terça-feira, 14 de julho de 2015

CAOS: população protesta contra prisão de suposta inocente em Centro do Guilherme

                                                  Imagem: Blog Presidente Médici Noticiais 

Distante 448 km de São Luís, com uma população de 12.713 habitantes segundo censo IBGE 2014, o município de Centro do Guilherme está vivendo  momentos de tensos e de muita confusão, é que desde o inicio da noite desta segunda feira (13), populares se aglomeraram nas ruas da cidade para protestar contra a prisão e uma suposta tentativa de transferência para o Complexo Penitenciário de Pedrinhas em São Luís, de uma mulher identificada como Fátima Araújo Sousa, mais conhecida como  Fátima do Sapecado.

                                 Imagem: Blog do Neto Weba 
Segundo as primeiras informações, Fátima estaria sendo acusada de ser cúmplice de abuso sexual contra suas próprias filhas (uma de 9 e outra de 13 anos). Os populares protestam contra a prisão da mulher, segundo eles Fátima não é culpada pelo crime, que teria sido cometido pelo seu companheiro, que está foragido.
Imagem: Blog do Fernando Nascimento 

Informações não oficiais dão conta de que na noite de segunda-feira (13), populares teriam tentado invadir a delegacia do município, danificado uma viatura, depredado a delegacia e duas residencias de autoridades politicas municipais. Na tarde desta terça-feira(14) moradores teriam esvaziado os pneus da viatura e ateado fogo à ponte que dá acesso a cidade, populares estariam pedindo a presença da promotoria e da imprensa no local.  A cidade está parcialmente isolada.

Até o momento a Secretaria de Segurança Pública do Estado ainda não se manifestou sobre o caso e nenhuma nota foi divulgada, em contato com a Secom fomos informados que uma nota sobre o incidente deve ser divulgada nas próximas horas.  



 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Credibilidade é o nosso maior patrimônio

Nosso objetivo é fazer jornalismo com seriedade, produzindo conteúdo regional, sobre política, economia, sociedade e atualidade, na forma de opinião, editorial e criticas.

Não somos o primeiro a divulgar a informação, mas somos quem apresenta o conteúdo checado, aprofundado e diferenciado.

Noticias qualquer um pode divulgar, mas com apuração e seriedade só aqui.

Jornalista Abimael Costa