Em audiência com Hildo Rocha, presidente da CEF anuncia entrega de 500 casas em Estreito


O Presidente da Caixa Econômica Federal, Gilberto Occhi, garantiu ao deputado federal Hildo Rocha e ao prefeito Cicero Neco (Cicin), que no próximo mês a instituição irá fazer a entrega de 500 casas, no município de Estreito. O anúncio aconteceu durante audiência do parlamentar que contou com a participação do vice-presidente do setor de Habitação, Nelson de Souza e diretores de diversos setores da CEF.

“Durante o encontro tratamos de diversos assuntos de interesses dos maranhenses. O prefeito Cicin (Estreito), que me acompanhou nessa reunião, pleiteia a entrega de um empreendimento habitacional e demanda também recursos para outros empreendimentos em benefício da população”, destacou Hildo Rocha.

Além da cidade de Estreito, outros municípios serão beneficiados com a entrega de imóveis, nos próximos dias. Até abril novos contratos serão assinados, assegurando assim a ampliação da oferta de casas populares para o nosso Estado”, destacou Hildo Rocha.

Avançar Cidades

Rocha informou ainda que tratou sobre projetos no âmbito do Programa Avançar Cidades. “Os municípios de São José de Ribamar e Estreito pleiteiam recursos para melhorias da mobilidade urbana. Nós discutimos sobre o andamento dessas e de outras demandas de interesses da população maranhense”, declarou o parlamentar.

Avanços consideráveis

De acordo com o deputado, o trabalho que ele tem realizado junto à CEF tem apresentado bons resultados. “Estamos avançando e superando as dificuldades. Esse é o nosso papel, na condição de Deputado Federal, de representante dos municípios maranhenses no Congresso, nos Ministérios e demais órgãos da administração federal”, disse Hildo Rocha.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Miranda do Norte festeja seus 24 anos -Conheça a história do Município

Operação Tarô II: Polícia Civil prende 15 maiores, apreende 03 menores de idade, armas, munições e drogas em Miranda do Norte

Subtenente da PM é morto ao sacar arma para agentes da PRF