quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

PRF inicia Operação Integrada Rodovida com foco na redução de violência no trânsito





A Polícia Rodoviária Federal (PRF) inicia nesta Sexta-feira (22) a Operação Integrada Rodovida 2017/2018. Principal ação de enfrentamento à violência no trânsito brasileiro, a operação comandada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, por meio da PRF, com apoio da Presidência da República, Casa Civil e dos ministérios das Cidades, da Saúde e dos Transportes reúne desde 2011 as três instâncias de governo em ações simultâneas com objetivo de reduzir o número de vítimas de acidentes. 



Acontecendo em período de maior fluxo rodoviário (comemorações de final de ano, férias escolares de janeiro e Carnaval), época em que milhões de brasileiros pegam a estrada, com aumento de fluxo de veículos em praticamente todas as regiões do Brasil, a Rodovida priorizará ações integradas e simultâneas, envolvendo diversas agências de fiscalização, com atuação coordenada e sistêmica, dentro dos respectivos eixos de competência, com o intuito de somar forças no enfrentamento à violência no trânsito e na redução dos custos sociais decorrentes.

Durante o período da operação, a PRF intensificará as ações de fiscalização, focadas principalmente para coibir as condutas de ultrapassagens irregulares, excesso de velocidade, consumo de álcool, atropelamento de pedestres e trânsito irregular de motocicletas. 

Em paralelo às ações de fiscalização da Polícia Rodoviária Federal e instituiçõe de segurança pública os ministérios da Justiça, das Cidades, dos Transportes e da Saúde promoverão companhas publicitárias de conscientização em todo o Brasil.

A operação seguirá até 18 de fevereiro e abrangerá o período das férias escolares, festas de Natal, Ano Novo e Carnaval, feriados marcados pelo aumento no fluxo de veículos e de passageiros.

Edição Anterior

Na última operação Rodovida, somente entre os períodos de 16 de dezembro de 2016 a 31 de janeiro de 2017, e 17 de fevereiro de 2017 a 05 de março de 2017, mais de um milhão e meio de pessoas foram fiscalizadas, esforço de fiscalização que que resultou em um total de 588.067 autuações, sendo 8.551 de alcoolemia, 66.774 ultrapassagens irregulares e 4.783 de falta de uso de cadeirinha. 

O trabalho de fiscalização de excesso de velocidade atingiram a marca de 521.877 flagrantes de motoristas que dirigiam acima da velocidade permitida na via. Com o objetivo de reduzir a quantidade de infrações e consequentemente aumentar a segurança viária a PRF realizou, também durante os dois períodos, 390.199 ações de educação para o trânsito.

Como resultado do trabalho realizado houve uma redução de 29% dos acidentes graves quando se compara os números registrados nas operações Rodovida de 2015/2016 e 2016/2017. No primeiro ocorreram 3.946 acidentes graves, já no segundo 2.663. As vítimas fatais, assim como os acidentes graves, também reduziram 16%, passando de 1.259 para 973 óbitos em rodovias federais em consequencia de acidentes de trânsito.

Ações direcionadas

A partir de análises de estatísticas de acidentes de trânsito, a PRF busca otimizar a fiscalização e o patrulhamento de trechos reconhecidamente críticos, considerando fatores como horários e dias de maior incidência de eventos, e promovendo ações com maior impacto preventivo, como distribuição de policiais, rondas e fiscalização com radares e etilômetros.

Apesar de prever operações integradas em pontos pré-determinados, a Operação Rodovida não causará prejuízo nas fiscalizações rotineiras realizadas pela instituição em todo território nacional. É importante ressaltar que policiais rodoviários federais trabalham diuturnamente nos trechos apontados como críticos durante todo o ano, provocando a migração desses pontos pela redução da gravidade dos acidentes.

Números

59 dias de operação

10.200 policiais rodoviários federais

2.083 viaturas

700 motocicletas

1.691 etilômetros

210 radares portáteis

Recomendações aos viajantes

Planejamento da viagem – O motorista deve se informar sobre as distâncias que percorrerá, condições do tempo, pontos de parada, existência de postos de combustíveis e de restaurantes à beira da estrada. Não esquecer documentação pessoal e do veículo;

Revisão preventiva – Providenciar a checagem do automóvel mesmo para pequenas viagens. Pneus calibrados e em bom estado; motor revisado, com óleo e nível da água do radiador em dia. Não esquecer de verificar a presença e estado dos equipamentos de porte obrigatório, principalmente pneu estepe, macaco, triângulo e chave de roda, além dos limpadores de para-brisa e luzes do veículo;

Pausas para descanso – O condutor deve programar paradas a cada 3 horas. Quem se expõe a muitas horas dirigindo fica sujeito ao fenômeno da “hipnose rodoviária”, na qual se mantém de olhos abertos, mas sem percepção da realidade à sua volta. Ela vem acompanhada de sonolência, perda de reflexos e de força motora;

Período noturno – Evitar circular à noite por conta da redução da visibilidade;

Previsão do tempo – Procurar se informar sobre as condições do tempo nos lugares por onde vai passar. O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) disponibiliza gratuitamente informações sobre o clima no endereço www.inmet.gov.br;

Sob neblina ou cerração, você deve imediatamente acender os faróis e reduzir a sua velocidade. Lembre-se de que nestas condições o pavimento fica úmido e escorregadio, reduzindo a aderência dos pneus;

Durante a chuva, ou com o asfalto molhado, o motorista deve aumentar a distância em relação ao veículo que trafega a sua frente. Assim, é possível evitar freadas bruscas que, nessas condições, elevam o risco de derrapagens e aquaplanagens;

As palhetas do limpador de para-brisa precisam estar em bom estado de conservação para que a chuva afete o mínimo possível a dirigibilidade do veículo. Elas devem ser trocadas uma vez por ano;

Os faróis devem estar sempre acesos.




Polícia Rodoviária Federal
Assessoria de Comunicação Social
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Credibilidade é o nosso maior patrimônio

Nosso objetivo é fazer jornalismo com seriedade, produzindo conteúdo regional, sobre política, economia, sociedade e atualidade, na forma de opinião, editorial e criticas.

Não usamos de artifícios como sensacionalismo, imagens apelativas, chocantes ou degradantes, tampouco textos, frases, ou palavras chulas para obter acessos.

Não somos o primeiro a divulgar a informação, mas somos quem apresenta o conteúdo checado, aprofundado e diferenciado.

Aqui oferecemos aquele algo mais que ainda não foi dito, ou ainda não foi mostrado.

Noticias qualquer um pode divulgar, mas com apuração e seriedade só aqui.

Comentários anônimos, ou que contenham, palavrões, pornografia, ataques pessoais, calúnias ou difamações não serão publicados.

Jornalista Abimael Costa

LG Contabilidade Pública

LG Contabilidade Pública

Clinica Santo André

Clinica Santo André
Crie seu próprio questionário de feedback de usuário

REGISTRO - 1608/MA

REGISTRO - 1608/MA

O amanhã é hoje

O amanhã é hoje

DISQUE DENÚNCIA - MIRANDA DO NORTE

DISQUE DENÚNCIA - MIRANDA DO NORTE

...

...

GCL - CONSTRUÇÕES

GCL - CONSTRUÇÕES

Fale Comigo

Nome

E-mail *

Mensagem *