segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Deputado estadual denuncia que foi agredido por policiais do GTA





Um fato no minimo estranho e ainda não esclarecido totalmente, aconteceu com o Deputado Estadual, Carlos Filho (PRTB), ele que é da base aliada do governo, foi a tribuna da Assembleia Legislativa para fezer graves denuncias contra oito policiais do GTA, que na noite do ultimo domingo, teriam agredido o parlamentar em uma movimentada avenida da capital maranhense. 

A Secretaria de Segurança deve se pronunciar no sentido de esclarecer as acusações do deputado Carlos filho, que diga se de passagem, são gravíssimas

Duas frases pronunciadas pelo deputado chamam a atenção:

“Os policiais botaram arma na minha cabeça, me mandaram descer do carro. Tive que ficar encostado no carro e eles me revistaram todo, meteram arma em mim, no meu carro, mandaram que não olhasse para a cara deles porque eu era assaltante”, denuncia o parlamentar

“Os policiais tratam um homem público dessa maneira, imaginem um cidadão comum. Isso é inadmissível, estou revoltado. Espero que esta Casa tome uma atitude e que o caso seja apurado”, disse o deputado 

O deputado Carlos Filho (PRTB) ocupou a tribuna da Assembleia Legislativa nesta segunda-feira (16), para denunciar e pedir providências da Secretaria de Segurança Pública contra oito integrantes de duas viaturas do Grupo Tático Aéreo (GTA), que na noite de domingo (15) teriam promovido agressões contra sua pessoa. 

O parlamentar relatou que a agressão ocorreu por volta das 20h de domingo, quando ele saiu para lanchar e voltava para sua residência. Segundo ele, na altura do posto de gasolina da Avenida dos Holandeses, duas viaturas do GTA ocupadas por oito militares fortemente armados, mandam parar e descer do seu carro.

Carlos Filho confessou que se identificou como deputado, mas a situação piorou. “Os policiais botaram arma na minha cabeça, me mandaram descer do carro. Tive que ficar encostado no carro e eles me revistaram todo, meteram arma em mim, no meu carro, mandaram que não olhasse para a cara deles porque eu era assaltante”, denuncia. 

No pronunciamento, Carlos Filho pediu providências contra os policiais. “Os policiais tratam um homem público dessa maneira, imaginem um cidadão comum. Isso é inadmissível, estou revoltado. Espero que esta Casa tome uma atitude e que o caso seja apurado”, disse.

SOLIDARIEDADE

Em aparte, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Arnaldo Melo (PMDB), e os deputados Raimundo Cutrim (PSB), Carlos Alberto Milhomem (PSD), Edilázio Júnior (PMN) e o vice-lider do Governo do Estado na Casa, deputado Magno Bacelar (PMDB), expressaram solidariedade e apoio ao deputado Carlos Filho. 

O presidente Arnaldo Melo comunicou que o caso foi encaminhado ao Gabinete Militar da Assembleia Legislativa, para as devidas providências junto à Secretaria de Segurança Pública. Os parlamentares defenderam que os policiais do GTA devem respeitar todos os cidadãos, independente de ser ou não deputado.

Conforme publicou agora há pouco no seu Blog, o jornalista Jorge Aragão  obteve a informação de que o secretário Aluísio Mendes já mandou requisitar a filmagem, pois abordagem teria sido registradas pelas câmeras de vídeomonitoramento. No entanto, a versão dos policiais é diferente do parlamentar.

Segundo os policiais, ladrões num veículo com as mesmas características do utilizado por Carlos Filho estavam praticando assaltos nas imediações. As viaturas perceberam que o Pajero conduzido pelo parlamentar estava sem placa, totalmente no fumê e ele estava fazendo ultrapassagens arriscadas.

Por conta disso teriam ligado a sirene e pediram para que ele parrasse o veículo, mas o parlamentar se negou e só foi interceptado momentos depois por outra viatura.


Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Credibilidade é o nosso maior patrimônio

Nosso objetivo é fazer jornalismo com seriedade, produzindo conteúdo regional, sobre política, economia, sociedade e atualidade, na forma de opinião, editorial e criticas.

Não usamos de artifícios como sensacionalismo, imagens apelativas, chocantes ou degradantes, tampouco textos, frases, ou palavras chulas para obter acessos.

Não somos o primeiro a divulgar a informação, mas somos quem apresenta o conteúdo checado, aprofundado e diferenciado.

Aqui oferecemos aquele algo mais que ainda não foi dito, ou ainda não foi mostrado.

Noticias qualquer um pode divulgar, mas com apuração e seriedade só aqui.

Comentários anônimos, ou que contenham, palavrões, pornografia, ataques pessoais, calúnias ou difamações não serão publicados.

Jornalista Abimael Costa

LG Contabilidade Pública

LG Contabilidade Pública

Clinica Santo André

Clinica Santo André