quarta-feira, 5 de agosto de 2015

Apesar de ordem judicial, idoso vítima de AVC continua no corredor do Socorrão I


Pacientes continuam internados em macas nos corredores do Socorrão






O caso de um idoso de 71 anos, que após sofrer três acidentes vasculares cerebrais seguidos foi colocado em uma maca no corredor do Socorrão, e o pior, mesmo a família estando de posse há vários dias de uma ordem judicial que determina a transferência do paciente para um hospital público ou particular de alta complexidade, até hoje o idoso continua no corredor do Socorrão I, mostra a quantas anda a saúde no município de São Luís.

O descaso e a insensibilidade com a vida e a saúde do cidadão que precisa da rede publica de saúde municipal  continua, tudo leva a crer que a mudança ainda não aconteceu, e se aconteceu parece que infelizmente foi para pior. É de se perguntar o que houve com a tão propalada parceria na saúde entre o governo do estado e a prefeitura de São Luís. Não é possível entender porque o um paciente com 71 anos idade, vitima de três AVCs fica vários dias em uma maca no corredor do Socorrão, e apesar de uma ordem judicial determinando sua transferência para um hospital de alta complexidade, o paciente continua na maca do corredor.
   
Familiares de um homem de 71 anos de idade, que está há vários dias em uma maca no corredor do Hospital Municipal Djalma Marques  - Socorrão I -, em São Luís, estão revoltados com o descaso e o  desrespeito que estão sendo vitimas, é que mesmo de posse de uma ordem judicial emitida há vários dias determinando a imediata transferência do idoso para um hospital publico de alta complexidade e na falta deste, para um hospital particular, até agora o paciente continua no corredor do Socorrão I.  

José Francisco Costa Câmara, de 71 anos de idade, mora em Viana, onde sofreu três acidentes vasculares cerebrais seguidos e foi transferido as pressas para capital, desde então está em uma maca no corredor do Hospital Municipal Djalma Marques, inconformados, os familiares foram buscar na justiça a garantia de um tratamento humano e digno para idoso. 

Com o objetivo de garantir o direito à vida, o judiciário determinou a imediata transferência de José Francisco, para um hospital de alta complexidade, seja ele público ou particular, porém a decisão não foi cumprida, nesta terça-feira (04). familiares foram ao Ministério Público denunciar que a ordem judicial foi descumprida, ignorada e desrespeitada, e o idoso continua no corredor do Socorrão-I. O caso só se tornou público após a família conceder entrevista a imprensa.

A decisão judicial foi proferida na sexta-feira (01), pela juíza de plantão, Drª Luíza Helena Barros Heluy da Silva, Segundo Silvia Leite, secretaria adjunta  de saúde do município de São Luis, até manhã desta quarta-feira, a ordem judicial ainda não tinha chegado as suas mãos e que só agora teria tomado conhecimento do caso através da imprensa.  

Texto: Abimael Costa - jornalista
Com informações da Tv Mirante
Foto: Tv Mirante


Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Credibilidade é o nosso maior patrimônio

Nosso objetivo é fazer jornalismo com seriedade, produzindo conteúdo regional, sobre política, economia, sociedade e atualidade, na forma de opinião, editorial e criticas.

Não usamos de artifícios como sensacionalismo, imagens apelativas, chocantes ou degradantes, tampouco textos, frases, ou palavras chulas para obter acessos.

Não somos o primeiro a divulgar a informação, mas somos quem apresenta o conteúdo checado, aprofundado e diferenciado.

Aqui oferecemos aquele algo mais que ainda não foi dito, ou ainda não foi mostrado.

Noticias qualquer um pode divulgar, mas com apuração e seriedade só aqui.

Comentários anônimos, ou que contenham, palavrões, pornografia, ataques pessoais, calúnias ou difamações não serão publicados.

Jornalista Abimael Costa

Ouça a Rádio Voz de Arari

PLAYER

LG Contabilidade Pública

LG Contabilidade Pública

Clinica Santo André

Clinica Santo André

Ouça a Rádio Voz de Arari

PLAYER

Apoie, assine e compartilhe

Crie seu próprio questionário de feedback de usuário

REGISTRO - 1608/MA

REGISTRO - 1608/MA

O amanhã é hoje

O amanhã é hoje

DISQUE DENÚNCIA - MIRANDA DO NORTE

DISQUE DENÚNCIA - MIRANDA DO NORTE

...

...

GCL - CONSTRUÇÕES

GCL - CONSTRUÇÕES

Fale Comigo

Nome

E-mail *

Mensagem *