Pular para o conteúdo principal

Operação "IL CAPO" prende ex-procurador do MP-PI acusado de desviar mais de R$ 8 milhões

O ex-procurador-geral de Justiça do Piauí, Emir Martins Filho, foi preso nesta segunda-feira (24), em Teresina-PI, durante a operação "IL CAPO" deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado (Gaeco).

Familiares do ex-procurador também foram presos na operação. O filho, o advogado Tiago Sauders Martins, a nora Susyane Araújo Lima Sauders Martins, e a ex-mulher de Emir, Maria da Glória.

A operação tem o objetivo de cumprir doze mandados de prisão além de diversos mandados de busca e apreensão. O coordenador da operação, promotor Rômulo Cordão, declarou que o ex-procurador geral está sendo investigado pelos crimes de peculato, corrupção passiva e ativa, lavagem de dinheiro e organização criminosa, ele é acusado de cometer fraudes na folha de pagamento do Ministério Público, de onde teria desviado cerca de 8 milhos de Reais. Martins esteve a frente do Ministério Público do Piauí, de novembro de 2004 a novembro de 2008.

A operação tem por base relatório de processo de controle administrativo emitido pelo Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), de acordo com os documentos, a auditoria realizada na folha de pagamentos dos servidores públicos do MP-PI confirmou o desvio de dinheiro público durante a gestão do ex procurador.

Comentários



OUÇA a RÁDIO VOZ DE ARARI

Denuncie, seja os olhos e os ouvidos da polícia!

Clinica Santo André

Clinica Santo André

LG Contabilidade Pública

LG Contabilidade Pública