domingo, 14 de outubro de 2012

DILMA E ROSEANA INAUGURAM HIDRELÉTRICA DE ESTREITO NESTA QUARTA-FEIRA




Vai ser inaugurada oficialmente nesta quarta-feira (17), a Usina Hidrelétrica de estreito (UHE Estreito). O evento esta marcado para as 11h da manha e contará com a presença da Presidenta Dilma Rousseff, da governadora do Maranhão, Roseana Sarney, do ministro de Minas e energia, Edson Lobão

A Usina Hidrelétrica de Estreito (UHE Estreito), é um empreendimento de R$ 5 bilhões, construído no Rio Tocantins, na divisa dos estados do Maranhão e Tocantins. 

Com o acionamento da oitava turbina, a UHE Estreito vai colocar todas as unidades geradoras em operação comercial, e alcançar a potência instalada de 1.087 megawatts, o suficiente para atender à demanda de energia elétrica de uma cidade com 4 milhões de habitantes.

A construção da UHE Estreito, obra prioritária do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) do Governo Federal, teve início em 2007 e foi realizada pelo consórcio Ceste, formado pelas empresas Tractebel/GDF Suez (40,07%), Vale (30%), Alcoa (25,49%) e InterCement (4,44%).

Em cinco anos de construção, foram utilizados mais de 50 mil toneladas de aço, o que precisaria de 2 mil carretas para transportar todo o material. Já o volume de concreto utilizado na obra foi cerca de 1 milhão de metros cúbicos.

Dos 250 hectares previstos para serem reflorestados, já foram executados mais de 200 hectares. No total, o Ceste plantou cerca de 300 mil mudas, o equivalente a 1,5 mil mudas por hectare.

Além do seu potencial de produção energética, o consórcio vem desempenhando ainda um importante papel no desenvolvimento socioeconômico da região. Ao longo desses cinco anos, o Ceste gerou mais de 22 mil empregos diretos e indiretos. O volume de profissionais no mercado de trabalho local favoreceu movimento positivo na economia dos municípios, especialmente em relação à criação de novos empregos, com o consequente aumento na renda das famílias.


Mais



A UHE Estreito, um dos maiores empreendimentos de geração de energia elétrica no país e um dos projetos prioritários do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) do Governo Federal, teve suas obras civis iniciadas em 2007, logo após a emissão da licença de instalação pelo Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e de Recursos Naturais Renováveis (Ibama), em dezembro de 2006.

Um dos principais desafios conquistados pelo empreendimento foi o desvio do Rio Tocantins, pela estrutura do vertedouro, realizado em setembro de 2009. O procedimento possibilitou o início da construção da barragem da UHE Estreito.


Número



980 mil Foi o total de metros cúbicos de concreto utilizados nas obras civis da UHE Estreito.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Credibilidade é o nosso maior patrimônio

Nosso objetivo é fazer jornalismo com seriedade, produzindo conteúdo regional, sobre política, economia, sociedade e atualidade, na forma de opinião, editorial e criticas.

Não usamos de artifícios como sensacionalismo, imagens apelativas, chocantes ou degradantes, tampouco textos, frases, ou palavras chulas para obter acessos.

Não somos o primeiro a divulgar a informação, mas somos quem apresenta o conteúdo checado, aprofundado e diferenciado.

Aqui oferecemos aquele algo mais que ainda não foi dito, ou ainda não foi mostrado.

Noticias qualquer um pode divulgar, mas com apuração e seriedade só aqui.

Comentários anônimos, ou que contenham, palavrões, pornografia, ataques pessoais, calúnias ou difamações não serão publicados.

Jornalista Abimael Costa

Ouça a Rádio Voz de Arari

PLAYER

LG Contabilidade Pública

LG Contabilidade Pública

Clinica Santo André

Clinica Santo André

Ouça a Rádio Voz de Arari

PLAYER

Apoie, assine e compartilhe

Crie seu próprio questionário de feedback de usuário

REGISTRO - 1608/MA

REGISTRO - 1608/MA

O amanhã é hoje

O amanhã é hoje

DISQUE DENÚNCIA - MIRANDA DO NORTE

DISQUE DENÚNCIA - MIRANDA DO NORTE

...

...

GCL - CONSTRUÇÕES

GCL - CONSTRUÇÕES

Fale Comigo

Nome

E-mail *

Mensagem *