Pular para o conteúdo principal

Chegou a hora de escolher de novo, que tal fazer uma breve avaliação antes?


Por: *Abimael Costa


Quatro anos se passaram e as eleições majoritárias estão de volta, chegou a hora de escolher aqueles que nos próximos quatro anos serão nossos representantes nos Poderes Legislativo: Assembleia Legislativa e no Congresso Nacional - Câmara Federal e Senado - Executivo: Presidente da República e Governador. 

Mas, espere um pouco. Que tal uma breve avaliação antes de fazer a nova escolha? Aqueles em quem depositamos nossa confiança e a quem delegamos o poder de nos representar, cumpriram seu papel, atenderam nossas expectativas, foram eficientes? 

Vamos relembrar que toda pré-campanha e campanha eleitoral é a mesma coisa, o município recebe a visita de levas e mas levas de ilustres e desconhecidos pretendentes a uma vaga no executivo e legislativo. 

Tem de tudo, de políticos profissionais detentores de muitos mandatos, a políticos amadores, marinheiros de primeira viagem em busca de uma chance para mostrar quem são, no meio deles muitos são aliados ao governo e uma minoria se diz pertencer a oposição. 

Sempre apoiado por uma liderança local que conhecemos e em quem confiamos e que jura de pés juntos ser aquele o candidato ideal para solucionar todos os nossos problemas e resolver os mais dificieis casos que por acaso atravancam e impedem que nossa cidade dê um salto rumo ao progresso e ao desenvolvimento e se torne exemplo para o Brasil e para o mundo.

Bastando para isso, apenas uma simples atitude, chancelar aquele nome, escolher aquele individuo em detrimento dos demais, dá a ele uma procuração em branco para nos representar.

Manipulados e seduzidos pelo discurso bonito, recheado de propostas mirabolantes e projetos utópicos embarcamos no conto de fadas e por fim elegemos nossos representantes.

Passadas as comemorações pela vitória e a festa de posse, tal como no conto da Cinderela, onde assim que o relógio bate a meia noite todo o encanto e magia se desfaz, a cumplicidade entre o eleito e seu eleitorado desaparece.

Às visitas aos fieis fás e admiradores se tornam cada vez mais raras, os problemas da cidade agora são bem mais complicados do que aparentavam e o tão sonhado salto rumo ao progresso e ao desenvolvimento foi substituído por um modesto passo a passo responsável e de acordo com a dura realidade do momento.

E assim, quatro anos se passam e chega então o momento de reiniciar o ciclo, é hora de escolher, ouvir, receber tapinhas nas costa, visitas, elogios, galanteios, promessas e propostas.

Mas, e aí, fez avaliação que sugerimos sobre o desempenho daqueles em quem você confiou e escolheu há quatro anos atrás? que tal o resultado? está satisfeito? faça uma reflexão e analise se vale a pena incorrer nas mesmas atitudes e nos mesmo nomes.
   
*Abimael Costa é jornalista especializado em Assessoria de Comunicação e acadêmico de Direito   



Comentários

OUÇA a RÁDIO VOZ DE ARARI

Denuncie, seja os olhos e os ouvidos da polícia!

Clinica Santo André

Clinica Santo André

LG Contabilidade Pública

LG Contabilidade Pública