Pular para o conteúdo principal

Prefeitura de Cantanhede cobra resultado de auditoria feita no Instituto de Aposentadorias e Pensões do Município


A prefeitura de Cantanhede tem pressa em saber o tamanho da divida do município com o Instituto de Aposentadorias e Pensões do Município de Cantanhede (IAMPC). Assustado com a enxurrada de pendências financeiras deixadas pela administração anterior, inclusive um dívida astronômica de quase 30 milhões de reais com o INSS, o prefeito Ruivo determinou ainda no inicio de sua gestão a realização de uma auditoria no IAMPC.

Na última sexta-feira (20), durante seminário sobre RPPS (Regime Próprio de Previdência Social), realizado pela Federação dos Municípios do Estado do Maranhão FAMEM. em São Luís, o secretário de Governo, Carlito Amaral solicitou do subchefe da secretaria de previdência do Ministério da Fazenda, Miguel Fernandes Chaves, pressa na entrega do relatório da última auditoria feita no Instituto de Aposentadorias e Pensões do Município de Cantanhede (IAMPC). 


Carlito ressalta que o município tem urgência em saber da real situação do fundo. "A situação é preocupante, pois sabemos que ainda não temos o montante da dívida da prefeitura com o instituto e já temos conhecimento e estamos pagando uma dívida astronômica de quase 30 milhões de reais com o INSS. Isso deixa o município em uma situação crítica para investimentos e com um futuro comprometido" esclarece o secretário.

Além do o secretário de Governo, Carlito Amaral , também participaram do evento promovido pela FAMEM, o presidente do IAPMC, José Alberto Neves dos Santos, e José Carlos.



Comentários



OUÇA a RÁDIO VOZ DE ARARI

Denuncie, seja os olhos e os ouvidos da polícia!

Clinica Santo André

Clinica Santo André

LG Contabilidade Pública

LG Contabilidade Pública