Pular para o conteúdo principal

Justiça federal rejeita denúncia contra Júnior Lourenço




O líder político e ex-prefeito de Miranda do Norte, Júnior Lourenço foi inocentado pela  5ª Vara Civil da Seção Judiciária do Maranhão. Denunciado pelo Ministério Público Federal (MPF), por suposta falta de prestação de contas de recursos oriundos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), Junior Lourenço teve a denúncia arquivada por determinação do juiz federal José Carlos do Vale Madeira, da 5ª Vara Civil da Seção Judiciária do Maranhão, que rejeitou a denúncia contra Junior Lourenço.

Conforme publicado em primeira mão pelo Atual7, blog do colega Yuri Almeida, na decisão tomada há pouco mais de uma semana, o TRF acolheu a defesa oferecida pelo ex-prefeito, de que, embora com atraso, a prestação de contas teria sido apresentada. Para o magistrado, não foi comprovado que houve má fé de Júnior Lourenço.

“Por relevante, registre-se que possíveis irregularidades na prestação de contas, não se mostram suficientes para o ajuste da conduta da Ré ao tipo da LIA 11 VI, haja vista não ter havido comprovação de sua má-fé”, diz o magistrado.


O ex-prefeito e líder politico Júnior Lourenço, é pré-candidato a deputado federal e desenvolve atualmente intenso trabalho de bastidores nos municípios maranhense em busca de apoio político. Carismático e hábil articulador com larga experiência na política partidária, Junior desponta como favorito, e deve ficar entre os mais votados nas eleições de 2018, e aguardar para conferir.

Comentários



OUÇA a RÁDIO VOZ DE ARARI

Denuncie, seja os olhos e os ouvidos da polícia!

Clinica Santo André

Clinica Santo André

LG Contabilidade Pública

LG Contabilidade Pública