sábado, 26 de março de 2016

Professora é morta por bandidos ao reduzir velocidade em buracos da BR-135



ATUALIZADO EM 26/03/16 às 18h55






ATUALIZADO EM: 26/03/16 às 16h05


NOTA DE PESAR

A Secretaria de Estado da Cultura e Turismo (Sectur), neste momento de dor profunda, lamenta o falecimento da bailarina Ana Lúcia Duarte Silva, 51 anos, vítima de latrocínio registrado na madrugada deste sábado (26) no Km 15 da BR-135.


Ana Duarte era bailarina, professora de História e uma ativista da cultura popular, em especial do tambor de crioula. A Sectur, em nome de toda a comunidade artística maranhense, se solidariza com familiares e amigos neste momento.



Quem disse que o que está ruim não pode piorar? pois é, foi exatamente isto que aconteceu na madrugada deste sábado (26), quando a professora e bailarina Ana Lúcia Duarte Silva, de 51 anos de idade morreu vitima de latrocínio - roubo seguido de morte - no km 15 da BR 135.



Na companhia de uma amiga, Ana Duarte retornava do povoado Igaraú, localizado no km 22 da 135, nas proximidades da Estiva, zona rural de São Luís. Ela dirigia o automóvel Fiat/Pálio, placa PSJ-8922, quando por volta das 3h da manhã, na altura do km 15, um pouco antes da entrada para a Escola Mário Meireles, a condutora foi obrigada a reduzir a velocidade em uma área com quebra molas, muitos buracos, e mato alto no canteiro Central e acostamento, momento em que criminosos que estavam de tocaia aproveitaram para abordar o veiculo.

Armados com uma espingarda que seria do tipo "bate bucha" ou "soca soca" os criminosos dispararam contra a condutora do veiculo, atingida, Ana Duarte perdeu o controle da direção e entrou em um matagal parando cerca de 100 metros a frente. Os bandidos aproveitaram para saquear o automóvel, levando todos os pertences das vítimas. Fernanda Sá Macedo, 30 anos, a outra ocupante do veiculo, saiu ilesa, ela disse que só ouviu o estampido e a fumaça cobrir dentro do carro. Após o ocorrido a Polícia Rodoviária Federal foi acionada e permanece no local até a chegada do IML.

A morte trágica de Ana Duarte, criou um clima de muita comoção, tristeza e revolta entre amigos e conhecidos, pessoa muito conhecida e querida no meio artístico e intelectual, a bailarina está sendo homenageada a todo instante, através de mensagens em seu perfil de uma rede social 

É desastroso, repugnante e inaceitável o que aconteceu com Ana Duarte, a forma como foi morta e o local do crime mostram o claro descaso de nossas autoridades, aqui fica nítida não só a impotência do Estado frente a criminalidade como também o olhar negligente e indiferente diante dos graves problemas enfrentados por milhares de motoristas que transitam todos os dias pelas rodovias federais que cortam o Maranhão. 

Os criminosos viram na falta de estrutura e manutenção da BR-135 uma oportunidade para agir, foram a campo e lograram êxito. É duro reconhecer, mas a bandidagem está vencendo, o clima é de terror e desespero, quem vai solucionar os graves problemas que nos atingem diretamente? 

A pauta vigente esses dias é outra, nossos políticos tem outras preocupações, infelizmente casos de latrocínio na BR-135 e o estado precário das rodovias, parece não interessar aos nossos nobres parlamentares e governantes, tanto executivo quanto legislativo - estadual e federal - aparentam se ocuparem com outras prioridades. 

Jornalista Abimael Costa - 
000.1608-SRTE/MA
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Credibilidade é o nosso maior patrimônio

Nosso objetivo é fazer jornalismo com seriedade, produzindo conteúdo regional, sobre política, economia, sociedade e atualidade, na forma de opinião, editorial e criticas.

Não usamos de artifícios como sensacionalismo, imagens apelativas, chocantes ou degradantes, tampouco textos, frases, ou palavras chulas para obter acessos.

Não somos o primeiro a divulgar a informação, mas somos quem apresenta o conteúdo checado, aprofundado e diferenciado.

Aqui oferecemos aquele algo mais que ainda não foi dito, ou ainda não foi mostrado.

Noticias qualquer um pode divulgar, mas com apuração e seriedade só aqui.

Comentários anônimos, ou que contenham, palavrões, pornografia, ataques pessoais, calúnias ou difamações não serão publicados.

Jornalista Abimael Costa

LG Contabilidade Pública

LG Contabilidade Pública

Clinica Santo André

Clinica Santo André