhorias para o nosso estado”

Ex-deputada estadual por quatro mandatos e ex-prefeita por oito anos, Maura Jorge (PODEMOS), sai na frente na disputa pelo governo do Maranhão. Além de reafirmar sua pré-candidatura, Maura mostra a garra e a determinação que lhe é peculiar ao afirmar: “estou decidida, não tem mais volta vou ser governadora”.

No sábado, dia 8 de julho, em um grande ato político no Hotel Luzeiros (Ponta do Farol), Maura lançará sua pré-candidatura ao governo do estado do Maranhão. O evento que de certa forma abre oficiosamente a corrida ao Palácio dos Leões, promete ser o acontecimento político do ano, e deve movimentar tanto a classe política, quanto a população em geral de todo o estado.  

Maura Jorge entra na disputa fortalecida não apenas com o amplo e irrestrito apoio da cúpula estadual e nacional do seu partido o Podemos  (ex-PTN), mas também com o respeito, apoio, simpatia, e preferência de imensa parcela dos maranhenses ao seu nome.


 “Com você ao meu lado, podemos construir uma nova história de prosperidade para o Maranhão”. Maura Jorge 

terça-feira, 27 de junho de 2017

Funcionários de terceirizada da Cemar são presos depois de cortarem energia de delegacia em São Luís




- Imagem ilustrativa -

Dois funcionários de uma empresa terceirizada que presta serviço para a CEMAR, foram presos na manhã desta terça-feira (27), em São Luís, depois que cortaram a energia elétrica do 5º Distrito Policial, localizado no bairro Anjo da Guarda. 


O Delegado Walter Vanderlei,que comanda o 5º DP, foi quem determinou a prisão dos funcionários da terceirizada, segundo ele, os dois devem responder pelo crime de danos ao patrimônio público. Já a CEMAR informou que os funcionários agiram corretamente e dentro dos procedimentos legais, já que a unidade consumidora em questão possuía pendências.

Em outras palavras, a delegacia estava com as contas de luz atrasadas, e ao invés de pagar os débitos, preferiu colocar na cadeia os dois trabalhadores que estavam apenas cumprindo a lei. 

A ação no minimo equivocada e atabalhoada, é um tapa na cara do cidadão trabalhador, e um recado para a sociedade, não precisa pagar a conta de energia, basta ameaçar e constranger os funcionários responsáveis pelo corte. 

A Secretaria de Estado da Segurança Pública não se manifestou sobre o caso       
Postagens mais antigas Página inicial

Clinica Santo André

Clinica Santo André