Pular para o conteúdo principal

A crescente violência contra a mulher faz mais uma vítima no Maranhão


Parece contraditório que tantas mulheres continuem sendo mortas, violentadas e agredidas a todo instante em uma época onde nunca se falou tanto sobre empoderamento da mulher, são tantos seminários, palestras, simpósios, criação de redes de proteção, de delegacias especializadas, políticas públicas direcionadas para garantias dos direitos das mulheres, lei Maria da Penha e do Feminicídio, e nada disso tem surtido efeito, os homens seguem matando mulheres impunemente.

Nesta segunda-feira (15), mais uma mulher foi morta de forma covarde e cruel, o autor do crime foi o próprio marido da vítima, ele utilizou um facão e uma peça de ferro utilizada em motocicleta - bengala - para trucidar a esposa.

Luziane de Sousa Oliveira, de 29 anos foi atingida por Rafael Borges de Sousa, com golpes de barra de ferro e esfaqueada com o facão.

O feminicídio ocorreu no início da tarde de segunda-feria (15), na residência do casal, - Travessa da Capela s/n Bairro Miguel Fernandes em São Benedito do Rio Preto.

A vitima sofria constantes agressões, a polícia já teria sido acionada varias vezes para atender ocorrência de denuncias de atos violentos praticados por Rafael Borges. Após a prática do crime o acusado empreendeu fuga, apesar das diligencias até agora  ainda não foi localizado. 

Comentários

Clinica Santo André

Clinica Santo André

Ouça a Rádio Voz de Arari

PLAYER