quarta-feira, 23 de maio de 2018

Na Semana Mundial de Combate ao Tabagismo, a SEMUS alerta: Apague o cigarro! prolongue a vida




Com o objetivo de prevenir e alertar a população sobre os males provocados pelo uso do cigarro, a SEMUS - Secretaria  Municipal  de Saúde de Miranda do Norte deflagrou na terça-feira (22), a Campanha "Apague o CIGARRO! Prolongue a VIDA."



Durante a Semana Mundial de Combate ao Tabagismo que acontece no período de 22 a 30 de maio, a SEMUS desenvolve em todo o município, intensas atividades educativas/informativas, como palestras educativas; rodas de conversa; panfletagem; colagem de cartazes; e realização de exames de rotina (aferição de PA e teste de glicemia), entre outros.  


A ação busca chamar a atenção da população para a urgência de adotar um hábito de vida saudável e incentivar a população fumante a abandonar essa prática nociva, alertando para os danos irreparáveis que o tabaco provoca no organismo humano. 


CRONOGRAMA DAS ATIVIDADES 

Segunda-feira - 28/05 - MANHÃ - UBS Santa Cruz I.

Terça-feira - 29/05 - MANHÃ - UBSs Bairro Novo I, II e Santa Bárbara;

Quarta-feira - 30/05 - MANHÃ - UBSs Santa Cruz II e Triângulo.

SAIBA MAIS SOBRE OS MALES PROVOCADOS PELO HÁBITO DE FUMAR 

Considerado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como a principal causa de morte evitável no mundo, o habito de fumar está relacionado a mais de 50 doenças, sendo responsável por 30% das mortes por câncer de boca, 90% das mortes por câncer de pulmão, 25% das mortes por doença do coração, 85% das mortes por bronquite e enfisema, 25% das mortes por derrame cerebral.

Segundo a OMS, todo ano mais de cinco milhões de pessoas morrem no mundo por causa do cigarro. E, em 20 anos, esse número chegará a 10 milhões se o consumo de produtos como cigarros, charutos e cachimbos continuar aumentando.Especialistas são enfáticos em afirmar que esse número continuará aumentando se a população não abandonar o habito nocivo de fumar. Espera-se que mais de 1 bilhão de mortes relacionadas ao cigarro sejam registradas até o final do século.

O tabagismo é uma doença causada pela dependência física à nicotina, é fator de risco para aproximadamente 50 doenças diferentes. O tabagismo ativo ou passivo agride as células endoteliais prejudicando seu funcionamento normal. A nicotina substância encontrada nos derivados de tabaco age no aumento da contração dos vasos sanguíneos, acelerando a frequência cardíaca, aumento da pressão arterial, que podem levar a isquemia e ao IAM. Já o monóxido de carbono produzido através da queima do cigarro, causa diminuição da oferta de oxigênio ao coração, levando também à isquemia, privando alguns órgãos do oxigênio, causando deficiência na oxigenação dos tecidos, podendo assim ocasionar doenças como a aterosclerose. Assim a junção da nicotina com o monóxido de carbono pode provocar diversas doenças cardiovasculares.

Qualquer tipo de exposição ao tabaco contribui para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares. Entre as doenças causadas pelo tabagismo estão a trombose, aterosclerose, doença arterial coronariana, IAM e o acidente vascular encefálico.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), 17,5 milhões de pessoas morrem todos os anos vítimas de doenças cardiovasculares, dentre elas estão os ataques cardíacos e os derrames. Em meio aos fatores de risco comportamentais causadores das doenças cardiovasculares, o tabagismo é listado como um dos mais importantes conforme a Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS).

