Pular para o conteúdo principal

Coerente, Miltinho Aragão age para evitar o caos em São Mateus



Sequestro de recursos do FUNDEB leva prefeito a suspender aulas na rede municipal de ensino e a parcelar pagamento de servidores da educação 


A ação insensível e insensata do governo federal que resultou no sequestro de cerca de 224 milhões de reais referente a recursos do FUNDEB destinados aos 217 municípios maranhenses no mês de agosto, vem causando muitos transtornos e complicações aos municípios atingidos. ENTENDA O CASO

Em São Mateus, o prefeito Miltinho Aragão (PSB), foi obrigado a baixar decreto suspendendo as aulas da rede municipal de ensino, e parcelando em duas vezes o pagamento dos servidores da educação referente ao mês de julho 2017. Uma parcela deve ser paga dentro de 72 horas e a outra em dezembro/17.

A atitude corajosa, coerente e acertada do prefeito reflete o caos e a calamidade vivida pelos 217 gestores e gestoras municipais frente a falta de recursos para honrar compromissos com a educação municipal. São Mateus é um exemplo claro do estrago que governo federal vem provocando nas administrações municipais e que termina por prejudicar os alunos.

Os recursos do FUNDEB devem ser aplicados na educação, quase que exclusivamente para o pagamento da folha. Em São Mateus, a folha de pagamento dos efetivos custa 1.817.000.00 - Hum milhão oitocentos e dezessete reais, em agosto/17, o governo federal retirou 1.090.617,37 - Hum Milhão noventa mil, seiscentos e dezessete reais e trinta e sete centavos - da conta do município, fato que inviabilizou a manutenção na normalidade  na pasta da educação. 

A saída extrema, mas, necessária, tomada pelo prefeito Miltinho Aragão é uma tentativa ousada de solucionar, ou pelo menos amenizar o caos provocado pela ação desastrada e insensível do governo federal. 

Os prefeitos estão desperados, já que sofrem cobranças e pressões de todos lados. Sindicatos de classe, oposicionistas e oportunistas de ocasião engrossam o caldo e muitas vezes de forma injusta e irresponsável  tentam atribuir o caos ao administrador e a sua equipe de governo. 

                             

         

Comentários

OUÇA a RÁDIO VOZ DE ARARI

Denuncie, seja os olhos e os ouvidos da polícia!

Clinica Santo André

Clinica Santo André

LG Contabilidade Pública

LG Contabilidade Pública