Câmara Federal vai fiscalizar nova adutora do Italuís


O deputado Hildo Rocha, que é membro da Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara Federal (CFFC), conseguiu aprovar fiscalização (visita técnica) ao Sistema Italuis. O parlamentar quer saber como uma fortuna transferida pelo Governo Federal para o Governo do Maranhão com a intenção de acabar o racionamento de água em São Luís, por meio da CAEMA, não atingiu o objetivo. 


“O governo federal investiu mais de cem milhões de reais na construção da nova adutora do Italuis. A CAEMA colocou o sistema em funcionamento, mas o abastecimento de água, na cidade de São Luís continua deficitário. 

Em alguns bairros a situação é de calamidade. O Governo do Maranhão deve explicações, afinal foram investidos recursos públicos federais, dinheiro dos contribuintes”, destacou Hildo Rocha.

Qual é a causa do problema? 

Rocha disse que o contrato prevê uma contrapartida do governo estadual. Essa contrapartida, segundo o parlamentar, deveria ser os serviços complementares. “Essa nova adutora foi implantada, quase toda, durante o governo da Roseana Sarney, ficando somente a passagem dos tubos sobre o estreito dos mosquitos e as obras complementares para serem feitas pelo atual governo. 

O governo Dino demorou mais de três anos para concluir a obra e infelizmente não acabou o racionamento e muitos bairros de São Luís continuam sem o fornecimento de água potável. 

Com a fiscalização, pretendemos descobrir a causa e buscar soluções para que a população de São Luís tenha água de qualidade em suas residências todos os dias da semana”, assegurou Hildo Rocha.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Miranda do Norte festeja seus 24 anos -Conheça a história do Município

Operação Tarô II: Polícia Civil prende 15 maiores, apreende 03 menores de idade, armas, munições e drogas em Miranda do Norte

Subtenente da PM é morto ao sacar arma para agentes da PRF