Pular para o conteúdo principal

DENÚNCIA: 7º Batalhão da Polícia Militar de Pindaré Mirim está abandonado e funcionando de improviso


Parlamentar denuncia o abandono das obras de reforma do 7º Batalhão da Polícia Militar de Pindaré Mirim. conforme o deputado a reforma orçada em cerca de R$ 2 milhões está  parada há pelo menos dois anos. Hoje a unidade funciona de improviso, sem as mínimas condições, em um prédio cheio de goteiras, sustentado por vigas de madeiras que ameaçam cair. A situação causa revolta não só para os PMs daquele batalhão, mas para toda população que teme pela violência e a criminalidade que tomam conta do Estado.


O deputado estadual Sousa Neto divulgou texto onde critica o governador Flávio Dino poe conta do sucateamento do quartel da policia Militar em Pindaré Mirim 

Vamos cobrar explicações do governador Flávio Dino e do secretário de Infraestrutura, Clayton Noleto a respeito do abandono da reforma do 7º Batalhão da Polícia Militar de Pindaré Mirim. A obra está parada há pelo menos dois anos. 

Os recursos para a modernização daquele quartel, orçados em cerca de R$ 2 milhões, foram destinados ainda na gestão Roseana para a Segurança Pública, por meio do empréstimo do BNDES. 

Hoje, a unidade funciona de improviso, sem as mínimas condições, em um prédio cheio de goteiras, sustentado por vigas de madeiras que ameaçam cair. A situação causa revolta não só para os pms daquele batalhão, mas para toda população que teme pela violência e a criminalidade que tomam conta do Estado.




Comentários

Clinica Santo André

Clinica Santo André

Ouça a Rádio Voz de Arari

PLAYER