sábado, 2 de abril de 2016

Por que Márcio Jerry não declina os nomes dos membros das quadrilhas de criminosos da comunicação?



O que é esgotosfera, quem são os criminosos da comunicação, e ainda mais, quem lidera as quadrilhas a quem o jornalista Márcio Jerry se referiu em ácida postagem no Twitter? As graves porém, genéricas acusações e ilações proferidas em tom de desabafo pelo secretário estadual de Articulação Política e Comunicação, precisam ser esclarecidas. É muito fácil generalizar e destilar acusações a ermo levantando dúvidas e suspeitas sobre o comportamento ético e ilibado de centenas de comunicadores - jornalistas e blogueiros - em atividade no estado do Maranhão.

Considero injusto e cruel que todos sejam lançados na vala comum de forma generalizada e preconceituosa. Já que o secretário cita com tanta propriedade o termo "quadrilhas de criminosos da comunicação" o que o impede de tornar público os nomes, denunciando-os à justiça para que respondam na forma da lei pelos crimes praticados. Considero ainda que ao ocultar os nomes e deixar de individualizar as responsabilidades, de certa forma o jornalista compactua com a suposta prática criminosa.

Se existem "quadrilhas de criminosos da comunicação" chantageando e extorquindo, que estas sejam desbaratadas e seus líderes e membros penalizados a luz do código penal, e que a sociedade saiba exatamente quem está sendo chantageado e extorquido. E mais importante, precisamos saber quem são estes supostos marginais, o que não dá é para conviver com a suposição de ilações vagas, vazias e sem nenhum conteúdo prático. 

Por outro lado, a blogosfera maranhense mesmo citada de forma pejorativa e preconceituosa, faz ouvido de mercador, ignora a fala do secretário, se faz de morta, finge que não nada está acontecendo, nenhum texto, nenhuma nota. Até o momento, nenhum jornalista ou blogueiro se manifestou sobre as graves acusações. Considero importante ressaltar que embora os ataques por parte do jornalista sejam cada vez mais constantes e recorrentes a categoria não emboça nenhuma reação, o que infelizmente denota concordância e consentimento com o que é dito. 

Em tempos de ataques a liberdade de expressão é importante ler e reler o que a Carta Magna de 1988 diz sobre o assunto. Estou certo de que em um Estado Democrático e de Direito é impossível calar a voz do contraditório, silenciar aqueles que discordam e pensam diferente, intimidar, amedrontar ou criminaliza-los.

Para concluir, faço uso de interessante fala proferida pelo jornalista e advogado Rômulo Barbosa:
"Os que se dizem jornalistas e não honram o seu diploma e os que não sabem o que dizem e ainda desconhecem o significado de honra, devem estar atentos ao que escrevem e/ou falam do alto de sua ignorância e maldade, seja nos meios de comunicação tradicionais, seja nas redes sociais: a liberdade de expressão encontra limites nos direitos da personalidade."

Art. 220 - Constituição Federal de 88:
. A manifestação do pensamento, a criação, a expressão e a informação, sob qualquer forma, processo ou veículo não sofrerão qualquer restrição, observado o disposto nesta Constituição .

§ 1º Nenhuma lei conterá dispositivo que possa constituir embaraço à plena liberdade de informação jornalística em qualquer veículo de comunicação social, observado o disposto no art. 5º, IV, V, X, XIII e XIV.

§ 2º É vedada toda e qualquer censura de natureza política, ideológica e artística.

Art. 5º - Constituição Federal de 88:

IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;

V - é assegurado o direito de resposta, proporcional ao agravo, além da indenização por dano material, moral ou à imagem;

IX - é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença;

X - são invioláveis a intimidade, a vida privada, a honra e a imagem das pessoas, assegurado o direito a indenização pelo dano material ou moral decorrente de sua violação;

XIII - é livre o exercício de qualquer trabalho, ofício ou profissão, atendidas as qualificações profissionais que a lei estabelecer;

XIV - é assegurado a todos o acesso à informação e resguardado o sigilo da fonte, quando necessário ao exercício profissional;


Jornalista Abimael Costa 
Registro 000.1608-SRTE/MA

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Credibilidade é o nosso maior patrimônio

Nosso objetivo é fazer jornalismo com seriedade, produzindo conteúdo regional, sobre política, economia, sociedade e atualidade, na forma de opinião, editorial e criticas.

Não usamos de artifícios como sensacionalismo, imagens apelativas, chocantes ou degradantes, tampouco textos, frases, ou palavras chulas para obter acessos.

Não somos o primeiro a divulgar a informação, mas somos quem apresenta o conteúdo checado, aprofundado e diferenciado.

Aqui oferecemos aquele algo mais que ainda não foi dito, ou ainda não foi mostrado.

Noticias qualquer um pode divulgar, mas com apuração e seriedade só aqui.

Comentários anônimos, ou que contenham, palavrões, pornografia, ataques pessoais, calúnias ou difamações não serão publicados.

Jornalista Abimael Costa

LG Contabilidade Pública

LG Contabilidade Pública

Clinica Santo André

Clinica Santo André