segunda-feira, 26 de fevereiro de 2018

Proposta que beneficia mototaxistas avança com auxílio do deputado Hildo Rocha



O deputado federal Hildo Rocha realizou nova ação em defesa da proposta que poderá abrir linha de crédito especial do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para financiar a compra de motocicletas, conforme reivindica a Federação Nacional dos Mototaxistas (Fenamoto). “Ao longo dos anos, o BNDES financia grandes grupos empresariais e até projetos fora do nosso país. Então por que não conceder financiamentos aos trabalhadores que exercem a profissão de mototaxistas e motoboys?”, argumentou Hildo Rocha.

A ideia vem ganhando corpo rapidamente. Há poucos dias Rocha se reuniu com o Ministro-Chefe da Secretaria de Governo da Presidência da República, Carlos Marun, para tratar do assunto. Agora o deputado voltou a discutir o tema em reunião, solicitada pelo parlamentar, que aconteceu no Palácio do Planalto.


Desta vez, além do ministro Marun, estavam presentes o presidente do BNDES, Paulo Rabelo de Castro; o deputado mineiro Leonardo Quintão; o presidente da Fenamoto, Nonato Alves e o vice-presidente da entidade, Marco Silva, que também responde pela Associação dos Mototaxistas de Açailândia.

De acordo com Hildo Rocha, milhares de trabalhadores e trabalhadoras que exercem a atividade de mototaxistas e motoboy terão mais condições de adquirir novos veículos a custos bem menores. “A compra de motos financiadas por instituições privadas eleva o preço em quase três vezes o valor da compra à vista. A abertura de linha de crédito especial para os mototaxistas e motoboys é apenas uma questão de justiça com uma categoria que trabalha com dificuldades, tem margem de lucro pequena e ainda tem que enfrentar diariamente os perigos do trânsito e outras situações arriscadas”, destacou Hildo Rocha.

Prazos e valores

A proposta da Fenamoto, que foi entregue ao presidente do BNDES, prevê um prazo de até 48 meses para o pagamento dos empréstimos, com o crédito individual entre R$ 12 e R$ 14 mil reais. O documento prevê ainda que o cadastramento dos beneficiários seja inspecionado pela Fenamoto, a fim de evitar que a concessão seja utilizada por pessoas que não exercem a atividade de mototaxistas.


“Vou analisar a proposta e posso adiantar que sou totalmente favorável à abertura de créditos para a categoria porque a materialização dessa proposta será um grande incentivo do banco para o desenvolvimento socioeconômico do nosso país,” afirmou Paulo Rabelo, presidente do BNDES.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Credibilidade é o nosso maior patrimônio

Nosso objetivo é fazer jornalismo com seriedade, produzindo conteúdo regional, sobre política, economia, sociedade e atualidade, na forma de opinião, editorial e criticas.

Não usamos de artifícios como sensacionalismo, imagens apelativas, chocantes ou degradantes, tampouco textos, frases, ou palavras chulas para obter acessos.

Não somos o primeiro a divulgar a informação, mas somos quem apresenta o conteúdo checado, aprofundado e diferenciado.

Aqui oferecemos aquele algo mais que ainda não foi dito, ou ainda não foi mostrado.

Noticias qualquer um pode divulgar, mas com apuração e seriedade só aqui.

Comentários anônimos, ou que contenham, palavrões, pornografia, ataques pessoais, calúnias ou difamações não serão publicados.

Jornalista Abimael Costa

LG Contabilidade Pública

LG Contabilidade Pública

Clinica Santo André

Clinica Santo André
Crie seu próprio questionário de feedback de usuário

REGISTRO - 1608/MA

REGISTRO - 1608/MA

O amanhã é hoje

O amanhã é hoje

DISQUE DENÚNCIA - MIRANDA DO NORTE

DISQUE DENÚNCIA - MIRANDA DO NORTE

...

...

GCL - CONSTRUÇÕES

GCL - CONSTRUÇÕES

Fale Comigo

Nome

E-mail *

Mensagem *