Pular para o conteúdo principal

Eliziane pede que a PF volte a area de conflito entre índios Gamela e posseiros no MA


A parlamentar também encaminhou ofício à Funai solicitando o estudo da área para evitar novos conflitos na região

A deputada federal Eliziane Gama (PPS-MA) pediu à Polícia Federal o retorno de uma equipe da corporação ao acampamento dos índios Gamela, localizado no município de Viana (MA). A comunidade foi alvo de novos ataques nas últimas duas semanas. Homens em uma caminhonete efetuaram disparos em direção ao acampamento.

A parlamentar quer o retorno da viatura e a apuração imediata do novo atentado. Apesar do susto, ninguém ficou ferido.

Em abril deste ano, o povo Gamela foi vítima de um ataque perpetrado por um grupo de pistoleiros ligados a fazendeiros. Segundo o Conselho Indigenista Missionário (Cimi), pelo menos 13 indígenas ficaram feridos, à época, sendo que um teve as mãos golpeadas com facão. Três dos feridos foram levados a um hospital em São Luís.

“Pedimos o retorno da PF e que seja realizada investigação no sentido de responsabilizar os autores de novos atentados ocorridos no povoado do povo Gamela. O clima de tensão voltou à área, após a saída da Polícia Federal da localidade”, justificou a deputada, no ofício enviado, na sexta-feira (1º), ao Superintendente da corporação no Maranhão, Alexandre Silva Saraiva.



Funai



Eliziane Gama também anunciou que enviou nesta terça-feira (5) um pedido para que a Funai encaminhe ao governo maranhense proposta de convênio para a viabilidade do estudo técnico territorial do povo Gamela.

“Somente com a assinatura deste convênio entre a Funai e o governo local é que será possível a realização do trabalho e o fim do conflito na região”, mencionou a deputada do PPS, no documento.

Comentários

Clinica Santo André

Clinica Santo André

Ouça a Rádio Voz de Arari

PLAYER