Pular para o conteúdo principal

Em nota, SMDH repudia a prática do governo Flávio Dino de achincalhe e desmoralização




Em nota divulgada nesta segunda-feira (29), a Sociedade Maranhense de Direitos Humanos (SMDH), solidariza-se com o Padre Roberto Perez Cordova, militante da renomada entidade Pastoral Carcerária, injustamente atacado em sua honra e dignidade, e repudia a prática recentemente inaugurada de achincalhe e desmoralização daqueles que divergem da opinião oficial, por intermédio do cerco de mídia, alinhada ao governo; bem como qualquer tentativa de desqualificação de militantes de direitos humanos e de entidades da sociedade civil, no exercício da nobre missão de fazer o controle social das políticas públicas.

Nota de Solidariedade

A propósito do episódio envolvendo o Governador do Estado e o Padre Roberto Perez Cordova, representante da Pastoral Carcerária, no último dia 26 de junho, ocasião em que se celebrava o dia internacional de combate à tortura, a Sociedade Maranhense de Direitos Humanos (SMDH) se sente no dever de se posicionar na forma abaixo:

a. Repudia qualquer tentativa de desqualificação de militantes de direitos humanos e de entidades da sociedade civil, no exercício da nobre missão de fazer o controle social das políticas públicas;

b. Repudia a prática recentemente inaugurada de achincalhe e desmoralização daqueles que divergem da opinião oficial, por intermédio do cerco de mídia, alinhada ao governo;

c. Conclama o Governador de Estado e seus subordinados, como dignos mandatários de cargos públicos a manterem postura e garantirem nos debates o direito à divergência de opinião nos temas caros ao exercício de direitos, sobretudo em notas oficiais e argumentos publicizados em redes sociais, de modo a preservar os caminhos institucionais do diálogo com a sociedade civil;

d. Solidariza-se com o Padre Roberto Perez Cordova, militante da renomada entidade Pastoral Carcerária, injustamente atacado em sua honra e dignidade.


São Luís/MA, 29 de junho de 2015

Sociedade Maranhense de Direitos Humanos (SMDH)

Comentários

Clinica Santo André

Clinica Santo André

Ouça a Rádio Voz de Arari

PLAYER