Pular para o conteúdo principal

A quem interessa tumultuar o processo eleitoral em Santa Inês


Diante do lamentável e grave atentado contra a democracia ocorrido na noite desta sexta-feira (16), durante realização de caminhada e comício na Vila Marcony em Santa Inês, o prefeito e candidato a reeleição Ribamar Alves reafirma a disposição de fazer uma campanha pacífica e limpa, baseada em um clima de paz e tranquilidade, ao mesmo tempo em que repudia as tentativas criminosas de alguns de tumultuar o processo eleitoral. Preocupado em fazer uma campanha de alto nível baseada em ideias e propostas,  Ribamar Alves
enfatiza:"Meu compromisso é fazer uma campanha propositiva, debatendo com as pessoas e prestando contas do que realizei, nossa campanha é limpa e igualitária. Por isso, peço a todos os militantes e apoiadores da nossa campanha que respeitem a legislação eleitoral e, principalmente, respeitem as pessoas. Continuaremos firmes na disposição de fazer uma campanha forte e comprometida. Mas, sobretudo, bonita e pacífica". 



Santa Inês não pode, não quer, e não vai voltar aos velhos tempos em que a política era sinônimo de violência e terror. Infelizmente, as velhas práticas e táticas terroristas, que pareciam abolidas e extintas, insistem e teimam em ressurgir.

Nesta sexta-feira (16), um grupo de criminosos armados, supostamente obedecendo ordens superiores, se infiltrou em um comício da coligação Santa Inês é do Povo realizado na Vila Marcony com o claro objetivo de intimidar, constranger e ameaçar não só o prefeito Ribamar Alves, como a todos os presentes no evento cívico democrático.

O alvo dos marginais era o prefeito Ribamar Alves, que chegou a ser atingido de raspão por uma pedra. Além de atentar contra a integridade física do candidato, a gangue investiu contra simpatizantes, aliados e correligionários. Um jovem conhecido como João Batista foi vitima de tentativa de assassinato. Os agressores investiram contra Batista tentando desferir-lhe uma facada na altura do peito. O grupo criminoso também danificou vários veiculos.

Diante do grave atentado ao Estado Democrático de Direito e a liberdade de expressão, e temendo pelo pior, a coligação Santa Inês é do Povo acionou as forças de segurança pública para que garantissem a integridade física dos presentes. Em um segundo momento comunicou o fato às autoridades competentes, requerendo providencias imediatas no sentido de garantir a normalidade democrática, assegurando  a paz e a segurança de todos.

"O carinho e o reconhecimento do povo estão visíveis e estampados em cada sorriso, abraço e aperto de mão e isso é o que nos move e impulsiona a seguir em frente em busca de dias melhores para o povo de minha terra", conclui Ribamar Alves.

Comentários

OUÇA a RÁDIO VOZ DE ARARI

Denuncie, seja os olhos e os ouvidos da polícia!

Clinica Santo André

Clinica Santo André

LG Contabilidade Pública

LG Contabilidade Pública