segunda-feira, 13 de junho de 2016

Hildo Rocha confirma: Governo Federal repassou R$ 58 milhões para Dino pagar reajuste dos professores



O Deputado Federal Hildo Rocha utilizou a tribuna da Câmara Federal para, novamente, defender os professores e professoras da rede pública estadual de educação. O parlamentar informou que, no dia 18 de maio, o Governo Federal depositou na conta do Tesouro Estadual a quantia de R$ 58 milhões de reais. Segundo o parlamentar, esse dinheiro é a contrapartida da União para complementar o reajuste do piso nacional dos salários dos professores.




 


Segundo o parlamentar, o Estado do Maranhão tem recursos suficientes para cumprir a Lei 11.738/2008, dispositivo que regulamenta o piso salarial profissional nacional para os profissionais do magistério público da educação básica. “O Governador Flávio Dino não paga o reajuste, de 11.36%, que é estabelecido por lei porque gosta de maltratar os professores e professoras”, declarou Rocha.
Sindicato omisso

O deputado disse que os professores esperam ansiosamente o aumento, desde janeiro. “O sindicato dos professores não se move em favor da categoria. Já estamos no sexto mês e o Governador do Maranhão ainda não fez o reajuste que é apenas para compensar as perdas da inflação de acordo com o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo). Por isso, uso a tribuna da Câmara para mostrar ao Maranhão que o governo tem dinheiro suficiente, em caixa, para pagar o reajuste. Mas o governador não paga porque gosta de humilhar, gosta de maltratar os profissionais da educação”, enfatizou Hildo Rocha.


https://youtu.be/OjEtHjWquxM

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Credibilidade é o nosso maior patrimônio

Nosso objetivo é fazer jornalismo com seriedade, produzindo conteúdo regional, sobre política, economia, sociedade e atualidade, na forma de opinião, editorial e criticas.

Não somos o primeiro a divulgar a informação, mas somos quem apresenta o conteúdo checado, aprofundado e diferenciado.

Noticias qualquer um pode divulgar, mas com apuração e seriedade só aqui.

Jornalista Abimael Costa