É HORA DE PARAR DE FUMAR 

Conscientize-se de que deseja parar de fumar porque o cigarro faz mal à sua saúde e a saúde das pessoas com as quais você convive. Reduza o consumo de cigarros, durante uma semana, observando aqueles que você pode eliminar de imediato, como o cigarro após o café, assistindo televisão, ou antes de dormir.
Marque um dia para parar de fumar definitivamente, mas antes compre água, cravo, canela em pau, cristal de gengibre e cenoura. No dia marcado, jogue fora seu cigarro, cinzeiro e o isqueiro. Cada vez que tiver vontade de fumar, tome um ou dois copos de água gelada, e use o cravo, a canela, o gengibre e a cenoura para mastigar nos momentos difíceis.
Faça exercício de respiração profunda: inspire profundamente, segure, contando até cinco, solte o ar pela boca semiaberta lentamente. Faça isso cinco vezes seguidas. Escove os dentes logo após as refeições para bloquear a vontade de fumar. Enfrente cada dia como se fosse o primeiro e siga em frente!
Síndrome da Abstinência
Algumas pessoas, ao pararem de fumar, sentem os efeitos da Síndrome de Abstinência, que inclui dor de cabeça, tremor, sensação de formigamento nas extremidades, aumento de ansiedade, aumento de apetite, irritabilidade, sensação de tristeza e perda, sensação de estar mais lento e menos concentrado. Veja o que fazer em cada situação:
  • Vontade de fumar: Distraia-se, respire fundo e lembre que a vontade passa em 5 minutos.
  • Irritabilidade: Faça exercício de respiração e relaxamento, imagine uma paisagem agradável e viaje. Tome um banho quente.
  • Insônia: Relaxe lendo um livro, tome um banho morno, beba um copo de leite morno. Evite bebidas com cafeína após meio-dia. Caminhe um pouco antes de se deitar. Use roupas confortáveis para dormir. Escureça o ambiente e mantenha-o ventilado. Não faça atividades estimulantes antes de dormir.
  • Aumento de apetite: Prepare um kit de sobrevivência com vegetais picados, frutas e chicletes sem açúcar. Beba água e líquidos (de baixa caloria). Inicie ou intensifique a atividade física.
  • Dificuldade para se concentrar: Simplifique sua agenda por alguns dias. Dê uma caminhada curta, saia um pouco. Beba água e líquidos. Descanse.
  • Fadiga: Procure ter uma boa noite de sono, dormindo o suficiente a cada noite. Tire um cochilo ao longo do dia. Não exija muito de você por duas ou quatro semanas.
  • Constipação, gases, dor de barriga: Beba muito líquido, acrescente fibras a sua dieta como: frutas, vegetais crus, cereais integrais e mude sua dieta aos poucos. Consulte seu médico ou nutricionista. 
Pratique atividade física:
A atividade física é a melhor forma, em curto prazo, de desviar o desejo pela nicotina. Quando vier o desejo de fumar, levante-se e comece a se exercitar. Cinco minutos de atividade física de intensidade moderada, como subir e descer alguns lances de escadas, caminhar pelo quarteirão, fazer yoga, entre outras, aliviam o desejo pelo cigarro e os sintomas da abstinência também. Se você puder, faça exercícios durante 45 minutos, pois além de melhorar sua frequência cardíaca, ajudará o seu organismo a reconhecer os benefícios físicos de parar de fumar - como o aumento da função pulmonar - que consequentemente melhorará sua respiração quando você estiver se exercitando.
Benefícios cardiovasculares adquiridos ao se parar de fumar:
• Após 20 minutos sem fumar a pulsação e a pressão sanguínea irá voltar ao normal;
• Após 2 horas sem fumar não há mais nicotina circulando em seu sangue;
• Após 8 horas sem fumar o nível de oxigênio no sangue se normaliza;
• Após 3 semanas sem fumar será notado que sua respiração se torna mais fácil e a circulação melhora;
• Após 1 ano sem fumar o risco de morte por infarto já se reduziu à metade;
• Após 5 a 10 anos sem fumar o risco de sofrer infarto será igual ao das pessoas que nunca fumaram.
·  Aumenta a capacidade física e a energia corporal.
Tenha hábitos saudáveis de vida, procure mudar sua rotina, faça atividade física, caminhadas em lugares agradáveis, pratique algum esporte que o agrade, vá ao cinema, leia, ouça música, converse com amigos. Assim você irá preencher seu tempo com algo que realmente goste de fazer. Essas estratégias ajudam a parar de fumar.


Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Credibilidade é o nosso maior patrimônio

Nosso objetivo é fazer jornalismo com seriedade, produzindo conteúdo regional, sobre política, economia, sociedade e atualidade, na forma de opinião, editorial e criticas.

Não usamos de artifícios como sensacionalismo, imagens apelativas, chocantes ou degradantes, tampouco textos, frases, ou palavras chulas para obter acessos.

Não somos o primeiro a divulgar a informação, mas somos quem apresenta o conteúdo checado, aprofundado e diferenciado.

Aqui oferecemos aquele algo mais que ainda não foi dito, ou ainda não foi mostrado.

Noticias qualquer um pode divulgar, mas com apuração e seriedade só aqui.

Comentários anônimos, ou que contenham, palavrões, pornografia, ataques pessoais, calúnias ou difamações não serão publicados.

Jornalista Abimael Costa

LG Contabilidade Pública

LG Contabilidade Pública

Clinica Santo André

Clinica Santo André