Depois de ouvir delegado, Câmara deve apresentar reivindicações ao secretário de segurança




Certos de que segurança publica além de ser dever do Estado é antes de tudo direito e responsabilidade de todos, vereadores e vereadoras de Miranda do Norte estão sempre atentos e sensíveis as dificuldades e limitações que atingem a segurança pública do município, ouvindo a comunidade e as autoridades ligadas a segurança pública, mediando debates que busquem a solução dos problemas e levando as reivindicações populares aos canais competentes.


Como parte destas ações, nesta quinta-feira (1º),  a Câmara Municipal reuniu-se com o delegado de Polícia civil do município,  José Souza Costa com o objetivo de conhecer mais de perto a realidade da polícia civil local.    


Relatórios apresentados pelo delegado mostram que apesar de não dispor de uma estrutura ideal para combater a criminalidade, desde a sua chegada ao município houve uma queda acentuada no número de casos de furtos e roubos na cidade, também foi intensificado o combate ao tráfico de drogas, e a proteção a crianças, adolescentes, mulheres e idosos. José Sousa destacou o excelente desempenho  de sua equipe composta pelos investigadores Ronald e Jozimar e o escrivão Miltinho, "apesar da falta de estrutura a equipe tem superado as dificuldades e apresentado resultados positivos."

O delegado José Souza propôs a Câmara  medidas para reduzir a violência e ajudar a polícia.  Entre elas,   a instalação de um sistema de videomonitoramento, a criação da guarda municipal e a sinalização horizontal e vertical  das vias publicas da cidade.  

Os vereadores apresentaram ao delegado algumas críticas da população sobre a atuação da Polícia Civil, reclamações sobre atendimentos em relação ao registro de ocorrência na DEPOL,  e operação no horário noturno. Conforme 
José Sousa apesar de justas, as criticas se referem a administração anterior, já que implantou um novo sistema de atendimento que sanou todas estas pendências. Inclusive destacou o excelente desempenho  de sua equipe composta pelos investigadores Ronald e Jozimar e o escrivão Miltinho, apesar da falta de estrutura a equipe tem superado as dificuldades e apresentado resultados positivos.    

Ao final da reunião os vereadores e vereadoras concluíram que diante da necessidade de novos e urgentes investimentos por parte do poder público na segurança do município, uma comissão deve se reunir em breve com o secretário de Estado da segurança pública, Jefferson Portela para apresentar uma extensa pauta de reivindicação:   

- Ampliação do número de investigadores, já que hoje a DEPOL de Miranda conta com apenas dois agentes.


- Aquisição de viaturas: a equipe dispõem de apenas um veículo, que por conta do longo tempo de uso, está sucateado e quase que diariamente precisa passar por revisão mecânica.

- Reforço e modernização no armamento 

- Reforma total da DEPOL ou construção de um Centro Integrado de Segurança que atenda as necessidades básicas do município.  

     


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Miranda do Norte festeja seus 24 anos -Conheça a história do Município

Operação Tarô II: Polícia Civil prende 15 maiores, apreende 03 menores de idade, armas, munições e drogas em Miranda do Norte

Subtenente da PM é morto ao sacar arma para agentes da PRF