Pular para o conteúdo principal

Projeto Vida por Vidas promove campanha em Miranda do Norte


Seja solidário, venha doar vida,  participe do projeto Vida por Vidas, faça uma doação de sangue nesta quarta (16), e quinta-feira (17), em Miranda do Norte. O evento que é uma realização da Igreja Adventista do 7º Dia. em parceira com o Centro de Hematologia e Hemoterapia do Maranhão (Hemomar), acontece no templo sede da Igreja Adventista do 7º Dia, localizado na Rua do Sol, centro da Cidade, nos dias 16 e 17 de agosto, no horário das 7h às 17h.  

Em média, o corpo humano possui cerca de cinco litros de sangue. Na doação, a quantidade coletada é de 450 ml de sangue. O sangue doado é reposto pelo organismo em 24h (parte líquida).






Para doar é preciso: Ter entre 18 e 65 anos de idade; Gozar de boa saúde;
Estar alimentado; Pesar acima de 50 quilos; Apresentar um documento de identidade com foto; Ter dormido pelo menos 6 horas na noite anterior à doação; Não ter realizado exercícios físicos antes da doação; Não ter colocado piercing ou feito tatuagem nos últimos doze meses; Evitar fumar 2 horas antes da doação; Não tenha ingerido bebida alcoólica nas 24 horas que antecedem a doação.

O objetivo do  Projeto é conscientizar os cidadãos para o hábito de doar, suprindo assim a demanda dos estoques de sangue nos hospitais e hemocentros. Atingir e envolver a mobilização e a participação de voluntários para a doação de sangue e hemoderivados,

O Vida por Vidas nasceu a partir de uma iniciativa voluntária promovida pelos Jovens Adventistas, em 2005,  com a proposta de contribuir com os hemocentros através do incentivo à doação de sangue durante o período da Páscoa. Este teria sido apenas mais um movimento de compromisso social, no entanto o Projeto atraiu a atenção da mídia em diversas regiões por onde ocorreram as doações, inclusive pelo fato de os bancos de sangue terem atingido seus limites de estoque. Tudo isso contribuiu para que o Projeto fosse conhecido e reconhecido, através da capacidade de mobilização. Desde então, o Projeto acontece anualmente.


Quem não pode doar
Gestante;

Quem tenha tido a doença de Chagas ou contato com o inseto barbeiro;

Que tenha tido Hanseníase;

Quem tenha tido malária ou estado em região de malária nos últimos 6 meses;

Quem tenha ou tenha tido hepatite após os 10 anos de idade;

Quem tenha sífilis;

Quem seja Epilético;

Usuário de drogas;

Quem estiver com febre, gripado ou fazendo uso de medicamentos;

Aquela que estiver amamentando, a menos que o parto tenha ocorrido a mais de 12 meses.

Comentários



OUÇA a RÁDIO VOZ DE ARARI

Denuncie, seja os olhos e os ouvidos da polícia!

Clinica Santo André

Clinica Santo André

LG Contabilidade Pública

LG Contabilidade Pública