Pular para o conteúdo principal

O retrato de Sarney na sala


Vejam vocês o que faz a vigarice política.

Após a eleição, Flávio Dino achou um jeito de ser entrevistado pelo jornal O Estado de S. Paulo. E para quê?

Para dizer que Sarney foi o grande derrotado na eleição municipal no Maranhão!

Como sempre disse, a oposição, todas vezes que chegou ao poder, fez questão de manter o retrato de Sarney na sala. Entre tantos motivos, por estes dois principais:

1) quando são apanhados em corrupção, tratam de tirar o retrato da parede e dizem que Sarney destruiu o Maranhão e agora faz denúncias mentirosas etc;

2) quando as pessoas que votaram por mudanças descobrem que não há projetos para o Maranhão e a mudança não existe, retiram o retrato da parede e dizem ser impossível consertar o que foi destruído por 49 anos.

O retrato de Sarney na parede é o álibi para as mudanças que não chegam e para os malfeitos.

Basta ver que Sarney não perdeu absolutamente nada nessa eleição, e pelo simples fato de que não detém mais o poder no Maranhão: não tem o governador, não tem uma bancada de deputados estaduais e federais.

A entrevista de Flávio Dino ao jornal O Estado de S. Paulo nasceu para esconder o verdadeiro derrotado nesta eleição. E ele se chama Flávio Dino. De 217 municípios, passando por cima da autonomia dos municípios, fazendo obras eleitoreiras dentro dos municípios para tentar eleger aliados que não eram prefeitos, com tudo isso, Flávio Dino só elegeu 46 prefeitos, e mesmo assim de municípios sem grande importância.

Eis o motivo pelo qual a oposição, ao chegar ao poder no Maranhão, não tira o retrato de Sarney da sala.

*Kenard é poeta, jornalista e autor de quatro livros

Comentários



OUÇA a RÁDIO VOZ DE ARARI

Denuncie, seja os olhos e os ouvidos da polícia!

Clinica Santo André

Clinica Santo André

LG Contabilidade Pública

LG Contabilidade Pública